Publicidade

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 Copa Libertadores | 15:20

Flu tem o elenco mais "copeiro" dos brasileiros da Libertadores 2012

Compartilhe: Twitter

Nos últimos anos, participar da Copa Libertadores tem sido uma constante para os grandes do futebol brasileiro. Dos seis participantes de 2012, quatro estiveram na última edição. Já o Flamengo, ausente em 2011, participou em 2010. Já o Vasco é o único que retorna à disputa após um longo período (jogou pela última vez em 2001).

Sem perder tantos jogadores e reforçados com atletas sul-americanos, esses representantes brasileiros estão contando cada vez mais com jogadores com experiência na Libertadores. Algo que não existia, por exemplo, nas décadas de 60, 70, 80 e até início dos anos 90, quando muitos elencos eram formados basicamente por jogadores estreantes na competição.

Em 2012, dos 25 prováveis jogadores de cada um dos seis clubes (150 no total), 69, quase metade,  já disputaram uma Libertadores anteriormente. E mais, 32já foram campeões. O Fluminense é o clube com mais jogadores com experiência no torneio sul-americano (17), seguido por Inter (16), Santos (15), Corinthians (14), Flamengo (12) e Vasco (11).

Até os treinadores carregam bastante experiência. Muricy Ramalho, campeão em 2011, vem para a sua 7ª Libertadores, assim como Vanderlei Luxemburgo. Já Abel Braga, campeão em 2006, disputará sua quarta Copa, enquanto Tite vai para a sua quinta participação. Apenas Dorival Júnior e Cristóvão Borges estão estreando.

Veja abaixo quem são os jogadores de Corinthians, Flamengo, Fluminense, Internacional, Santos e Vasco que já jogaram pela Libertadores e quantas edições cada um disputou:

Fluminense (17)
Diego Cavalieri (goleiro) – 1
Ricardo Berna (goleiro) – 1
Leandro Euzébio (zagueiro) – 1
Gum (zagueiro) – 1
Carlinhos (lateral-esquedo) – 2
Diguinho (volante) – 1
Edinho (volante) – 3 (campeão em 2006)
Valencia (volante) – 2
Jean (volante) – 2
Deco (meia) – 2
Souza (meia) – 6 (campeão em 2005)
Thiago Neves (meia) – 1
Wagner (meia) – 2
Fred (atacante) – 1
Rafael Moura (atacante) – 1
Rafael Sóbis (atacante) – 3 (campeão em 2006 e 2010)
Araújo (atacante) – 1

.

Santos (16)
Rafael (goleiro) – 1 (campeão em 2011)
Durval (zagueiro) – 3 (campeão em 2011)
Edu Dracena (zagueiro) – 2 (campeão em 2011)
Bruno Rodrigo (zagueiro) – 1 (campeão em 2011)
Léo (lateral-esquerdo) – 4 (campeão em 2011)
Pará (lateral) – 1 (campeão em 2011)
Adriano (volante) – 2 (campeão em 2011)
Arouca (volante) – 3 (campeão em 2011)
Henrique (volante) – 4
Ganso (meia) – 1 (campeão em 2011)
Elano (meia) – 3 (campeão em 2011)
Ibson (meia) – 1
Felipe Anderson (meia) – 1 (campeão em 2011)
Neymar (atacante) – 1 (campeão em 2011)
Borges (atacante) – 4
Rentería (atacante) – 2 (campeão em 2006)

.

Internacional (15)
Renan (goleiro) – 2 (campeão em 2006 e 2010)
Nei (lateral-direito – 2 (campeão em 2010)
Bolívar (zagueiro) – 3 (campeão em 2006 e 2010)
Índio (zagueiro) – 4 (campeão em 2006 e 2010)
Kléber (lateral-esquerdo) – 6 (campeão em 2010)
Guiñazu (volante) – 5 (campeão em 2010)
Tinga (volante) – 6 (campeão em 2006 e 2010)
Bolatti (volante) –  1
Sandro Silva (volante) – 1
D’Alessandro (meia) – 6 (campeão em 2010)
Dátolo (meia) – 3 (campeão em 2007)
Oscar (meia) – 2
Leandro Damião (atacante) – 2 (campeão em 2010)
Dagoberto (atacante) – 5
Marcos Aurélio (atacante) – 1

Corinthians (14)
Júlio César (goleiro)  – 2
Alessandro (lateral-direito) – 3
Chicão (zagueiro) – 2
Leandro Castan (zagueiro) – 1
Fábio Santos (lateral-esquerdo) – 4 (campeão em 2005)
Ralf (volante) – 2
Paulinho (volante) – 1
Ramírez (volante) – 5
Alex (meia) – 2 (campeão em 2006)
Danilo (meia) – 5 (campeão em 2005)
Liédson (atacante) – 1
Adriano (atacante) – 2
Emerson (atacante) – 1
Jorge Henrique (atacante) – 3

.

Flamengo (12)
Felipe (goleiro) – 1
Leonardo Moura (lateral-direito) – 4
David (zagueiro) – 1
Marcos González (zagueiro) – 2
Júnior César (lateral-esquerdo) – 2
Willians (volante) – 1
Maldonado (volante) – 4
Renato (meia) – 2
Bottinelli (meia) – 1
Ronaldinho Gaúcho (atacante) – 1
Vágner Love (atacante) – 1
Deivid (atacante) – 1

..

Vasco (11)
Fernando Prass (goleiro) – 1
Rodolfo (zagueiro) – 1
Renato Silva (zagueiro) – 2
Eduardo Costa (volante) – 1
Abelairas (volante) – 2
Felipe (meia) – 3 (campeão em 1998)
Juninho Pernambucano (meia) – 2 (campeão em 1998)
Bernardo (meia) – 1
Diego Souza (meia) – 2
Éder Luís (atacante) – 1
Alecsandro (atacante) – 1 (campeão em 2010)

Autor: Tags: , , , , , ,

1 comentário | Comentar

  1. 21 Antonio 02/02/2012 23:02

    Acho que para ser o time mais copeiro não basta apenas o número de jogadores que participaram da LA mas o conjunto de nº de jogadores,nº de edições disputadas,nº de jogos disputados e também nº de títulos conquistados e nisso Inter e Santos são imbatíveis,Inter, 15 jogadores,49 participações(soma do nº de jogadores e edições disputadas),10 jogadores campeões, sendo 4 duas vezes, Santos, 16 j,34 p, 13 c,sendo que apenas eles foram campeões nos anos 2000, Inter 2 vezes(06 e 10) e Santos (11),como curiosidade, só o fla não tem nenhum campeão em seu elenco,e todos os outros times tem pelo menos 1 campeão pelo Inter à exceção do flu que tem 2, Sóbis, 2 vezes e Edinho 1,o vasco tem 2 jogadores campeões no seu elenco, justamente no ano em que o clube conquistou seu último título(1998).

    Responder
  1. ver todos os comentários
 

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

* Campos obrigatórios


 

Responder comentário


* Campos obrigatórios