Publicidade

quinta-feira, 27 de outubro de 2011 Copa Sul-Americana, Estatísticas, História | 11:07

Com reservas, Vasco faz história na Copa Sul-Americana

Compartilhe: Twitter

A goleada do Vasco, ontem, por 8 x 3, sobre o Aurora-BOL, pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana entrou para a história do clube carioca. Mesmo atuando com um time repleto de reservas, o Vasco registrou sua maior vitória em torneios sul-americanos. Além disso, passou para as quartas-de-final da competição, sendo o único representante brasileiro na competição e ainda com chances reais de chegar mais um título na temporada.

Campeão da Copa do Brasil e líder do Brasileirão, o Vasco tinha como maior goleada em sua história por torneios da América do Sul um 5 x 1 sobre o Cerro Porteño-PAR, pela extinta Copa Mercosul. Naquele jogo, Viola, Paulo César, Paulo Miranda e Ramon, duas vezes, marcaram para o Vasco. Confira as maiores goleadas do Vasco em torneios sul-americanos oficiais:

05/10/1999 – Vasco 5 x 1 Cerro Porteño-PAR (Copa Mercosul)
25/02/1948 – Vasco 4 x 0 Municipal-PER (Copa dos Campeões Sul-Americanos)
27/04/1980 – Vasco 4 x 0 Deportivo Galícia-VEN (Copa Libertadores)
02/10/1996 – Vasco 4 x 0 Tolima-COL (Copa Conmebol)
18/02/1948 – Vasco 4 x 1 Nacional-URU (Copa dos Campeões Sul-Americanos)
22/11/2000 – Vasco 4 x 1 River Plate-ARG (Copa Mercosul)
12/04/2001 – Vasco 4 x 1 América de Cáli-COL (Copa Libertadores)

A goleada do Vasco foi também a maior dessa Copa Sul-Americana e também de um clube brasileiro no torneio, mas não foi a maior na história da competição. O recorde, desde 2002, é do Defensor, do Uruguai, que enfiou um 9 x 0 no Sport Huancayo, do Peru, no ano passado.

Veja a lista das maiores goleadas da história da Copa Sul-Americana:
16/9/2010        Defensor (URU) 9 x 0 Sport Huancayo (PER)
19/11/2009      LDU Quito (EQU) 7 x 0 River Plate (URU)
27/10/2011      Vasco (BRA) 8 x 3 Aurora (BOL)
20/8/2003        San Lorenzo (ARG) 6 x 0 Deportivo ItalChacao (VEN)
6/10/2010        Newell’s Old Boys (ARG) 6 x 0 San José (BOL)
10/10/2006      Colo Colo (CHI) 7 x 2 Alajuelense (CRC)
19/10/2010      LDU Quito (EQU) 6 x 1 Unión San Felipe (CHI)
31/8/2004        Cienciano (PER) 6 x 1 Carabobo (VEN)
30/8/2005        Universidad Católica (CHI) 5 x 0 Alianza Atlético (PER)

Na soma dos dois jogos, o Vasco terminou com um 9 x 6 sobre o Aurora (havia perdido na Bolívia por 3 x 1). Assim, o confronto registrou 15 gols em apenas duas partidas. Um recorde na história do torneio. Anteriormente, a maior marca havia sido a da 13 gols em dois jogos. Em 2006, o Colo Colo-CHI bateu a Alajualense, da Costa Rica, por 4 x 0, fora de casa, e ganhou na volta por 7 x 2. Naquele ano, o Colo Colo era comandado por Claudio Borghi (atual técnico da Seleção Chilena), e contava com grande jogadores, como Alexis Sánchez (que está no Barcelona-ESP), Matías Fernández (Sporting-POR), Arturo Vidal (Juventus-ITA) e Humberto Suazo (Monterrey-MEX).
Na história dos torneios sul-americanos, a goleada de 8 x 3, do Vasco, também não é a maior de um time brasileiro. O recorde pertence ao Santos, que em 1962 goleou o Cerro Porteño-PAR por 9 x 1. Na Libertadores, a maior goleada geral, no entanto, é do Peñarol, que em 1961 ganhou do Valencia-VEN por 11 x 2.
Essa goleada de 8 x 3 não é a maior do Vasco na temporada de 2011. No início do ano, o clube ganhou do América-RJ por 9 x 0 pelo Campeonato Carioca, no dia 12 de fevereiro.
Outra curiosidade é que o meia Juninho Pernambucano marcou mais um gol pelo Vasco em torneio Sul-Americano. O jogador, que já havia feito gol pela Copa Libertadores, Copa Mercosul e Supercopa Libertadores, marcou em mais um torneio oficial pelo Vasco, feito jamais alcançado por outro atleta do clube.

Autor: Tags: , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 21 Bruno Pessa 27/10/2011 13:03

    Curioso tb que o Vasco foi o último carioca a vencer um torneio sul-americano (Mercosul de 2000) e é o carioca mais próximo de repetir o feito, ou neste ano ou na Libert. 2012… Abs!

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios