Publicidade

segunda-feira, 8 de agosto de 2011 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, Técnicos | 10:39

Vanderlei Luxemburgo de volta ao topo do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Técnico mais vezes campeão brasileiro (cinco no total), Vanderlei Luxemburgo amargou campanha ruins nos últimos anos. Em 2009, foi demitido no Palmeiras no início do Brasileirão, após ser eliminado na Copa Libertadores, e depois, com o Santos, terminou na modesta 12ª colocação. No ano passado, também foi dispensado pelo Atlético-MG quando tinha apenas 29,2% de aproveitamento, largando o Galo na zona do rebaixamento. Ainda em 2010, chegou ao Flamengo, onde também fez uma campanha fraca (42,4% de aproveitamento), chegando apenas na 14º colocação.

Em 2011, porém, Luxemburgo voltou a ser o técnico vencedor e de ponta. No início do ano, conquistou o Campeonato Carioca de forma inédita. Na temporada, perdeu apenas uma partida em 40 disputadas. Pelo Brasileirão, segue invicto e agora na liderança (algo que o treinador não alcança desde a 28ª rodada de 2008, quando levou o Palmeiras ao topo da tabela).

Com 9 vitórias e 6 empates no Brasileiro de 2011, Luxemburgo levou o Flamengo à maior invencibilidade de um início de Brasileirão na era dos pontos corridos. O aproveitamento de 73,3% de Luxa é também o maior desde 1993, quando teve 78,8% com o Palmeiras. Na era dos pontos corridos, sua melhor campanha foi com o Cruzeiro, em 2003, quanto obteve 71%. Confira abaixo o desempenho do treinador na história do Brasileirão:

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Com uma sequência de quatro vitórias seguidas, Luxemburgo poderá levar o Flaemngo ao recorde de seis vitórias consecutivas em Brasileiros, alcançada duas vezes, em 1978, por Cláudio Coutinho, e em 1982, por Paulo César Carpegiani. Outro recorde que Luxa pode dar ao Flamengo é o da maior série invicta. Sem perder há 15 jogos, Luxemburgo precisa de mais duas partidas para igualar as marcas de 1980 (17 jogos sem derrota com Cláudio Coutinho) e de 1974 (também de 17 jogos com Joubert). Para isso, o Rubro-negro não poderá perder seus dois próximos jogos, contra Figueirense (fora de casa) e Atlético-GO (em casa).

Autor: Tags: ,

Nenhum comentário, seja o primeiro.

 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios