Publicidade

terça-feira, 5 de julho de 2011 Artilheiros, Copa América, Seleção Brasileira | 12:32

Robinho ainda não marcou na era Mano Menezes

Compartilhe: Twitter

Jogador que figura quase em todas as listas de convocações da Seleção Brasileira desde 2006, o atacante Robinho passa por período de jejum de gols na Seleção Brasileira. Um dos maiores artilheiros da era Dunga, com 20 gols, entre 2007 e 2010, Robinho não vem apresentando um grande futebol. Desde que o técnico Mano Menezes assumiu a Seleção Brasileira, ex-atacante do Santos ainda não marcou.

Campeão italiano pelo Milan na temporada 2010/11, com 14 gols em 33 partidas, Robinho disputou 7 jogos sob o comando de Mano e não balançou as redes. Recentemente, o atacante deu uma declaração se mostrando insatisfeito por ser substituído com frequência. Dos sete jogos, Robinho fez apenas um completo, contra a Argentina (veja abaixo). Titular incontestável até pouco tempo, Robinho parece estar perdendo espaço na Seleção. Resta saber agora se o atacante irá melhorar seu rendimento para se segurar no time ou até quando Mano irá insistir com sua titularidade.

10/8/2010 – Brasil 2 x 0 Estados Unidos (81 minutos, saiu para a entrada de Diego Tardelli)
7/10/2010 – Brasil 3 x 0 Irã (65 minutos, saiu para a entrada de Nilmar, que ainda fez um gol aos 46 do segundo)
11/10/2010 – Brasil 2 x 0 Ucrânia (83 minutos, saiu para a entrada de André)
17/11/2010 – Brasil 0 x 1 Argentina (90 minutos)
9/2/2011 – Brasil 0 x 1 França (69 minutos, saiu para a entrada de Sandro)
7/6/2011 – Brasil 1 x 0 Romênia (66 minutos, saiu para a entrada de Lucas)
3/7/2011 – Brasil 0 x 0 Venezuela (66 minutos, saiu para a entrada de Fred)

Autor: Tags: , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 21 Samuel de Santana 15/09/2011 15:42

    Acho que, Robinho ta passandp por sua melhor fase no futebol Internacional, mas acho que ele é jogador de clube.E nesse tempo todo de seleção, ainda não conseguio me agradar, mais acho ele um excelente atleta…

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios