Publicidade

Arquivo do Autor

quarta-feira, 29 de abril de 2009 Copa Libertadores, Estatísticas, História, Sem categoria | 12:38

Brasileiros dominam a Libertadores 2009

Compartilhe: Twitter

Melhor time da Libertadores 2009

Nossos rivais sul-americanos estão mais fracos ou os clubes brasileiros estão cada vez mais fortes na Libertadores? Na 50ª edição do torneio, os times do Brasil estão sobrando. Sport, São Paulo, Grêmio e Cruzeiro já estão classificados para as oitavas-de-final, todos como primeiro colocado de seus respectivos grupos. O Palmeiras, que joga hoje à noite contra o Colo Colo (CHI), pode garantir a quinta vaga brasileira entre os 16 finalistas do torneio.

Em 2008, esse feito já aconteceu. Os cinco representantes brasileiros passaram bem pela primeira fase (Cruzeiro, Flamengo, Santos, São Paulo e Fluminense). Apenas o Santos terminou como segundo em seu grupo. Nos últimos, aliás, foram poucos os brasileiros eliminados nessa fase de grupos. Desde 2000, quando a Libertadores passou a ser disputada com essa fórmula, apenas seis dos 43 times brasileiros que entraram no torneio foram eliminados. São eles: Juventude (2000), Atlético-PR e Flamengo (2002), Santo André (2003), Paulista (2004) e Internacional (2006). O Palmeiras, se empatar ou perder hoje, entra nessa pequena lista dos eliminados.

2000

2001

2002

2003

2004

Atlético-PR (1º)

Palmeiras (1º)

São Caetano (1º)

Paysandu (1º)

Cruzeiro (1º)

Corinthians (1º)

Cruzeiro (1º)

Grêmio (1º)

Santos (1º)

São Paulo (1º)

Palmeiras (1º)

Vasco (1º)

Flamengo (4º)

Grêmio (1º)

Santos (1º)

Atlético-MG (2º)

São Caetano (2º)

Atlético-PR (4º)

Corinthians (1º)

São Caetano (2º)

Juventude (4º)

2005

2006

2007

2008

2009

Santos (1º)

São Paulo (1º)

São Paulo (1º)

Cruzeiro (1º)

Sport (1º)

São Paulo (1º)

Corinthians (1º)

Grêmio (1º)

Flamengo (1º)

Cruzeiro (1º)

Palmeiras (2º)

Goiás (1º)

Flamengo (1º)

São Paulo (1º)

São Paulo (1º)

Atlético-PR (2º)

Internacional (1º)

Santos (1º)

Fluminense (1º)

Grêmio (1º)

Santo André (3º)

Palmeiras (2º)

Paraná (2º)

Santos (2º)

Palmeiras (2º ou 3º)

Paulista (4º)

Internacional (3º)

Para se ter uma ideia, nossos vizinhos argentinos tiveram 18 eliminados na fase de grupos entre os 49 clubes que jogaram entre 2000 e 2009. Na atual edição, apenas Boca Juniors e Estudiantes se classificaram para as oitavas-de-final. River Plate, Lanús e San Lorenzo estão eliminados.Fora das oitavas-de-final

Outra prova do domínio brasileiro em 2009 está na classificação geral dessa primeira fase. Grêmio, São Paulo e Cruzeiro têm hoje as três melhores campanhas. Os brasileiros, aliás, perderam apenas 6 dos 28 jogos que fizeram, sendo que o Sport perdeu para outro brasileiro, o Palmeiras.

CLASSIFICAÇÃO 2009

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

1º Grêmio (BRA)

16

6

5

1

0

11

1

10

2º São Paulo (BRA)

13

6

4

1

1

10

6

4

3º Cruzeiro (BRA)

13

6

4

1

1

9

5

4

4º Boca Juniors (ARG)

12

5

4

0

1

8

3

5

5º Libertad (PAR)

12

6

4

0

2

7

5

2

6º Nacional (URU)

11

5

3

2

0

9

2

7

7º Estudiantes (ARG)

10

6

3

1

2

9

4

5

8º Univ. de Chile (CHI)

10

6

3

1

2

8

6

2

9º Sport (BRA)

10

5

3

1

1

7

5

2

10º Dep. Cuenca (EQU)

9

5

3

0

2

8

3

5

11º Caracas (VEN)

9

5

3

0

2

6

3

3

12º Guadalajara (MEX)

8

5

2

2

1

8

5

3

13º Univ. San Martín (PER)

8

5

2

2

1

7

6

1

14º San Luis (MEX)

8

6

2

2

2

7

7

0

15º Defensor (URU)

8

6

2

2

2

6

6

0

16º Colo Colo (CHI)

7

5

2

1

2

9

6

3

Mas nem tudo é felicidade para os brasileiros. O retrospecto nas finais, nos últimos anos, deixam os nossos clubes para trás. Desde 2000, em oito finais, vencemos apenas duas, justamente quando as decisões foram caseiras (em 2005 – São Paulo x Atlético-PR; e em 2006 – Inter x São Paulo). Nas outras sete finais, os campeões foram Boca Juniors-ARG (4 vezes), Olimpia-PAR, Once Caldas-COL e LDU Quito-EQU. Os brasileiros foram vices em 2000 (Palmeiras), 2002 (São Caetano), Santos (2003), Grêmio (2007) e Fluminense (2008).

Quem também precisa se preocupar com o retrospecto nos últimos anos é Grêmio. Desde 2000, o time de melhor campanha na fase de grupos conseguiu, no máximo, chegar ao vice-campeonato (no caso, o Fluminense de 2008). Três times chegaram nas semifinais: América-MEX (2002), River Plate-ARG (2005) e Santos (2007). Outros três pararam nas quartas-de-final: Vasco (2000), Santos (2004) e Vélez Sarsfield-ARG (2006). Já outros dois morreram já nas oitavas-de-final: América de Cali-COL (2000) e Corinthians (2003).

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 28 de abril de 2009 Campeonatos Estaduais, Estatísticas, Fotos, Sem categoria | 17:15

Qual o melhor time do Brasil em 2009?

Compartilhe: Twitter

Taison e D'AlessandroAntes do início do Brasileirão (que começa no próximo dia 9 de maio), alguns clubes já despontam como favoritos. Pelo futebol apresentado até agora, nesses quatro meses de 2009, Internacional, Corinthians e Cruzeiro (nessa ordem) largam na frente. O Sport, pela boa campanha no Estadual e na Libertadores, poderia também figurar aí. Mas como o nível dos adversários do Campeonato Pernambucano não é tão elevado, fica difícil apontar o Leão entre os favoritos.

O Internacional, de Nilmar, D’Alessandro, Taison e cia., vem de um bicampeonato gaúcho, conquistado de forma invicta (18 vitórias e 3 empates). Atual campeão da Copa Sul-Americana, o time comandado por Tite tem o melhor aproveitamento de pontos na temporada de 2009 (88%) e o ataque mais posivito. Foram 76 gols em 25 jogos (média de 3,04 por partida). Por enquanto, o único deslize do time foi na Copa do Brasil. No jogo de ida, acabou derrotado pelo fraco União-MT (1 x 0).

DouglasJá o Corinthians, próximo do título paulista, tem como destaque sua invencibilidade e a força diante dos adversários de qualidade que enfrentou. A equipe de Mano Menezes, Ronaldo e Douglas, não perdeu nos 24 jogos que fez ano e tem ainda um das melhores defesas (sofreu apenas 17 gols). Prova da qualidade do time está na campanha no Paulistão, que conta com mais cinco times que estão na Série A do Paulista (Palmeiras, Santos, São Paulo, Santo André e Barueri). Só nos clássicos, foram quatro vitórias e três empates.

Kléber

O Cruzeiro, invicto no Campeonato Mineiro, também está com a mão-na-taça no Estadual. A equipe do técnico Adilson tem, na média, o segundo melhor ataque do ano. Foram 59 gols em apenas 22 jogos (2,68 por partida). Prova do poderio ofensivo da Raposa pode ser vista no último domingo, na incrível goleada por 5 x 0 sobre o rival Atlético. Assim como o Inter, o Cruzeiro só perdeu um vez no ano. Foi na Libertadores, quando levou de 4 x 0 do Estudiantes.

Já o Sport, atual campeão da Copa do Brasil e tetra pernambucano, vem com a melhor campanha no ano. O Leão da Ilha do Retiro tem 22 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota em 27 jogos. Sua defesa é a segunda menos vazada do ano (17 gols – 0,63 por partida), atrás apenas do Goiás (0,57). De quebra, o time de Paulo Baier e Ciro é o líder do grupo mais difícil da Libertadores. O Sport está na frente do Palmeiras, Colo Colo-CHI e já despachou a campeã LDU Quito-EQU. Até agora, a única derrota do time foi para o Palmeiras, na Ilha do Retiro (0 x 2).

Por outro lado, alguns grandes também devem ser apontados nessa lista dos melhores. São Paulo e Palmeiras, que não foram bem no Paulistão, ainda seguem vivos na Libertadores e têm grandes jogadores no elenco. É sempre complicado descartar o São Paulo de qualquer competição. Já o Grêmio, que perdeu o técnico Celso Roth e foi muito mal no Gauchão, é o time de melhor campanha na Libertadores.

Confira as campanhas dos 20 clubes que jogarão a Série A do Brasileiro em 2009, contanto os jogos nos estaduais, Copa do Brasil e Libertadores. Para você, qual é o melhor time na atualidade? Deixe seu comentário com o nome do clube na frente e o motivo da escolha.

Time

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

%

MGP

MGC

Sport

70

27

22

4

1

60

17

43

86,4

2,22

0,63

Internacional

66

25

21

3

1

76

16

60

88,0

3,04

0,64

Vitória

65

29

20

5

4

69

21

48

74,7

2,38

0,72

Goiás

59

23

19

2

2

54

13

41

85,5

2,35

0,57

Palmeiras

57

28

17

6

5

53

29

24

67,9

1,89

1,04

Náutico

56

26

16

8

2

52

29

23

71,8

2,00

1,12

Corinthians

54

24

15

9

0

44

17

27

75,0

1,83

0,71

Cruzeiro

53

22

16

5

1

59

17

42

80,3

2,68

0,77

São Paulo

53

27

16

5

6

44

27

17

65,4

1,63

1,00

Santos

50

26

15

5

6

39

24

15

64,1

1,50

0,92

Atlético-PR

49

23

15

4

4

49

22

27

71,0

2,13

0,96

Botafogo

48

23

15

3

5

53

24

29

69,6

2,30

1,04

Flamengo

47

22

14

5

3

42

21

21

71,2

1,91

0,95

Grêmio

46

24

14

4

6

47

23

24

63,9

1,96

0,96

Atlético-MG

45

19

14

3

2

43

15

28

78,9

2,26

0,79

Coritiba

45

24

13

6

5

32

19

13

62,5

1,33

0,79

Avaí

45

25

13

6

6

40

30

10

60,0

1,60

1,20

Fluminense

40

21

12

4

5

38

19

19

63,5

1,81

0,90

Santo André

34

21

10

4

7

34

24

10

54,0

1,62

1,14

Barueri

30

22

8

6

8

36

35

1

45,5

1,64

1,59

PG: pontos ganhos; J: jogos; V: vitória; E: empates; D: derrotas; GP: gols pró; GC: gols contra; SG: saldo de gols; %: aproveitamento de pontos; MGP: média de gols pró; MGC: média de gols contra
Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 27 de abril de 2009 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Estatísticas, Sem categoria | 14:01

A diferença entre Ronaldo e os outros atacantes do Paulistão

Compartilhe: Twitter

Ronaldo
Ronaldo
pode ser comparado com qualquer jogador do mundo. Não só hoje, mas em todos em tempos. Em 2009, porém, disputou apenas o Campeonato Paulista (e mais 23 minutos num jogo contra o Itumbiara na Copa do Brasil). Por isso, acho sensato compará-lo, agora, com adversários diretos, que são os principais centroavantes dos clubes paulistas.

Em 9 jogos pelo Paulistão, Ronaldo comprovou por que é genial. Foram 8 gols, sendo 4 em clássicos. Ronaldo marcou contra o Palmeiras, São Paulo e dois contra o Santos, por sinal, os mais bonitos desde sua volta. Na média de gols, Ronaldo supera Keirrison, Washington, Kleber Pereira e até Pedrão, do Barueri, artilheiro da competição. Entre todos esses, Ronaldo é o que mais finaliza certo (são 2,3 chutes ao gol por jogo), o que mais dribla (2,1 por partida) e o que mais tempo fica com a bola nos pés (média de 45 segundos por jogo).

Ao contrário também do que dizem, não estão pegando tão leve assim com Ronaldo. O atacante do Corinthians recebeu, na média, 1,6 faltas por jogo. Apenas Washington, do São Paulo, sofreu mais (2,2). Keirrison, Kleber Pereira e Pedrão, apanharam menos.

Dos 9 jogos que fez, Ronaldo foi titular em 7 e em 5 desses jogou os 90 minutos. Em média, em ficou em campo 78,9 minutos. Desses, fica 45 segundos com a bola nos pés. Confira abaixo o desempenho do Fenômeno no Paulistão e a comparação dele com os principais atacantes do campeonato.

Data

Adversário

Minutos

Gols

Final.

Dribles

P.certos

P. Errados

Posse

Faltas

8/3

31

1

2

3

0

2

00’17’’

0

11/3

76

1

3

1

9

2

00’26’’

0

22/3

81

0

4

5

9

3

00’51’’

1

25/3

90

2

6

3

15

4

01’00’’

3

28/3

90

0

3

2

9

3

00’36’’

2

31/3

90

1

1

0

11

4

00’38’’

2

12/4

90

0

4

3

10

2

00’52’’

1

19/4

72

1

3

1

14

3

00’34’’

3

26/4

90

2

3

1

14

3

00’53’’

2

Média

78,9

0,9

3,2

2,1

10,1

2,9

00’45”

1,6

Finalizações, passes certos, passes errados, posse de bola, faltas recebidas
* Fonte: Footstats

Jogador

Jogos

Gols

Média

Final. (certas)

Dribles

P. certos

P. errados

Posse

Imped.

Faltas

Ronaldo

9

8

0,9

3,2 (2,3)

2,1

10,1

2,9

00’45”

0,8

1,6

Keirrison

16

13

0,8

3,5 (2,0)

0,7

13,3

2,4

00’35”

0,6

0,6

Kleber Pereira

18

10

0,6

3,3 (2,1)

0,9

14,6

3,3

00’39”

1,4

1,5

Washington

17

12

0,7

2,7 (1,1)

1,2

13,0

4,5

00’41”

0,8

2,2

Pedrão

20

15

0,8

2,9 (1,4)

0,7

10,4

3,4

00’36”

2,2

0,9

Gols em clássicos
Ronaldo 4 – (2 contra o Santos, 1 contra o São Paulo, 1 contra o Palmeiras)
Keirrison 3 – (3 contra o Santos)
Kleber Pereira 3 – (3 contra o Palmeiras)
Pedrão 2 – (2 contra o Corinthians)
Washington 1  – (1 contra o Palmeiras)

Autor: Tags: , , , , , ,

sábado, 25 de abril de 2009 Campeonatos Estaduais, Uniformes | 19:45

Corinthians vestirá sua nona camisa diferente em 2009

Compartilhe: Twitter

Desde a chegada de Ronaldo e a saída da Medial Saúde, em dezembro de 2008, o Corinthians vem lutando para encontrar seus patrocinadores ideais. No início do ano, usou patrocinadores tampões para jogos importantes. Na primeira partida do ano, no amistoso contra o Estudiantes (ARG), fechou com Ford e Localweb. Nos dois primeiros jogos do Paulistão, ficou só com Localweb nas mangas.

Camisas do Corinthians em 2009

Em seguida, ficou um bom tempo jogando com a camisa limpa. No clássico contra o São Paulo, dia 15 de fevereiro, por sugestão do Fenômeno o Corinthians jogou com o logo da AACD no peito. Mas bastou Ronaldo entrar em campo para mudar tudo. Depois de sua estreia contra o Itumbiara, no dia 4 de março, o clube voltou a contar com novos patrocinadores. No clássico contra o Palmeiras, foram três (Visa, principal, Panasonic (mangas) e Lupo (calção).

Camisas do Corinthians em 2009

No dia 20 de março, pouco antes do clássico contra o Santos (realizado dia 22), o Corinthians fechou com a Batavo para ser seu principal patrocinador. O contrato de 20 milhões de reais é o maior do Brasil e vale até dezembro de 2009. Agora, às vésperas da final do Paulistão, o clube anunciou mais dois patrocinadores. Porém, só para a decisão. O Banco Pan-Americano, do Grupo Silvio Santos, estampará seu logotipo no calção, enquanto a Bozzano usará o espaço das mangas. Assim, o Corinthians vestirá sua nona camisa diferente na temporada na primeira final. No jogo de volta, como deverá jogar de branco e só com Bozzano nas mangas (o Banco Pan-Americano fechou só para o jogo de ida das finais), o Corinthians terá sua décima camisa diferente. E logo mais, no início do Brasileirão, contará com novos modelos da Nike. A grande surpresa, porém, deverá vir até o meio do ano. A camisa 3, hoje toda roxa e pouco utilizada, será reestilizada. O modelo deverá ficar parecido com o da Internazionale-ITA (com listras verticais pretas e azuis).

Camisas do Corinthians em 2009


Autor: Tags: ,

sexta-feira, 24 de abril de 2009 Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História, Sem categoria | 23:39

Vantagem histórica para Fla, Santos e Cruzeiro em finais

Compartilhe: Twitter

No próximo domingo, começarão as finais de três dos principais estaduais do Brasil: São Paulo, Rio e Minas. Os campeões, porém, só serão conhecido no outro domingo, dia 3 de maio. As decisões entre Corinthians x Santos, Flamengo x Botafogo e Atlético-MG x Cruzeiro não serão inéditas.

Em São Paulo, os rivais alvinegros já se enfrentam três vezes em decisões estaduais e o Santos leva vantagem com dois títulos (1935 e 1984). O Corinthians venceu apenas em 1930, ainda na era do amadorismo. Além disso, o clube praiano tem um título Brasileiro conquistado sobre o rival, em 2002.

Santos x Corinthians

Finais entre Santos e Corinthians em Campeonatos Paulistas:
1930
– 4/1/1931 – Santos 2 x 5 Corinthians
Campeão: Corinthians

1935 – 17/11/1935 – Corinthians 0 x 2 Santos
Campeão: Santos

1984 – 2/12/1984 – Santos 1 x 0 Corinthians
Campeão: Santos

Já no Rio de Janeiro, Flamengo e Botafogo farão a quinta final carioca da história entre as duas equipes. Cada clube tem dois títulos. O Botafogo em 1962 e 1989, quando quebrou o jejum de 21 anos sem títulos. Já o Flamengo ganhou os últimos dois campeonatos, em 2007 e 2008. Os rubro-negros conquistaram ainda um título Brasileiro em 1992 sobre o Botafogo. No confronto geral, jogo a jogo, o Fla também leva a melhor.

Botafogo x Flamengo

Finais entre Botafogo e Flamengo em Campeonatos Cariocas:
1962
– 15/12/1962 – Botafogo 3 x 0 Flamengo
Campeão: Botafogo

1989 – 21/6/1989 – Botafogo 1 x 0 Flamengo
Campeão: Botafogo

2007 – 29/4/2007 – Botafogo 2 x 2 Flamengo
2007 – 6/5/2007 – Flamengo 2 x 2 Botafogo (Nos pênaltis: Flamengo 4 x 2)
Campeão: Flamengo

2008 – 27/4/2008 – Flamengo 1 x 0 Botafogo
2008 – 4/5/2008 – Botafogo 1 x 3 Flamengo
Campeão: Flamengo

Em Minas Gerais, os dois maiores clubes do estado já fizeram 13 finais diretas. O Cruzeiro venceu oito (1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998, 2004 e 2008) e o Atlético cinco (1962, 1976, 1985, 2000, 2007). A decisão de 2009 será uma espécie de tira-teima dos últimos dois campeonatos. Em 2007, o Galo ficou com o título e de quebra ganhou de 4 x 0 do rival na primeira final. Em 2008, a Raposa deu o troco. Venceu o primeiro jogo decisivo por 5 x 0 e ganhou o campeonato. E desde o 4 x 0 do Galo em 2007, só deu Cruzeiro. Nos últimos dez jogos, foram 9 vitórias da Raposa e apenas um empate.

Cruzeiro x Atletico

Finais entre Cruzeiro e Atlético-MG em Campeonatos Mineiros:
1962
– 10/2/1963 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
1962 – 13/2/1963 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
1962 – 15/2/1963 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1967 – 14/1/1968 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
1967 – 21/1/1968 – Cruzeiro 3 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1972 – 7/9/1972 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1976 – 27/3/1976 – Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro
1976 – 3/4/1976 – Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1977 – 25/9/1977 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
1977 – 2/10/1977 – Cruzeiro 3 x 2 Atlético-MG
1977 – 9/10/1977 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1985 – 8/12/1985 – Atlético-MG 0 x 0 Cruzeiro
1985 – 11/12/1985 – Atlético-MG 2 x 2 Cruzeiro
1985 – 15/12/1985 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1987 – 29/7/1987 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG
1987 – 2/8/1987 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1990 – 3/6/1990 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1998 – 7/6/1998 – Cruzeiro 3 x 2 Atlético-MG
1998 – 11/6/1998 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

2000 – 3/6/2000 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
2000 – 8/6/2000 – Atlético-MG 1 x 1 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

2004 – 11/4/2004 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
2004 – 18/4/2004 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
Campeão: Cruzeiro

2007 – 29/4/2007 – Atlético-MG 4 x 0 Cruzeiro
2007 – 6/5/2007 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG
Campeão: Atlético-MG

2008 – 27/4/2008 – Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG
2008 – 4/5/2008 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 23 de abril de 2009 Confrontos, Copa do Brasil, Sem categoria | 23:36

Copa do Brasil: Flamengo tem melhor retrospecto nas oitavas

Compartilhe: Twitter

A Copa do Brasil, que chega a sua 20ª edição em 2009, já tem seus 16 classificados para as oitavas-de-final. Entre eles, equipes de dez estados. O Rio de Janeiro é maioria com quatro representantes (Vasco, Flamengo, Fluminense e Americano). São Paulo, Paraná e Ceará têm dois clubes cada. Entre todos os classificados, apenas quatro já ganharam o torneio: Corinthians, Flamengo, Fluminense e Internacional. Dos 16 clubes, dez estão da Série A do Brasileiro, três na Série B (Vasco, Ponte Preta e Fortaleza) e um na Série C (Icasa). Já CSA e Americano-RJ não conseguiram vaga para a Série D em 2009.

Historicamente, nas oitavas-de-final, o Flamengo tem o melhor retrospecto entre os 16 classificados. Das 14 vezes que chegou nessa fase, o rubro-negro avançou em 12 delas e só foi eliminado duas vezes. Vale lembrar que o Mengão já faturou o título em 1990 e 2006 e foi vice em 1997, 2003 e 2004.

Confira abaixo como ficaram os jogos das oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2009, quem leva vantagem no confronto direto e o desempenho de cada um dos 16 clubes em oitavas-de-final desde 1989.

VascoVASCO (RJ) x ICASA (CE)Icasa
Nunca se enfrentaram antes em Copa do Brasil

Em oitavas-de-final
Vasco – Jogou 16 vezes nessa fase. Classificou em 8 (93, 94, 95, 98, 02, 03, 06 e 08) e foi eliminado em 8 (89, 91, 92, 96, 97, 99, 00 e 05).
Icasa – Nunca jogou nessa fase.

Atlético-MGATLÉTICO (MG) x VITÓRIA (BA)Vitória
1995 – Oitavas-de-final
Vitória 2 x 3 Atlético-MG
Atlético-MG 1 x 1 Vitória

Em oitavas-de-final
Atlético-MG – Jogou 16 vezes nessa fase. Classificou em 11 (89, 90, 94, 95, 00, 02, 03, 05, 06, 07 e 08) e foi eliminado em 5 (91, 92, 96, 97 e 98).
Vitória – Jogou 12 vezes nessa fase. Classificou em 8 (89, 91, 94, 98, 99, 03, 04 e 06) e foi eliminado em 4 (93, 95, 97 e 01).

CorinthiansCORINTHIANS (SP) x ATLÉTICO (PR)Atlético-PR
1997 – Quartas-de-final
Corinthians 1 x 2 Atlético-PR
Atlético-PR 2 x 6 Corinthians

2001 – Quartas-de-final
Corinthians 0 x 0 Atlético-PR
Atlético-PR 0 x 1 Corinthians

Em oitavas-de-final
Corinthians – Jogou 16 vezes nessa fase. Classificou em 9 (89, 91, 95, 96, 97, 01, 02, 04 e 08) e foi eliminado em 7 (92, 94, 98, 99, 00, 05 e 07).
Atlético-PR – Jogou 7 vezes nessa fase. Classificou em 5 (92, 97, 99, 01 e 07) e foi eliminado em 2 (96 e 00)

FluminenseFLUMINENSE (RJ) x GOIÁS (GO)Goiás
Nunca se enfrentaram antes em Copa do Brasil

Em oitavas-de-final
Fluminense
– Jogou 11 vezes nessa fase. Classificou em 6 (92, 00, 02, 05, 06 e 07) e foi eliminado em 5 (91, 96, 01, 03 e 04).
Goiás
– Jogou 8 vezes nessa fase. Classificou em 5 (89, 90, 91, 99 e 03) e foi eliminado em 3 (01, 04 e 08).

AmericanoAMERICANO (RJ) x PONTE PRETA (SP)Ponte Preta
Nunca se enfrentaram antes em Copa do Brasil

Em oitavas-de-final
Americano – Nunca jogou nessa fase.
Ponte Preta – Jogou 1 vez nessa fase e se classificou em 2001.

CSACSA (AL) x CORITIBA (PR)Coritiba

1991 – Primeira fase
CSA 1 x 0 Coritiba
Coritiba 1 x 0 CSA (nos pênaltis: Coritiba 3 x 1)

Em oitavas-de-final
CSA – Jogou 2 vezes nessa fase. Classificou em 1 (92) e foi eliminado em 1 (02).
Coritiba – Jogou 7 vezes nessa fase. Classificou em 2 (91 e 01) e foi eliminado em 5 (90, 94, 99, 05 e 07).

FlamengoFLAMENGO (RJ) 0 x 0 FORTALEZA (CE)Fortaleza
Nunca se enfrentaram antes em Copa do Brasil

Em oitavas-de-final
Flamengo – Jogou 14 vezes nessa fase. Classificou em 12 (89, 90, 93, 95, 96, 97, 99, 00, 01, 03, 04 e 06) e foi eliminado em 2 (98 e 05).
Fortaleza – Jogou 4 vezes nessa fase. Classificou em 1 ( 01) e foi eliminado em 3 (92, 04 e 06).

InternacionalINTERNACIONAL (RS) x NÁUTICO (PE)Náutico
Nunca se enfrentaram antes em Copa do Brasil

Em oitavas-de-final
Internacional – Jogou 12 vezes nessa fase. Classificou em 6 (92, 94, 96, 97, 99 e 08) e foi eliminado em 6 (89, 93, 95, 02, 04 e 05)
Náutico – Jogou 7 vezes nessa fase. Classificou em 2 (90 e 07) e foi eliminado em 5 (89, 93, 03, 06 e 08).

Autor: Tags: , , , ,

Copa Libertadores, História | 00:27

Atual campeã, LDU está fora da Libertadores

Compartilhe: Twitter

Time equatoriano não tem mais chances na competição

Antigamente, entre (1961 e 1999), todos os campeões da Copa Libertadores tinham vaga garantida na edição seguinte. E sempre numa fase avançada, nunca na primeira. Na década de 1960, por exemplo, os campeões entravam já na semifinal do torneio do ano seguinte. Lá pelos anos 90, os campeões da Libertadores entravam no torneio nas oitavas-de-final. Esse privilégio, porém, acabou em 2000. Desde então, todos os campeões da competição sul-americana entram na fase de grupos.

De 2000 para cá, apenas dois campeões acabaram sendo eliminados nessa fase e não conseguiram chegar aos mata-matas (oitavas-de-final). Em 2007, o Internacional deu adeus ao sonho do bi ao terminar atrás de Vélez Sarsfield (ARG) e Nacional (URU), no Grupo 4, que ainda tinha o Emelec (EQU). Agora, em 2009, foi a vez de outro campeão ser eliminado precocemente. Com a vitória do Sport sobre o Colo Colo (2 x 1), a LDU Quito ficou sem chances de classificação, mesmo tendo ainda mais um jogo para disputar (contra o Sport, em casa, na última rodada do Grupo 1). Com 4 pontos, a LDU só pode chegar a 7 pontos, mesma pontuação de Colo Colo e Palmeiras, que se enfrentam no Chile na próxima semana.

Nos outros anos, os campeões das edições anteriores terminaram assim na Libertadores:
2001 – Boca Juniors (ARG) – campeão
2002 – Boca Juniors (ARG) – quartas-de-final
2003 – Olimpia (PAR) – oitavas-de-final
2004 – Boca Juniors (ARG) – vice-campeão
2005 – Once Caldas (COL) – oitavas-de-final
2006 – São Paulo (BRA) – vice-campeão
2008 – Boca Juniors (ARG) – semifinal

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 20 de abril de 2009 Estatísticas, Técnicos | 18:22

As maiores invencibilidades de 2009

Compartilhe: Twitter

Corinthians está invicto em 2009
Oficialmente, o Corinthians perdeu pela última vez no dia 29 de novembro do ano passado, quando foi derrotado pelo América-RN na última rodada da Série B. Desde então, o Corinthians jogou mais 24 vezes (um amistoso contra o Estudiantes-ARG, 21 vezes pelo Paulistão e mais duas pela Copa do Brasil). Foram 15 vitórias e 9 empates. Esse invencibilidade em 2009 é a maior entre os principais clubes do país na atual temporada. Entre os clubes que disputam a Série A do Brasileiro, quem mais se aproxima da marca é o Inter, que está há 15 jogos em perder.

Na última derrota corintiana, porém, os principais jogadores já estavam curtindo férias. A equipe alvinegra que foi a Natal era essa: Rafael, Dênis (Marcel), Diego, Alves e Almeida (Careca); Nilton, Perdigão, Eduardo Ramos e Diogo (Rafinha); Bebeto e Otacílio Neto. Desses, apenas Diego, Diogo e Otacílio Neto seguem no Parque São Jorge. Todos reservas.

Para o técnico Mano Menezes, no entanto, a invencibilidade corintiana é bem maior. Para o treinador, o Corinthians está sem perder desde o dia 9 de agosto de 2008, quando foi derrotado pelo Vila Nova, em Goiânia, por 2 x 1. Nesses oito meses, foram 44 jogos, com 31 vitórias e 13 jogos (sem contar, é claro, o  jogo contra o América-RN). Ainda nesse período, o time marcou 92 gols e sofreu apenas 29.

Por enquanto, as maiores invencibilidades da atualidade são:
1 – Corinthians 24 jogos (última derrota: 29/11/2008, América-RN 2 x 0 Corinthians)
2 – Internacional 15 jogos (última derrota: 18/2/2009, União-MT 1 x 0 Internacional)
3 – Atlético-MG12 jogos (última derrota: 15/2/2009, Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG)
4 – Goiás 9 jogos (última derrota: 11/3/2009, Mineiros-GO 1 x 0 Goiás)
5 – Flamengo 7 jogos (última derrota: 22/3/2009, Vasco 2 x 0 Flamengo)
Santos 7 jogos (última derrota: 22/3/2009, Corinthians 1 x 0 Santos)
Náutico 7 jogos (última derrota: 22/3/2009, Central 3 x 2 Náutico)
8 – Atlético-PR5 jogos (última derrota: 29/3/2009, Atlético-PR 1 x 2 J. Malucelli)

Autor: Tags: , , ,

Artilheiros | 01:13

Início arrasador

Compartilhe: Twitter

Com o gol marcado no último sábado, na semifinal do Campeonato Mineiro, o atacante Diego Tardelli chegou a 19 gols na temporada, em jogos oficiais. Contando ainda os 3 gols que fez ainda na Copa Bimbo (torneio amistoso realizado em Montevidéu), Tardelli atingiu a marca de 22 gols em apenas 18 jogos em 2009. Quem mais se aproxima do ex-são-paulino é Keirrison, do Palmeiras, com 19 gols em 22 jogos. A vantagem do atacante atleticano está na média (1,19 gols por jogo contra 0,86 do palmeirense). Ainda na média, Diego Tardelli supera o rival Kleber, doO atacante é o artilheiro do Brasil em 2009 Cruzeiro, que fez 13 gols em 12 jogos (0,86 por partida).
Perto de completar 24 anos, o atacante Diego Tardelli vive sua melhor fase na carreira.

Pelo São Paulo, em 94 jogos, entre 2003 e 2005, fez 19 gols. No Flamengo, seu último clube, disputou 35 jogos e marcou apenas 6 gols.

Confira a lista dos principais goleadores do Brasil em 2009:

Jogador

Clube

Gols

Jogos

Média

Diego Tardelli

Atlético-MG

19

16

1,19

Keirrison

Palmeiras

19

22

0,86

Gilmar

Náutico

18

25

0,72

Taison

Internacional

17

21

0,81

Marcelo Ramos

Santa Cruz

16

18

0,89

Fábio

Central

16

18

0,89

Pedrão

Barueri

15

19

0,79

Ciro

Sport

15

23

0,65

Neto Baiano

Vitória

15

24

0,63

Washington

São Paulo

14

18

0,78

Kleber

Cruzeiro

13

12

1,08

Felipe

Goiás

13

17

0,76

Rafael Moura

Atlético-PR

13

19

0,68

Kleber Pereira

Santos

13

19

0,68

Nilmar

Internacional

13

19

0,68

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 10
  3. 14
  4. 15
  5. 16
  6. 17
  7. 18
  8. Última