Publicidade

Arquivo da Categoria Artilheiros

quinta-feira, 27 de agosto de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas, Sem categoria | 21:44

Val Baiano tem a melhor média de gols do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

No início do Brasileirão, muitos diziam que esse seria um dos Campeonatos mais esperado pela presença de grandes goleadores. Entre eles, Ronaldo, Fred, Keirrison, Nilmar, Diego Tardelli, Maxi López, Kléber, Washington, Kléber Pereira, entre outros. Com o tempo, porém, alguns desses jogadores, favoritos ao título de goleador do Brasileirão 2009, ficaram pelo caminho. Dois foram vendidos para a Europa: Nilmar (Villarreal) e Keirrison (Benfica). Outro, não tão favorito, mas goleador, também fez suas malas para o exterior: Pedrão, do Barueri, para o Al Shabab, dos Emirados Árabes Unidos.

Até agora, a disputa pela artilharia da Série A continua nos pés dos principais atacantes. Nenhum meia ou zagueiro-artilheiro parecem fazer frente aos centroavantes nesse Brasileirão. Dos 14 principais artilheiros, todos são atacantes. O líder da artilharia, Val Baiano, do supreendente Barueri, time de melhor ataque da competição, tem a boa média de 0,73 gol por partida. A melhor entre os jogadores em atividade desse Brasileirão. Dos jogadores que marcaram pelo menos 5 gols na competição, apenas Pedrão conseguiu uma média melhor (0,75). Porém, seu ex-companheiro de clube já deixou o campeonato. O Fenônemo Ronaldo, que está há um bom tempo sem jogar, tem a segunda melhor média hoje (0,67). Confira abaixo os jogadores com as melhores médias de gols nesse Brasileiro:

Jogador Clube Gols Jogos Média
Val Baiano Barueri 11 15 0,73
Ronaldo Corinthians 6 9 0,67
Obina Palmeiras 9 14 0,64
Wellington Paulista Cruzeiro 8 13 0,62
Felipe Goiás 9 15 0,60
André Lima Botafogo 6 10 0,60
Adriano Flamengo 10 18 0,56

.
Veja a média de gols dos principais artilheiros do Brasileirão até o início dessa 22ª rodada:

Jogador Clube Gols Jogos Média
Val Baiano Barueri 11 15 0,73
Marcelinho Paraíba Coritiba 10 19 0,53
Adriano Flamengo 10 18 0,56
Alecsandro Internacional 10 19 0,53
Gilmar Náutico 10 20 0,50
Diego Tardelli Atlético-MG 9 17 0,53
Éder Luís Atlético-MG 9 19 0,47
Felipe Goiás 9 15 0,60
Obina Palmeiras 9 14 0,64
Kleber Pereira Santos 9 18 0,50
Roger Vitória 9 18 0,50
Wellington Paulista Cruzeiro 8 13 0,62
Iarley Goiás 8 18 0,44
Jonas Grêmio 8 18 0,44

.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 20 de agosto de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 12:29

Quem são os maiores artilheiros do Brasileirão desde 71

Compartilhe: Twitter

O veterano Ramon, do Vitória, marcou um gol histórico ontem, diante do Atlético-PR. Autor de 94 gols, o meia igualou o santista Kleber Pereira e entrou para a lista dos 10 maiores goleadores da história do Brasileirão desde 1971.

Atualmente, três jogadores que estão disputando o Campeonato Brasileiro figuram no Top 10 de gols. Além de Ramon e Kleber Pereira, o atacante Washington também aparece na lista. O jogador do São Paulo tem 105 gols e é o 8º maior artilheiro. Ele poderá ainda superar Dario, o Dadá Maravilha, que fez 113 gols.

Outros jogadores que estão na Série A de 2009 ainda deverão subir na lista. Entre eles, Marcelinho Carioca (Santo André), Alex Mineiro e Paulo Baier (Atlético-PR) e Petkovic (Flamengo). O meia sérvio, do Rubro-Negro, é o gringo que mais fez gols na história da competição.

Confira a lista dos maiores artilheiros do Brasileirão desde 71:

Jogador Gols Período Jogos Média
Roberto Dinamite 190 71-92 328 0,58
Romário 154 85-07 252 0,61
Edmundo 153 92-08 316 0,48
Zico 135 71-89 249 0,54
Túlio 129 88-05 240 0,54
Serginho 127 74-90 184 0,69
Dario 113 71-85 240 0,47
Washington 105 99-09 151 0,70
Dodô 96 95-08 192 0,50
10° Kleber Pereira 94 99-08 165 0,57
Ramon 94 89-08 333 0,28
12° Reinaldo 93 73-85 177 0,53
13° Careca 92 78-86 130 0,71
Evair 92 86-02 221 0,42
15° Cláudio Adão 91 73-93 194 0,47
Jorge Mendonça 91 73-86 197 0,46
Viola 91 88-04 249 0,37
18° Tuta 90 96-07 231 0,39
19° Bebeto 88 83-01 184 0,48
Marcelinho Carioca 88 88-09 267 0,33
21º Nunes 87 75-87 174 0,50
Luisinho 87 71-86 175 0,50
Christian 87 97-08 188 0,46
Valdir 87 92-04 208 0,42
Marcelo Ramos 84 92-08 251 0,33
Tarciso 87 71-87 327 0,27
27° Guilherme 83 93-05 168 0,49
Edílson 83 93-05 238 0,35
29° Müller 81 85-03 234 0,35
30° Dimba 79 97-05 177 0,45
31º Renato 77 75-88 256 0,30
Alex Mineiro 77 97-07 204 0,38
Marques 77 93-08 256 0,30
34º Renaldo 76 92-05 188 0,40
35º Luizão 75 93-06 175 0,43
Paulo Baier 75 97-09 262 0,29
37º Petkovic 71 97-09 224 0,32
Ramon 71 71-83 192 0,37
39º Sócrates 70 76-88 138 0,51
Autor: Tags: ,

segunda-feira, 10 de agosto de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, História | 18:06

Flamengo tem o artilheiro do Brasileirão depois de 27 anos

Compartilhe: Twitter

Há muito, muito tempo o Flamengo não tinha um jogador seu no topo da artilharia do Brasileirão. Desde que o Galinho Zico foi o artilheiro em 1982, o Rubro-Negro não consegue ter o goleador da competição. O atacante Adriano, agora artilheiro isolado do Brasileirão 2009, é um forte candidato a quebrar esse tabu.

Se mantiver a média de gols (0,66 – anotou 10 gols em 15 jogos), Adriano poderá ainda superar Zico, que é o maior artilheiro do clube em uma única edição de Brasileiro com 21 gols (em 1980 e 1982). Restam ainda mais 20 para o Flamengo.

Nos últimos anos, os jogadores que mais chegaram próximos da artilharia do Brasileirão foram Liédson, em 2002 (fez 14 gols contra 19 de Luís Fabiano e Rodrigo Fabri); Gaúcho, em 1990 (7 gols contra 11 de Charles); Bebeto, em 1987 (fez 6 gols contra 10 de Müller); e Zico, em 1983 (fez 17 gols contra 22 de Serginho Chulapa).

Confira a lista dos artilheiros do Brasileirão e do Flamengo em cada edição.

Ano Artilheiro Clube Gols Art. do Flamengo Gols
1971 Dario Atlético-MG 15 Rodrigues Neto e Samarone 3
1972 Dario Atlético-MG 17 Fio 6
Pedro Rocha São Paulo
1973 Ramón Santa Cruz 21 Zico 8
1974 Roberto Dinamite Vasco 16 Zico 11
1975 Flávio Internacional 16 Luisinho 12
1976 Dario Internacional 16 Zico 14
1977 Reinaldo Atlético-MG 28 Zico 10
1978 Paulinho Vasco 19 Radar 8
1979 César América-RJ 13 Cláudio Adão 9
1980 Zico Flamengo 21 Zico 21
1981 Nunes Flamengo 16 Nunes 16
1982 Zico Flamengo 21 Zico 21
1983 Serginho Santos 22 Zico 17
1984 Roberto Dinamite Vasco 16 Bebeto, Nunes e Tita 5
1985 Edmar Guarani 20 Bebeto 9
1986 Careca São Paulo 25 Kita 6
1987 Müller São Paulo 10 Bebeto 6
1988 Nílson Internacional 15 Bebeto 9
1989 Túlio Goiás 11 Bujica 3
1990 Charles Bahia 11 Gaúcho 7
1991 Paulinho McLaren Santos 15 Gaúcho e Nélio 4
1992 Bebeto Vasco 18 Júnior 9
1993 Guga Santos 15 Marcelinho Carioca 5
1994 Túlio Botofogo 19 Sávio 9
Amoroso Guarani
1995 Túlio Botafogo 23 Romário 8
1996 Renaldo Atlético-MG 16 Bebeto 7
Paulo Nunes Grêmio
1997 Edmundo Vasco 29 Sávio 7
1998 Viola Santos 21 Romário 14
1999 Guilherme Atlético-MG 28 Romário 12
2000 Magno Alves Fluminense 20 Petkovic 14
Dill Goiás
Romário Vasco
2001 Romário Vasco 21 Reinaldo 6
2002 Rodrigo Fabri Grêmio 19 Liédson 14
Luís Fabiano São Paulo
2003 Dimba Goiás 31 Edílson 13
2004 Washington Atlético-PR 34 Dimba 7
2005 Romário Vasco 22 Renato 12
2006 Souza Goiás 17 Obina 11
2007 Josiel Paraná 20 Juan, Ibson e Souza 6
2008 Keirrison Coritiba 21 Ibson 11
Washington Fluminense
Kleber Pereira Santos

.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 28 de julho de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Seleção Brasileira | 17:05

Artilheiro do Brasil em 2009, Tardelli chega à Seleção

Compartilhe: Twitter

Jogador de altos e baixos na carreira, o atacante Diego Tardelli teve sua grande fase coroada com a convocação para a Seleção Brasileira nesta quarta-feira. O centroavante do Atlético-MG foi a grande novidade na lista do técnico Dunga para o amistoso contra a Estônia, no próximo dia 12 de agosto.

Revelado pelo São Paulo, o atacante teve um bom momento no início de carreira, quando foi campeão paulista e da Libertadores pelo Tricolor, em 2005. No mesmo ano, Tardelli disputou o Mundial Sub-20 pela Seleção Brasileira. Com problemas disciplinares, porém, o atacante não se firmou no São Paulo e foi emprestado ao Betis-ESP, São Caetano e depois ao PSV Eindhoven-HOL. Em 2007, voltou ao Tricolor, mas ficou encostado. No começo de 2008, foi contratado pelo Flamengo. No Rio, porém, alternou bons e maus momentos. Em 35 jogos, fez apenas 6 gols. Foi campeão carioca, mas acabou jogando pouco no Brasileirão após sofrer uma fratura no braço.

No início de 2009, chegou ao Atlético-MG e reencontrou a boa fase. Aos 24 anos, Diego Tardelli foi o artilheiro do Campeonato Mineiro com 16 gols e tornou-se o maior goleador do Brasil na temporada de 2009 com 30 gols. Em 36 jogos com a camisa do Galo, Tardelli marcou gols em 22 deles. Além disso, ficou de fora de apenas 2 dos 38 jogos do clube na temporada.

Os maiores artilheiros do Brasil em 2009:

Jogador Clube Gols Brasileiro Estadual Copa do Brasil Libertadores
Diego Tardelli Atlético-MG 28 8 16 4
Felipe Goiás 25 8 16 1
Taison Internacional 25 3 15 7
Gilmar Náutico 24 5 14 5
Keirrison* Palmeiras 24 5 13 6
Neto Baiano* Vitória 23 1 18 4
Kléber Cruzeiro 22 5 13 4
Pedrão* Barueri 22 6 16
Marcelo Ramos Ipatinga 21 3 18
Kléber Pereira Santos 19 5 11 3
Nilmar* Internacional 19 5 13 1
Rafael Moura Atlético-PR 19 2 14 3
Ronaldo Corinthians 17 6 8 3
* Já deixaram o país.

.

A regularidade de Tardelli foi a principal razão para que o técnico Dunga o convocasse. O treinador da Seleção, que costuma levar sempre jogadores que atuam em mais de 75% dos jogos das equipes na temporada, não hesitou em levar Diego Tardelli pelos números apresentados no ano.

Confira abaixo o rendimento de Tardelli na temporada:

Data Competição Casa/Fora Atlético-MG Placar Adversário Gols
17/01/2009 Copa Bimbo N Atlético-MG 2 x 4 Cruzeiro 1
21/01/2009 Copa Bimbo F Atlético-MG 4 x 1 Peñarol-URU 1
25/01/2009 Mineiro C Atlético-MG 0 x 0 América-MG 0
31/01/2009 Mineiro F Atlético-MG 2 x 2 Tupi 2
07/02/2009 Mineiro F Atlético-MG 3 x 0 Social 2
11/02/2009 Mineiro C Atlético-MG 4 x 1 Uberaba 2
15/02/2009 Mineiro F Atlético-MG 1 x 2 Cruzeiro 1
18/02/2009 Copa do Brasil F Atlético-MG 5 x 0 Itabaiana-SE 1
21/02/2009 Mineiro C Atlético-MG 2 x 0 Rio Branco-MG 0
28/02/2009 Mineiro C Atlético-MG 4 x 0 Uberlândia 1
08/03/2009 Mineiro F Atlético-MG 3 x 1 Democrata GV 2
14/03/2009 Mineiro F Atlético-MG 1 x 0 Guarani 1
22/03/2009 Mineiro C Atlético-MG 2 x 1 Villa Nova-MG 0
25/03/2009 Mineiro F Atlético-MG 2 x 1 Ituiutaba não jogou
28/03/2009 Mineiro F Atlético-MG 1 x 0 Uberaba 0
08/04/2009 Mineiro C Atlético-MG 6 x 0 Uberaba 3
12/04/2009 Mineiro F Atlético-MG 2 x 0 Rio Branco-MG 1
15/04/2009 Copa do Brasil F Atlético-MG 2 x 2 Guaratinguetá 2
18/04/2009 Mineiro C Atlético-MG 1 x 0 Rio Branco-MG 1
23/04/2009 Copa do Brasil C Atlético-MG 2 x 0 Guaratinguetá 1
26/04/2009 Mineiro F Atlético-MG 0 x 5 Cruzeiro 0
29/04/2009 Copa do Brasil F Atlético-MG 0 x 3 Vitória 0
03/05/2009 Mineiro C Atlético-MG 1 x 1 Cruzeiro 0
06/05/2009 Copa do Brasil C Atlético-MG 3 x 0 Vitória 0
09/05/2009 Brasileiro F Atlético-MG 2 x 2 Avaí 0
16/05/2009 Brasileiro C Atlético-MG 2 x 1 Grêmio 1
24/05/2009 Brasileiro F Atlético-MG 3 x 2 Sport 0
30/05/2009 Brasileiro C Atlético-MG 0 x 0 Santo André 0
07/06/2009 Brasileiro F Atlético-MG 4 x 0 Atlético-PR 1
14/06/2009 Brasileiro C Atlético-MG 3 x 0 Náutico 1
20/06/2009 Brasileiro F Atlético-MG 3 x 2 Santos 1
27/06/2009 Brasileiro F Atlético-MG 2 x 4 Barueri 2
05/07/2009 Brasileiro C Atlético-MG 1 x 1 Botafogo 0
12/07/2009 Brasileiro F Atlético-MG 3 x 0 Cruzeiro 0
16/07/2009 Brasileiro C Atlético-MG 2 x 0 São Paulo 1
19/07/2009 Brasileiro F Atlético-MG 0 x 0 Vitória não jogou
23/07/2009 Brasileiro C Atlético-MG 2 x 1 Fluminense 1
26/07/2009 Brasileiro C Atlético-MG 0 x 1 Goiás 0
Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 9 de julho de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História, Sem categoria | 13:10

Ronaldo volta a marcar 3 gols em um jogo depois de 5 anos

Compartilhe: Twitter

O atacante Ronaldo voltou a ter uma grande exibição com a camisa do Corinthians. Ontem, o Fenômeno marcou 3 gols e deu a vitória sobre o Fluminense (4 x 2), pelo Brasileirão. Ao ser questionado se já havia feito isso muitas vezes, o craque rebateu: “sim, várias vezes”.

E é pura verdade. Ronaldo já marcou 3 ou mais gols em um único jogou em outras 22 oportunidades. Em duas delas, fez 4 gols. Em outra, fez 5, na histórica vitória do Cruzeiro sobre o Bahia por 6 x 0, no Mineirão, em 1993. Em um dos 5 gols, Ronaldo roubou a bola do experiente goleiro uruguaio Rodolfo Rodríguez, que simplesmente largou a bola enquanto reclamava contra a arbitragem.

Mas se já fez muitas vezes 3 ou mais gols, Ronaldo, porém, estava a muito tempo sem repetir essa marca. A última foi em 2004, nas Eliminatórias para a Copa do Mundo, quando o Fenômeno marcou 3 vezes de pênalti na vitória sobre a Argentina por 3 x 1, no Mineirão.

Confira abaixo todos os jogos em que o Fenômeno marcou 3 ou mais gols:

Data Resultado Competição Gols
05/10/1993 Cruzeiro 6 x 1 Colo Colo Supercopa Liberadores 3
07/11/1993 Cruzeiro 6 x 0 Bahia Brasileiro 5
28/11/1993 Cruzeiro 4 x 0 Flamengo-SAM Amistoso 4
13/02/1994 Cruzeiro 3 x 1 Júbilo Iwata Amistoso 3
06/03/1994 Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG Mineiro 3
24/04/1994 Cruzeiro 4 x 0 Uberlândia Mineiro 3
13/09/1994 PSV Eindhoven 4 x 5 Bayer Leverkusen Copa da UEFA 3
09/04/1995 PSV Eindhoven 4 x 0 Utrecht Holandês 3
21/05/1995 PSV Eindhoven 8 x 1 Elinkwijk Amistoso 3
26/09/1995 PSV Eindhoven 7 x 1 MyPa 47-FIN Copa da UEFA 4
18/11/1995 PSV Eindhoven 8 x 0 De Graafschap Holandês 3
16/10/1996 Brasil 3 x 1 Lituânia Amistoso 3
26/10/1996 Barcelona 3 x 2 Valencia Espanhol 3
23/02/1997 Barcelona 4 x 1 Real Zaragoza Espanhol 3
12/03/1997 Barcelona 5 x 4 Atlético de Madrid Copa do Rey 3
13/04/1997 Barcelona 5 x 2 Atlético de Madrid Espanhol 3
15/10/1997 Internazionale 3 x 0 Piacenza Italiano 3
21/12/1997 Brasil 6 x 0 Austrália Copa das Confederações 3
15/02/1998 Internazionale 5 x 0 Lecce Italiano 3
01/03/2003 Real Madrid 5 x 1 Alavés Espanhol 3
23/04/2003 Real Madrid 3 x 4 Manchester United Liga dos Campeões 3
02/06/2004 Brasil 3 x 1 Argentina Eliminatórias 3
08/07/2009 Corinthiansl 4 x 2 Fluminense Brasileiro 3
Autor: Tags: ,

domingo, 28 de junho de 2009 Artilheiros, Seleção Brasileira | 21:22

A excelente fase de Luís Fabiano na Seleção Brasileira

Compartilhe: Twitter

Desde que Adriano arrebentou na Copas das Confederações de 2005, a Seleção Brasileira não tinha mais um centroavante tão confiável e matador. Luís Fabiano, artilheiro e segundo melhor jogador da Copa das Confederações de 2009, mostrou em 2008 que poderia ser o titular da Seleção e, agora, comprovou sua excelente fase com a camisa 9 da Seleção Brasileira.

O Fabuloso foi artilheiro da competição com 5 gols (dois deles na final) e já é o artilheiro da era Dunga (desde agosto de 2006). Luís Fabiano tem agora 16 gols contra 15 de Robinho, 14 de Kaká e 6 de Elano, os maiores artilheiros e que estão jogando com Dunga desde o início. Artilheiro da Seleção em 2008, Luís Fabiano fez 16 gols desde que retornou à Seleção, no dia 18 de novembro de 2007, no jogo contra o Peru, pelas Eliminatórias. Dos últimos 23 jogos do Brasil, Luís Fabiano participou de 19, anotando 16 gols.

No geral, o atacante do Sevilla já soma 22 gols em 31 jogos com a camisa da Seleção Brasileira e já está na lista dos 25 maiores goleadores da Seleção em todos os tempos. Sua média de gols (0,71 por jogo), é uma das maiores da Seleção ao lado de Romário (0,75) e Pelé (0,83).

Veja a relação de jogos e gols de Luís Fabiano pela Seleção Brasileira.

Data Jogo Gols
11/06/2003 3 x 0 Nigéria 1
16/11/2003 1 x 1 Peru
19/11/2003 3 x 3 Uruguai
28/04/2004 4 x 1 Hungria 2
02/06/2004 3 x 1 Argentina
06/06/2004 1 x 1 Chile 1
08/07/2004 1 x 0 Chile 1
11/07/2004 4 x 1 Costa Rica
14/07/2004 1 x 2 Paraguai 1
18/07/2004 4 x 0 México
21/07/2004 1 x 1 Uruguai
25/07/2004 2 x 2 Argentina
21/11/2007 2 x 1 Uruguai 2
06/02/2008 1 x 0 Irlanda
26/03/2008 1 x 0 Suécia
31/05/2008 3 x 2 Canadá 1
06/06/2008 0 x 2 Venezuela
15/06/2008 0 x 2 Paraguai
18/06/2008 0 x 0 Argentina
07/09/2008 3 x 0 Chile 2
10/09/2008 0 x 0 Bolívia
19/11/2008 6 x 2 Portugal 3
29/03/2009 1 x 1 Equador
01/04/2009 3 x 0 Peru 2
06/06/2009 4 x 0 Uruguai 1
15/06/2009 4 x 3 Egito 1
18/06/2009 3 x 0 Estados Unidos
21/06/2009 3 x 0 Itália 2
25/06/2009 1 x 0 África do Sul
28/06/2009 3 x 2 Estados Unidos 2
Autor: Tags: , ,

sábado, 27 de junho de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 12:40

A ascendente trajetória do atacante Keirrison

Compartilhe: Twitter

Com apenas 20 anos, o atacante Keirrison tem uma carreira que segue o padrão desejado por qualquer atleta brasileiro. Revelado nas categorias de base de um clube pequeno, o CENE, do Mato Grosso do Sul, Keirrison chegou ao Coritiba e, em pouco tempo, alcançou números impressionantes.

Depois de estrear em 2006 e ficar quase um ano fora, por lesão, Keirrison teve duas temporadas sensacionais pelo Coxa. Em 2007, foi o artilheiro do clube no paranaense e na Série B do Brasileiro, onde ajudou o clube a subir para a primeira divisão. No final do ano, ainda foi convocado para disputar um amistoso pela seleção de craques do brasileirão. Em 2008, o K9 foi artilheiro e campeão paranaense no primeiro semestre. No Brasileirão da Série A, foi ainda artilheiro da competição ao lado de Kléber Pereira, do Santos, e Washington, do Fluminense. No geral, Keirrison disputou 122 jogos pelo Coritiba e marcou 65 gols (média de 0,53 por partida).

Em alta, Keirrison chegou ao Palmeiras no início de 2009 e, rapidamente, caiu nas graças da torcida com muitos gols. Nos primeiros 14 jogos, fez 16 gols e logo passou a ser alvo dos grandes clubes europeus. Pouco depois, porém, acabou em baixa com os torcedores, assim como o restante do elenco, após as eliminações do Paulistão e da Libertadores. Em apenas 5 meses de Palmeiras, Keirrison anotou 24 gols em 35 partidas (média de 0,69 por jogo). Negociado com o Barcelona-ESP, Keirrison deixa o país como um dos maiores artilheiros do Brasil em 2009, ao lado de Taison, do Inter, e Diego Tardelli, do Atlético-MG.

Confira abaixo todos os jogos e gols de Keirrison.

Jogos
Data
Clube
Placar
Adversário Gols
1
25/01/2006
Coritiba 0
x
1
Londrina 0
2
29/01/2006
Coritiba 1
x
1
Roma 0
3
02/02/2006
Coritiba 2
x
0
ADAP 1
4
05/02/2006
Coritiba 2
x
0
Toledo 1
5
09/02/2006
Coritiba 3
x
1
União 1
6
17/02/2006
Coritiba 2
x
1
Paranavai 0
7
25/01/2007
Coritiba 0
x
1
Cianorte 0
8
28/01/2007
Coritiba 2
x
2
Nacional-PR 0
9
31/01/2007
Coritiba 3
x
0
Cascavel 1
10
04/02/2007
Coritiba 3
x
2
Paraná 0
11
07/02/2007
Coritiba 2
x
4
ADAP 1
12
11/02/2007
Coritiba 2
x
2
Atlético-PR 0
13
14/02/2007
Coritiba 1
x
2
Caxias 0
14
18/02/2007
Coritiba 2
x
2
Iguaçu 0
15
21/02/2007
Coritiba 4
x
1
Caxias 0
16
24/02/2007
Coritiba 2
x
1
Portuguesa-PR 0
17
28/02/2007
Coritiba 2
x
1
Londrina 0
18
03/03/2007
Coritiba 2
x
0
Iraty 0
19
07/03/2007
Coritiba 2
x
2
Paranavaí 1
20
11/03/2007
Coritiba 7
x
2
Roma 3
21
18/03/2007
Coritiba 2
x
2
Paraná 1
22
21/03/2007
Coritiba 2
x
2
Ulbra 0
23
25/03/2007
Coritiba 2
x
1
Cascavel 0
24
28/03/2007
Coritiba 1
x
0
ADAP 0
25
01/04/2007
Coritiba 1
x
1
ADAP 0
26
04/04/2007
Coritiba 1
x
0
Ulbra 0
27
12/04/2007
Coritiba 3
x
1
Paraná 1
28
15/04/2007
Coritiba 2
x
3
Paranavaí 1
29
19/04/2007
Coritiba 0
x
1
Botafogo 0
30
22/04/2007
Coritiba 1
x
1
Paranavaí 0
31
25/04/2007
Coritiba 3
x
3
Botafogo 0
32
12/05/2007
Coritiba 3
x
1
Paulista 0
33
19/05/2007
Coritiba 0
x
1
Gama 0
34
25/05/2007
Coritiba 1
x
0
Iuano 1
35
02/06/2007
Coritiba 0
x
1
São Caetano 0
36
08/06/2007
Coritiba 2
x
1
Remo 1
37
15/06/2007
Coritiba 2
x
1
Brasiliense 0
38
23/06/2007
Coritiba 2
x
2
Ceará 0
39
26/06/2007
Coritiba 0
x
1
Ipatinga 0
40
29/06/2007
Coritiba 1
x
0
Fortaleza 0
41
10/07/2007
Coritiba 1
x
3
Criciúma 0
42
14/07/2007
Coritiba 0
x
0
Santo André 0
43
24/07/2007
Coritiba 2
x
1
Ponte Preta 1
44
28/07/2007
Coritiba 1
x
3
Vitória 1
45
31/07/2007
Coritiba 1
x
0
Avaí 1
46
07/08/2007
Coritiba 1
x
3
Portuguesa-SP 0
47
11/08/2007
Coritiba 2
x
0
Marília 0
48
18/08/2007
Coritiba 2
x
0
Santa Cruz 0
49
25/08/2007
Coritiba 2
x
3
Paulista 0
50
28/08/2007
Coritiba 1
x
1
Gama 0
51
08/09/2007
Coritiba 2
x
1
Remo 1
52
15/07/2007
Coritiba 1
x
0
Brasiliense 0
53
22/07/2007
Coritiba 2
x
0
Ceará 1
54
28/09/2007
Coritiba 1
x
0
Ipatinga 0
55
02/10/2007
Coritiba 1
x
4
Fortaleza 1
56
12/10/2007
Coritiba 1
x
0
Criciúma 1
57
20/10/2007
Coritiba 2
x
1
Santo André 0
58
27/10/2007
Coritiba 1
x
0
Barueri 0
59
30/10/2007
Coritiba 1
x
1
Ponte Preta 0
60
03/11/2007
Coritiba 2
x
2
Vitória 0
61
10/11/2007
Coritiba 0
x
1
Avaí 0
62
13/11/2007
Coritiba 2
x
0
Portuguesa 2
63
17/11/2007
Coritiba 2
x
3
Marilia 0
64
24/11/2007
Coritiba 3
x
2
Santa Cruz 1
65
09/12/2007
Seleção do Brasileirão 3
x
0
Seleção Olímpica 0
66
13/01/2008
Coritiba 2
x
1
ADAP 1
67
16/01/2008
Coritiba 2
x
0
Portuguesa-PR 0
68
20/01/2008
Coritiba 0
x
2
Atlético-PR 0
69
23/01/2008
Coritiba 4
x
0
Real Brasil 2
70
27/01/2008
Coritiba 0
x
0
Rio Branco 0
71
30/01/2008
Coritiba 1
x
3
J. Malucelli 0
72
03/02/2008
Coritiba 2
x
1
Paranavaí 0
73
09/02/2008
Coritiba 0
x
1
Paraná 0
74
17/02/2008
Coritiba 1
x
0
Cianorte 0
75
20/02/2008
Coritiba 4
x
0
Engenheiro Beltrão 1
76
23/02/2008
Coritiba 6
x
0
Toledo 2
77
27/02/2008
Coritiba 6
x
0
Tuna Luso 2
78
02/03/2008
Coritiba 1
x
0
Cascavel 1
79
05/03/2008
Coritiba 2
x
0
Londrina 1
80
09/03/2008
Coritiba 2
x
0
Iguaçu 2
81
12/03/2008
Coritiba 2
x
2
ADAP 1
82
16/03/2008
Coritiba 2
x
0
J. Malucelli 1
83
23/03/2008
Coritiba 0
x
1
Toledo 0
84
26/03/2008
Coritiba 2
x
3
J. Malucelli 0
85
30/03/2008
Coritiba 1
x
0
ADAP 0
86
02/04/2008
Coritiba 0
x
1
São Caetano 0
87
06/04/2008
Coritiba 2
x
0
Toledo 2
88
09/04/2008
Coritiba 0
x
0
São Caetano 0
89
13/04/2008
Coritiba 1
x
0
Paraná 1
90
20/04/2008
Coritiba 2
x
0
Paraná 2
91
27/04/2008
Coritiba 2
x
0
Atletico-PR 1
92
04/05/2008
Coritiba 1
x
2
Atletico-PR 0
93
11/05/2008
Coritiba 2
x
0
Palmeiras 0
94
06/07/2008
Coritiba 0
x
3
Internacional 0
95
09/07/2008
Coritiba 4
x
0
Portuguesa-SP 1
96
12/07/2008
Coritiba 2
x
2
Goiás 1
97
17/07/2008
Coritiba 1
x
0
Flamengo 0
98
20/07/2008
Coritiba 2
x
3
Atlético-MG 1
99
23/07/2008
Coritiba 1
x
0
Ipatinga 0
100
26/07/2008
Coritiba 2
x
1
Náutico 1
101
31/07/2008
Coritiba 0
x
1
Grêmio 0
102
03/08/2008
Coritiba 3
x
1
Santos 3
103
06/08/2008
Coritiba 2
x
0
Vasco 1
104
10/08/2008
Coritiba 3
x
0
Sport 2
105
17/08/2008
Coritiba 0
x
1
Palmeiras 0
106
20/08/2008
Coritiba 3
x
0
Figueirense 1
107
23/08/2008
Coritiba 2
x
2
São Paulo 1
108
31/08/2008
Coritiba 1
x
1
Cruzeiro 0
109
06/09/2008
Coritiba 0
x
1
Botafogo 0
110
14/09/2008
Coritiba 0
x
1
Vitória 0
111
20/09/2008
Coritiba 3
x
2
Fluminense 2
112
28/09/2008
Coritiba 1
x
1
Atletico-PR 0
113
04/10/2008
Coritiba 4
x
2
Internacional 2
114
11/10/2008
Coritiba 0
x
0
Portuguesa 0
115
19/10/2008
Coritiba 0
x
0
Goiás 0
116
23/10/2008
Coritiba 0
x
5
Flamengo 0
117
29/10/2008
Coritiba 2
x
1
Atlético-MG 0
118
01/11/2008
Coritiba 0
x
2
Ipatinga 0
119
09/11/2008
Coritiba 0
x
0
Náutico 0
120
16/11/2008
Coritiba 1
x
2
Grêmio 0
121
23/11/2008
Coritiba 5
x
1
Santos 4
122
30/11/2008
Coritiba 0
x
2
Vasco 0
123
07/12/2008
Coritiba 3
x
4
Sport 1
124
24/01/2009
Palmeiras 3
x
0
Mogi Mirim 2
125
27/01/2009
Palmeiras 3
x
0
Marília 0
126
29/01/2009
Palmeiras 5
x
1
Real Potosí-BOL 2
127
04/02/2009
Palmeiras 2
x
0
Real Potosí-BOL 1
128
08/02/2009
Palmeiras 4
x
1
Santos 2
129
11/02/2009
Palmeiras 3
x
2
Mirassol 1
130
17/02/2009
Palmeiras 2
x
3
LDU Quito-EQU 0
131
21/02/2009
Palmeiras 2
x
2
Portuguesa 2
132
25/02/2009
Palmeiras 4
x
3
São Caetano 2
133
03/03/2009
Palmeiras 1
x
3
Colo Colo-CHI 1
134
08/03/2009
Palmeiras 1
x
1
Corinthians 0
135
11/03/2009
Palmeiras 1
x
1
Ituano 0
136
14/03/2009
Palmeiras 3
x
0
Barueri 1
137
17/03/2009
Palmeiras 2
x
0
Noroeste 2
138
24/03/2009
Palmeiras 2
x
1
Bragantino 0
139
28/03/2009
Palmeiras 0
x
1
São Paulo 0
140
31/03/2009
Palmeiras 1
x
1
Oeste 0
141
05/04/2009
Palmeiras 2
x
1
Botafogo-SP 0
142
08/04/2009
Palmeiras 2
x
0
Sport 1
143
11/04/2009
Palmeiras 1
x
2
Santos 1
144
15/04/2009
Palmeiras 1
x
1
Sport 1
145
18/04/2009
Palmeiras 1
x
2
Santos 0
146
21/04/2009
Palmeiras 2
x
0
LDU Quito-EQU 0
147
29/04/2009
Palmeiras 1
x
0
Colo Colo-CHI 0
148
05/05/2009
Palmeiras 1
x
0
Sport 0
149
09/05/2009
Palmeiras 2
x
1
Coritiba 1
150
12/05/2009
Palmeiras 0
x
1
Sport 0
151
17/05/2009
Palmeiras 0
x
2
Internacional 0
152
24/05/2009
Palmeiras 0
x
0
São Paulo 0
153
28/05/2009
Palmeiras 1
x
1
Nacional-URU 0
154
31/05/2009
Palmeiras 2
x
2
Barueri 1
155
07/06/2009
Palmeiras 2
x
1
Vitória 0
156
14/06/2009
Palmeiras 3
x
1
Cruzeiro 2
157
17/06/2009
Palmeiras 0
x
0
Nacional-URU 0
158
20/06/2009
Palmeiras 2
x
2
Atlético-PR 1
Autor: Tags: , ,

terça-feira, 16 de junho de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 12:06

Os maiores jejuns de gols de Ronaldo

Compartilhe: Twitter

Ronaldo

O atacante Ronaldo está sem marca um gol há 5 jogos. É o seu maior jejum pelo Corinthians. Mas essa fase não é inédita na carreira do Fenômeno. Ronaldo, aliás, já passou por um jejum maior de gols. Até hoje, o recorde é de 8 jogos sem balançar as redes, em 2004, pelo Real Madrid e Seleção Brasileira.

Confira abaixo os maiores jejuns de gols de Ronaldo na carreira:

8 jogos (2004)
31/03 – Brasil 0 x 0 Paraguai (Eliminatórias)
03/04 – Real Madrid 2 x 1 Albacete (Campeonato Espanhol)
06/04 – Real Madrid 1 x 3 Monaco-FRA (Liga dos Campeões)
11/04 – Real Madrid 0 x 3 Osasuna (Campeonato Espanhol)
01/05 – Real Madrid 0 x 2 La Coruña (Campeonato Espanhol)
08/05 – Real Madrid 2 x 3 Mallorca (Campeonato Espanhol)
20/05 – Brasil 0 x 0 França (Amistoso)
23/05 – Real Madrid 1 x 4 Real Sociedad (Campeonato Espanhol)

7 jogos (2004)
08/09 – Brasil 1 x 1 Alemanha (Amistoso)
11/09 – Real Madrid 1 x 0 Numancia (Campeonato Espanhol)
15/09 – Real Madrid 0 x 3 Bayer Leverkusen-ALE (Liga dos Campeões)
18/09 – Real Madrid 0 x 1 Espanyol (Campeonato Espanhol)
21/09 – Real Madrid 1 x 0 Osasuna (Campeonato Espanhol)
25/09 – Real Madrid 1 x 2 Athletic Bilbao (Campeonato Espanhol)
28/09 – Real Madrid 4 x 2 Roma-ITA (Liga dos Campeões)

7 jogos (2005)
19/01 – Real Madrid 1 x 1 Valladolid (Campeonato Espanhol)
23/01 – Real Madrid 3 x 1 Mallorca (Campeonato Espanhol)
05/02 – Real Madrid 4 x 0 Espanyol (Campeonato Espanhol)
13/02 – Real Madrid 2 x 1 Osasuna (Campeonato Espanhol)
19/02 – Real Madrid 0 x 2 Atheltic Bilbao (Campeonato Espanhol)
22/02 – Real Madrid 1 x 0 Juventus-ITA
02/03 – Real Madrid 3 x 1 Betis (Campeonato Espanhol)

7 jogos (2006)
01/07 – Brasil 0 x 1 França (Copa do Mundo)
26/09 – Real Madrid 5 x 1 Dinamo Kiev-UCR (Liga dos Campeões)
01/10 – Real Madrid 1 x 1 Atlético de Madri (Campeonato Espanhol)
14/10 – Real Madrid 0 x 1 Getafe (Campeonato Espanhol)
17/10 – Real Madrid 4 x 1 Steaua Bucareste-ROM (Liga dos Campeões)
25/10 – Real Madrid 1 x 1 Écija (Copa do Rei)
01/11 – Real Madrid 1 x 0 Steaua Bucareste-ROM (Liga dos Campeões)

6 jogos (1998)
04/01 – Internazionale 1 x 0 Juventus (Campeonato Italiano)
08/01 – Internazionale 0 x 5 Milan (Copa da Itália)
11/01 – Internazionale 1 x 0 Piacenza Campeonato Italiano)
18/01 – Internazionale 0 x 1 Bari (Campeonato Italiano)
21/01 – Internazionale 1 x 0 Milan (Copa da Itália)
25/01 – Internazionale 1 x 1 Empoli (Campeonato Italiano)

6 jogos (2001)
20/09 – Internazionale 3 x 0 Brasov-ROM (Copa da Uefa)
27/09 – Internazionale 3 x 0 Brasov-ROM (Copa da Uefa)
04/11 – Internazionale 2 x 0 Lecce (Campeonato Italiano)
25/11 – Internazionale 2 x 0 Fiorentina (Campeonato Italiano)
29/11 – Internazionale 2 x 2 Udinese (Copa da Itália)
06/12 – Internazionale 4 x 1 Ipswich Town-ING (Copa da Uefa)

6 jogos (2002)
08/10 – Real Madrid 1 x 1 Betis (Campeonato Espanhol)
20/10 – Real Madrid 0 x 2 Racing Santander (Campeonato Espanhol)
22/10 – Real Madrid 2 x 2 AEK Atenas-GRE (Liga dos Campeões)
26/10 – Real Madrid 1 x 1 Villarreal (Campeonato Espanhol)
30/10 – Real Madrid 0 x 1 Roma-ITA (Liga dos Campeões)
02/11 – Real Madrid 0 x 0 La Coruña (Campeonato Espanhol)

6 jogos (2005)
09/03 – Real Madrid 0 x 2 Juventus-ITA (Liga dos Campeões)
13/03 – Real Madrid 1 x 2 Getafe (Campeonato Espanhol)
20/03 – Real Madrid 1 x 0 Málaga (Campeonato Espanhol)
27/03 – Brasil 1 x 0 Peru (Eliminatórias)
30/03 – Brasil 1 x 1 Uruguai (Eliminatórias)
03/04 – Real Madrid 2 x 1 Albacete (Campeonato Espanhol)

5 jogos (1995/96)
02/12 – PSV Eindhoven 1 x 2 Sparta (Campeonato Holandês)
05/12 – PSV Eindhoven 0 x 0 Werder Bremen (Copa da Uefa)
17/02 – PSV Eindhoven 8 x 2 Telstar (Amistoso)
28/04 – PSV Eindhoven 1 x 2 Sparta (Campeonato Holandês)
02/05 – PSV Eindhoven 3 x 1 Roda JC (Copa da Holanda)

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 8 de junho de 2009 Artilheiros, Estatísticas | 14:04

Kléber Gladiador: culpado ou inocente?

Compartilhe: Twitter

Desde que voltou ao Brasil, no início de 2008, o atacante Kléber mostrou um futebol de muita raça, vontade e luta dentro de campo. Essa energia lhe rendeu o apelido de Gladiador. Para os fãs do jogador, essas características o tornam um ótimo atleta, que passa sempre muita garra à equipe. Àqueles que não simpatizam muito com o atacante, porém, sua disposição em campo o torna um jogador violento e desleal. Mas compreender Kléber e sua disciplina não é simples. Em campo, sempre tem um jogador adversários dando botindas e trocando farpas com ele. E isso acontece em quase todos os jogos. Será que Kléber bate e provoca tanto a ponto do adversário perder a cabeça? Ou realmente ele é perseguido pelos árbitros e por jogadores rivais?

Ontem, no jogo contra o Internacional, Kléber recebeu o terceiro cartão vermelho na temporada. Ele já é o jogador da Raposa que mais vezes foi expulso em 2009. Kléber não tomava um vermelho desde o dia 4 de março. Depois de ser expulso na estreia (contra o Estudiantes, no dia 19/2), Kleber levou seu segundo vermelho pelo Cruzeiro em seu quarto jogo. Depois disso, levou uma dura da diretoria e também uma punição (teve parte do salário descontado). Assim, ficou 17 jogos sem receber um novo cartão vermelho.

Em 2009, pelo Cruzeiro, Kléber levou 3 vermelhos e 7 amarelos. Pelo Palmeiras, em 2008, o Gladiador levou 3 cartões vermelhos e 17 amarelos em 47 jogos. O jogador, que se acha perseguido pela arbitragem, foi expulso por seis árbitros diferentes. Nessas seis expulsões, os motivos também foram variados. No Palmeiras, foi expulso duas vezes por faltas violentas e outra por reclamação. Pelo Cruzeiro, o atacante foi expulso por tirar a camisa (segundo amarelo) e por entrar em confusão com jogadores adversários.

Expulsões pelo Cruzeiro
7/6/2009 – Campeonato Brasileiro
Cruzeiro 1 x 1 Internacional
Juiz: Antônio Hora Filho (SE)
Motivo: Brigou com o goleiro Lauro, do Inter
Tempo da expulsão: 19/1

4/3/2009 – Copa Libertadores
Universitário de Sucre (BOL) 0 x 1 Cruzeiro
Juiz: Roberto Silvera (URU)
Motivo: Brigou com Ribera, do Univ. de Sucre
Tempo da expulsão: 23/2

19/2/2009 – Copa Libertadores
Cruzeiro 3 x 0 Estudiantes (ARG)
Juiz: Carlos Amarilla (PAR)
Motivo: Tirou a camisa e levou o segundo amarelo
Tempo da expulsão: 29/2


Expulsões pelo Palmeiras

20/7/2008 – Campeonato Brasileiro
Goiás 3 x 2 Palmeiras
Juiz: Alício Pena Júnior (MG)
Motivo: Falta violenta em Rafael Marques
Tempo da expulsão: 18/2

29/6/2008 – Campeonato Brasileiro
Palmeiras 2 x 0 Náutico
Juiz: Djalma Beltrami (RJ)
Motivo: Reclamação
Tempo da expulsão: 35/2

1/6/2008 – Campeonato Brasileiro
Palmeiras1 x 0 Atlético-PR
Juiz: Giuliano Bozzano (DF)
Motivo: Carrinho por trás em Valencia
Tempo da expulsão: 44/2

Nessa temporada, Kléber foi o jogador que mais apanhou no Campeonato Mineiro*. O atacante sofreu 67 faltas, média de 5,58 por jogo. O segundo atleta que mais sofreu faltas foi Éder Luís, do Atlético-MG (50, média de 3,13 por partida). Na Libertadores, onde foi expulso duas vezes, Kléber sofreu 22 faltas (média de 3,67 por jogo). O meia Souza, do Grêmio, o que mais apanhou, sofreu 34 faltas (média de 3,78). Já no Brasileirão, até a 5ª rodada, Kléber é o quarto jogador que mais com mais faltas sofridas. Foram 22 (média de 5,50 por jogo). Muriqui, do Avaí, é o que mais recebeu faltas (28, média de 5,60). Só contra o São Paulo, na penúltima rodada, Kléber sofreu 14 faltas, o que acabou ocasionando uma punição ao árbitro Evandro Rogério Roman, que deixou de marcar algumas delas e ainda não puniu os são-paulinos com cartões.

Kléber, por outro lado, também bateu bastante. No Campeonato Mineiro, fora 29 faltas, média de 2,42 por jogo. Ele foi o 4º jogador que mais fez faltas no estadual. Na Libertadores, é o atleta do Cruzeiro que também mais cometeu faltas. Foram 18 em 6 jogos (média de 3 por partida). Kléber, no entanto, tem compensado essa questão disciplinar com gols. No Cruzeiro, em 2009, sua média é de quase um por partida. Resta saber se na reta final da Libertadores o jogador irá manter o equilíbrio. No Brasileiro, contra o Palmeiras, na próxima rodada, a Raposa já não poderá contar com ele.

Resumo Palmeiras (2008) Cruzeiro (2009) Total
Jogos 47 22 69
Gols 15 19 34
Amarelos 15 7 22
Vermelhos 3 3 6

* Fonte: Footstats

Autor: Tags: ,

domingo, 31 de maio de 2009 Artilheiros, Campeões, Estatísticas, História, Sem categoria | 20:07

Todos os campeões europeus da temporada 2008/09

Compartilhe: Twitter

Enquanto a bola rola aqui no Brasil no início do Brasileirão, vários Campeonatos Europeus já estão finalizados. Dos 53 países filiados à UEFA (União Européia de Futebol Associados), 39 já conheceram seus campeões. Dos 14 países com campeonatos em andamento, em sua maioria, ainda estão no começo e devem terminar em dezembro. Esses países, como Rússia, Noruega e Suécia, seguem um calendário diferenciado do padrão europeu (de setembro a maio) devido ao forte inverno.

Entre os 39 campeões da temporada 2008/09, quatro levantaram a taça pela primeira vez (Wolfsburg-ALE, Makedonija Skopje-MAC, Mogren-MON e Unirea Urziceni-ROM). Já nove clubes ganharam, além do Campeonato Nacional, a Copa de seu país (Barcelona-ESP, Porto-POR, Dinamo Zagreb-CRO, Copenhagem-DIN, Glasgow Rangers-ESC, Olympiakos-GRE, Sheriff Tiraspol-MOL, Partizan-SER e Besiktas-TUR).

Ainda desses 39 campeões, quase metade (18), tiveram jogadores brasileiros em seus elencos. Confira abaixo quem ganhou o campeonato em cada um dos países da Uefa, quem foi o vice, os artilheiros, os brasileiros que foram campeões e também os vencedores das Copas Nacionais.

PRINCIPAIS CAMPEONATOS

ALEMANHAWolfsburg
Campeão: Wolfsburg (1º título)
Vice:
Bayern Munique
Brasileiros campeões:
Rodrigo Alvim (zagueiro), Josué (volante) e Caiuby e Grafite (atacantes)
Artilheiro:
Grafite (Wolfsburg), 28 gols
Campeão da Copa:
Werder Bremen
_______________________________________________________________________________________
ESPANHA

Barcelona Campeão: Barcelona (19º título)
Vice:
Real Madrid
Brasileiros campeões:
Daniel Alves (lateral-direito) e Silvinho (lateral-esquerdo)
Artilheiro:
Diego Forlán (Atlético de Madri), 31 gols
Campeão da Copa:
Barcelona
_______________________________________________________________________________________
FRANÇA

franca Campeão: Bordeuax (6º título)
Vice: Olympique de Marselha
Brasileiros campeões: Henrique (zagueiro), Fernando (volante), Wendel (meia) e Jussiê (atacante)
Artilheiro: André-Pierre Gignac (Toulouse), 24 gols
Campeão da Copa:
Guingamp
_______________________________________________________________________________________
HOLANDA
Campeão: AZ (2º título)
Vice:
Twente
Brasileiro campeão:
Ari (atacante)
Artilheiro: El Hamdaoui (SK Tirana), 21 gols
Campeão da Copa: Heerenveen
_______________________________________________________________________________________
INGLATERRA

inglaterraCampeão: Manchester United (18º título)
Vice: Liverpool
Brasileiros campeões: Rafael (lateral-direito), Rodrigo Possebon (volante) e Ânderson (volante)
Artilheiro: Nicolas Anelka (Chelsea), 19 gols
Campeão da Copa: Chelsea
_______________________________________________________________________________________
ITÁLIA

Campeão: Internazionale (17º título)
Vice: Milan
Brasileiros campeões: Júlio César (goleiro), Maicon (lateral-direito), Maxwell (lateral-esquerdo), Mancini (meia) e Adriano (atacante)
Artilheiros: Zlatan MIbrahimovic (Internazionale), 25 gols
Campeão da Copa: Lazio
_______________________________________________________________________________________
PORTUGAL
Campeão: Porto (27º título)
Vice: Sporting
Brasileiros campeões: Helton (goleiro), Fernando (volante) e Hulk (atacante)
Artilheiro: Nenê (Nacional), 20 gols
Campeão da Copa: Porto

_______________________________________________________________________________________

DEMAIS CAMPEONATOS

ALBÂNIASK Tirana
Campeão: SK Tirana
(24º título)
Vice:
Vllaznia Shkodër
Brasileiros campeões:

Artilheiro:
Migen Memelli (SK Tirana), 21 gols
Campeão da Copa:
Flamurtari Vlorë
_______________________________________________________________________________________
ANDORRA

Campeão: Sant Juliá
(2º título)
Vice:
Santa Coloma
Brasileiros campeões:

Campeão da Copa:
Santa Coloma
_______________________________________________________________________________________
ÁUSTRIA

Campeão: Red Bull Salzburg
(5º título)
Vice:
Rapid Viena
Brasileiros campeões:

Artilheiro:
Marc Janko (Red Bull Salzburg), 39 gols
Campeão da Copa:
Áustria Viena
_______________________________________________________________________________________
AZERBAIJÃO
Campeão: FK B
aki (2º título)
Vice:
Inter Baki
Brasileiros campeões:

Artilheiro:
Walter Guglielmone (Inter Baki), 17 gols
Campeão da Copa:
Qarabag Adgam
_______________________________________________________________________________________
BÉLGICA
Campeão: Standard Liege (10º título)
Vice:
Anderlecht
Brasileiros campeões:
Camozzatto (lateral-direito), Digão (zagueiro) e Da Silva e Camargo (meias)
Artilheiro:
Ruiz Alfonso (Westerlo), 17 gols
Campeão da Copa:
Genk
_______________________________________________________________________________________
BÓSNIA-HERZEGOVINA
Campeão: Zrinjski (2º título)
Vice:
FK Slavija
Brasileiros campeões: –

Campeão da Copa:
Slavija Sarajevo
_______________________________________________________________________________________
CHIPRE
Campeão: APOEL Nicósia (20º título)
Vice: Omonia Nicósia
Brasileiro campeão:
Jean Paulista
Artilheiro:
Serjão (Doxa Katokopia), 24 gols
Campeão da Copa:
APOP Kinyras
_______________________________________________________________________________________
CROÁCIA
Campeão: Dinamo Zagreb
(11º título)
Vice:
Hajduk Split
Brasileiros campeões:
Etto (lateral-direito) e Sammir (meia)
Artilheiros:
Nikola Kalinic (Hajduk Split), Mario Mandazukic (Dinamo Zagreb) e Anas Sharbini (HNK Rijeka), 15 gols cada
Campeão da Copa:
Dinamo Zagreb
_______________________________________________________________________________________
DINAMARCA
Campeão:
Copenhagem (7º título)
Vice:
OB
Brasileiros campeões:
Aílton e César Santin (atacantes)
Artilheiros:
Moren Nordstrand (Copenhagem) e Marc Nygaard (Randers), 16 gols cada
Campeão da Copa:
Copenhagem
_______________________________________________________________________________________
ESCÓCIA
Campeão: Glasgow Rangers (52º título)
Vice:
Celtic
Brasileiros campeões:

Artilheiro:
Kris Boyd (Glasgow Rangers), 27 gols
Campeão da Copa:
Glasgow Rangers
_______________________________________________________________________________________
ESLOVÁQUIA
Campeão: Slovan Bratislava (9º título)
Vice:
Zilina
Brasileiros campeões:
Pires (zagueiro) e Rogério Gaúcho (atacante)
Artilheiro:
Pavol Masaryk (Slovan Bratislava), 12 gols
Campeão da Copa:
Kosice
_______________________________________________________________________________________
ESLOVÊNIA
Campeão: Maribor (8º título)
Vice:
HIT Gorica
Brasileiro campeão:
Marcos Magno (atacante)
Artilheiro:
Velikonja Etien (HIT Gorica), 17 gols
Campeão da Copa:
Interblock
_______________________________________________________________________________________
GEÓRGIA
Campeão: WIT Georgia Tbilisi (2º título)
Vice:
Dinamo Tbilisi
Brasileiros campeões: –

Campeão da Copa: Dinamo Tbilisi
_______________________________________________________________________________________
GRÉCIA
Campeão: Olympiakos (37º título)
Vice:
PAOK Thessaloniki
Brasileiros campeões:
Leonardo (lateral-esquerdo), Dudu Cearense (volante) e Diogo (meia)
Artilheiro:
Ismael Blanco (AEK Atenas), 17 gols
Campeão da Copa:
Olympiakos
_______________________________________________________________________________________
HUNGRIA
Campeão: Debreceni (4º título)
Vice:
Ujpest
Brasileiros campeões:
Leandro (zagueiro), Lucas (meia) e Galvão (atacante)
Artilheiro:
Péter Bajzat (Gyor), 20 gols
Campeão da Copa:
Honved
_______________________________________________________________________________________
IRLANDA DO NORTE
Campeão: Glentoran (23º título)
Vice:
Linfield
Brasileiros campeões: –

Artilheiro:
Chris Scannell (Cliftonville), 17 gols
Campeão da Copa:
Crusaders
_______________________________________________________________________________________
ISRAEL
Campeão: Maccabi Haifa (11º título)
Vice:
Hapoel Tel-Aviv
Brasileiro campeão:
Gusatvo Boccoli (meia)
Artilheiros:
Itzhaki Barak (Beitar Jerusalém), 14 gols
Campeão da Copa:
Beitar Jerusalém
_______________________________________________________________________________________
LIECHTENSTEIN
Campeão da Copa*: Vaduz (38º título)
Vice:
Eschen/Mauren
Brasileiros campeões: –

*
Não há campeonato nacional.
_______________________________________________________________________________________
LUXEMBURGO
Campeão: Dudelange (10º título)
Vice:
Differdange
Brasileiros campeões: –

Artilheiro: Pierre Piskor (Differdange), 26 gols
Campeão da Copa: Dudelange
_______________________________________________________________________________________
MACEDÔNIA
Campeão: Makedonija Skopje (1º título)
Vice:
Renova
Brasileiros campeões: César de Brito (atacante)
Campeão da Copa: Rabotnicki Skopje
_______________________________________________________________________________________
MALTA
Campeão: Hibernians (10º título)
Vice:
Valetta
Brasileiros campeões: –

Artilheiro: Daniel Bueno (Tarxien Rainbows), 27 gols
Campeão da Copa: Sliema
_______________________________________________________________________________________
MOLDÁVIA
Campeão: Sheriff Tiraspol (9º título)
Vice:
Dacia Chisinau
Brasileiros campeões:
Sérgio da Costa e Nadson (zagueiros) e Fred (volante)
Artilheiro: Oleg Andronik (Zimbru Chisinau), 16 gols
Campeão da Copa: Sheriff Tiraspol
_______________________________________________________________________________________
MONTENEGRO
Campeão: Mogren (1º título)
Vice:
Buducnost
Brasileiros campeões:

Campeão da Copa: Petrovac
_______________________________________________________________________________________
PAÍS DE GALES
Campeão: Rhyl (2º título)
Vice:
Llanelli
Brasileiros campeões:

Artilheiro:
Rhys Griffiths (Llanelli), 31 gols
Campeão da Copa:
Bangor City
_______________________________________________________________________________________
POLÔNIA
Campeão: Wisla Cracóvia (12º título)
Vice:
Légia Varsóvia
Brasileiros campeões:
Marcelo (zagueiro) e Beto (lateral-esquerdo)
Artilheiros:
Pawel Brozek (Wisla Cracóvia) e Takesure Chinyama (Légia Varsóvia), 19 gols cada
Campeão da Copa:
Lech Poznan
_______________________________________________________________________________________
REPÚBLICA TCHECA
Campeão: Slavia Praga (7º título)
Vice:
Sparta Praga
Brasileiros campeões: –

Artilheiros:
Andrej Keric (Slovan Liberec), 15 gols
Campeão da Copa:
Teplice
_______________________________________________________________________________________
ROMÊNIA
Campeão: Unirea Urziceni (1º título)
Vice:
Dinamo Bucareste
Brasileiro campeão:
Ricardo (lateral-esquerdo)
Artilheiros:
Florin Costea (Universitatae), 16 gols
Campeão da Copa:
Timisora ou Cluj (final será no dia 13 de junho)
_______________________________________________________________________________________
SAN MARINO
Campeão: Tre Fiori (5º título)
Vice:
Juvenes-Dogana
Brasileiros campeões: –

Campeão da Copa: Juvenes-Dagona
_______________________________________________________________________________________
SÉRVIA
Campeão: Partizan (10º título)
Vice:
Vojvodina Novi Sad
Brasileiros campeões:
Juca (volante) e Da Silva (atacante)
Artilheiros:
Lamine Diarra (Partizan), 19 gols
Campeão da Copa:
Partizan
_______________________________________________________________________________________
SUÍÇA
Campeão: FC Zurich (12º título)
Vice:
FC Basel
Brasileiros campeões: –

Artilheiro:
Seydou Doumbia (Young Boys), 20 gols
Campeão da Copa:
Sion
_______________________________________________________________________________________
TURQUIA
Campeão: Besiktas (11º título)
Vice:
Sivasspor
Brasileiros campeões:
Bobô e Márcio Nobre (atacantes)
Artilheiro:
Milan Baros (Galatasaray), 20 gols
Campeão da Copa:
Besiktas
_______________________________________________________________________________________
UCRÂNIA
Campeão: Dinamo Kiev (13º título)
Vice:
Shakhtar Donetsk
Brasileiros campeões:
Betão (zagueiro), Corrêa (volante) e Guilherme (atacante)
Artilheiro:
Kovpak (Tavrija), 17 gols
Campeão da Copa:
Vorskla Poltava


PAÍSES COM CAMPEONATOS EM ANDAMENTO (14)

ARMÊNIA, BELARUS, BULGÁRIA, CAZAQUISTÃO, ESTÔNIA, FINLÂNDIA, ILHAS FAROE, IRLANDA, ISLÂNDIA, LETÔNIA, LITUÂNIA, NORUEGA, RÚSSIA e SUÉCIA

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 25 de maio de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 17:58

Taison e Nilmar, a melhor dupla de ataque do Brasil

Compartilhe: Twitter

O ano de 2009 vem sendo incrível para o Internacional. Bicampeão gaúcho no ano de seu centenário, o Colorado é o líder do Brasileirão com 100% de aproveitamento em três rodadas e está na semifinal da Copa do Brasil. Grande parte do sucesso do time gaúcho está na força de seu ataque. Em 32 jogos oficiais na temporada, o Colorado marcou 87 gols. Média de 2,72 por jogo, a maior entre os 20 clubes que hoje estão na Série A do Brasileiro.

Desses 87 gols, 37 foram anotados pela excelente dupla de ataque Taison e Nilmar. O primeiro, com 22 gols, foi o artilheiro do Gauchão e é o atual goleador da Copa do Brasil. Já Nilmar, que fez 15 gols, foi recentemente convocado para a Seleção Brasileira e encantou o país com seu lindo gol contra o Corinthians, na estreia do Brasileirão. Não bastassem os gols, Taison e Nilmar são dois grandes assistentes na equipe do técnico Tite. Nilmar deu 10 assistências, enquanto Taison deu mais 7. Juntos, então, fizeram 37 gols e deram 17 assistências.

A dupla Colorada participou de 42,5% dos gols 87 gols do Internacional na temporada. Nesse quesito, Taison e Nilmar estão bem atrás dos atleticanos Diego Tardelli e Éder Luís, que marcaram 34 gols juntos ou 63% dos gols do Galo e da dupla Thiago Humberto/Pedrão, do Barueri. O clube mineiro, no entanto, fez 54 gols no ano contra 87 do Inter. Já o atacantes do time paulista fizeram 25 dos 39 gols da equipe, que tem o pior ataque do ano entre os times da Série A. Taison e Nilmar fizeram quase o total de gols que o Barueri tem no ano (37 a 39).

Já a pior dupla, por enquanto, é a do Fluminense, Fred e Maicon. Juntos, anotaram apenas 9 gols (20,9% dos gols do Tricolor na temporada).

Confira abaixo os números das duplas de ataques em 2009 dos 20 clubes da Série A do Brasileiro. Nesse quadro estão os dois atacantes que mais jogaram e marcaram por seus respectivos clubes.

Untitled Document

Clube
Gols
Jogos
Média
Atacantes Total %
Internacional
87
32
2,72
Taison (22) e Nilmar (15) 37 42,5
Atlético-MG
54
25
2,16
Diego Tardelli (21) e Éder Luís (11) 34 63,0
Vitória
77
37
2,08
Neto Baiano (23) e Washington (8) 31 40,3
Náutico
60
31
1,94
Gilmar (20) e Carlinhos Bala (9) 29 48,3
Cruzeiro
66
27
2,44
Kleber (19) e Wellington Paulista (8) 27 40,9
Goiás
65
29
2,24
Felipe (19) e Iarley (7) 26 40,0
Barueri
39
26
1,50
Pedrão (17) e Thiago Humberto (8) 25 64,1
Atlético-PR
58
29
2,00
Rafael Moura (17) e Wallyson (7) 24 41,4
São Paulo
46
30
1,53
Washington (14) e Borges (10) 24 52,2
Palmeiras
59
34
1,74
Keirrison (20) e Willians (2) 22 37,3
Sport
67
33
2,03
Ciro (15) e Wilson (7) 22 32,8
Santos
48
30
1,60
Kleber Pereira (17) e Neymar (4) 21 43,8
Botafogo
55
27
2,04
Victor Simões (11) e Reinaldo (8) 21 38,2
Coritiba
48
31
1,55
Marcelinho Paraíba (13) e Marcos Aurélio (8) 21 43,8
Flamengo
51
29
1,76
Josiel (13) e Émerson (4) 17 33,3
Grêmio
59
30
1,97
Jonas (10) e Maxi López (5) 15 25,4
Santo André
40
24
1,67
Pablo Escobar (8) e Nunes (7) 15 37,5
Corinthians
54
32
1,69
Ronaldo (10) e Jorge Henrique (4) 14 25,9
Avaí
50
29
1,72
Evando (10) e William (4) 14 28,0
Fluminense
43
28
1,54
Fred (5) e Maicon (4) 9 20,9
Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 7 de maio de 2009 Artilheiros, Copa do Brasil | 15:39

Ronaldo tem segundo melhor início por um clube

Compartilhe: Twitter

Com os dois gols marcados ontem à noite, contra o Atlético-PR, Ronaldo chegou a marca de 10 gols pelo Corinthians em apenas 13 jogos. O ótimo início do Fenômeno pelo Corinthians (que nesse período ainda conquistou um título Paulista), é o segundo melhor na carreira do atacante por um time. Apenas no Barcelona, em 1994, Ronaldo fez mais gols (13 em 13 jogos). O começo pelo Corinthians iguala também a marca dele no PSV Eindhoven, da Holanda, em 1993 (13 gols em 10 jogos).

Nos 13 primeiros jogos, Ronaldo marcou 6 gols pelo Cruzeiro, 8 pela Internazionale, 6 pelo Real Madrid e 7 pelo Milan. Na Seleção Brasileira, Ronaldo marcou 5 gols em seus 13 primeiros jogos. Na carreira, Ronaldo já chega a 455 gols em 640 jogos.

Confira aqui o início de Ronaldo por todos os clubes que passou:

Cruzeiro (1993)

25/05 – Cruzeiro 1 x 0 Caldense, Campeonato Mineiro
28/07 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG, Campeonato Mineiro
03/08 – Cruzeiro 1 x 1 Benfica-POR, Amistoso
05/08 – Cruzeiro 2 x 0 Belenenses-POR, Amistoso (1 gol)
06/08 – Cruzeiro 3 x 0 Peñarol-URU, Amistoso (1 gol)
08/08 – Cruzeiro 1 x 3 Porto-POR, Amistoso
18/08 – Cruzeiro 0 x 1América-MG, Amistoso
25/08 – Cruzeiro 0 x 0 Ideal-MG, Amistoso
29/08 – Cruzeiro 2 x 1Guarani de Divinópolis-MG, Amistoso (2 gols)
07/09 – Cruzeiro 0 x 2 Corinthians, Campeonato Brasileiro
12/09 – Cruzeiro 3 x 1 Bahia, Campeonato Brasileiro (1 gol)
15/09 – Cruzeiro 0 x 1 Bragantino, Campeonato Brasileiro
18/09 – Cruzeiro 1 x 2 Flamengo, Campeonato Brasileiro (1 gol)


PSV Eindhoven-HOL (1993)


20/08 – PSV Eindhoven 0 x 0 Heerenveen-HOL, Amistoso
23/08 – PSV Eindhoven 0 x 3 Valencia-ESP, Amistoso
28/08 – PSV Eindhoven 4 x 2 Vitesse Arnhem, Campeonato Holandês (1 gol)
31/08 – PSV Eindhoven 4 x 1 Go Ahead Eagles, Campeonato Holandês (2 gols)
13/09 – PSV Eindhoven 4 x 5 Bayer Leverkusen-ALE, Copa da Uefa (3 gols)
17/09 – PSV Eindhoven 4 x 0 Dordrecht 90, Campeonato Holandês
21/09 – PSV Eindhoven 1 x 1 Sparta, Campeonato Holandês (1 gol)
27/09 – PSV Eindhoven 0 x 0 Bayer Leverkusen-ALE, Copa da Uefa
05/10 – PSV Eindhoven 3 x 2 Roda JC, Copa da Holanda (2 gols)
11/10 – PSV Eindhoven 1 x 3 América-MEX, Amistoso
15/10 – PSV Eindhoven 3 x 1 Heerenveen, Campeonato Holandês (1 gol)
23/10 – PSV Eindhoven 1 x 4 Ajax, Campeonato Holandês
26/10 – PSV Eindhoven 1 x 2 Willem II, Campeonato Holandês

Barcelona-ESP (1996)


20/08 – Barcelona 2 x 0 San Lorenzo-ARG, Amistoso
21/08 – Barcelona 2 x 1 Internazionale-ITA, Amistoso
25/08 – Barcelona 5 x 2 Atlético de Madrid, Supercopa da Espanha (2 gols)
01/09 – Barcelona 4 x 2 Real Oviedo, Campeonato Espanhol
07/09 – Barcelona 2 x 1 Espanyol, Campeonato Espanhol
12/09 – Barcelona 2 x 0 AEK Larnaca-GRE, Recopa Européia (2 gols)
15/09 – Barcelona 1 x 1 Racing Santander, Campeonato Espanhol (1 gol)
22/09 – Barcelona 3 x 2 Real Sociedad, Campeonato Espanhol (2 gols)
29/09 – Barcelona 5 x 3 Real Zaragoza, Campeonato Espanhol (2 gols)
02/10 – Barcelona 1 x 1 Tenerife, Campeonato Espanhol
12/10 – Barcelona 5 x 1 Compostela, Campeonato Espanhol (2 gols)
20/10 – Barcelona 8 x 0 Logroñés, Campeonato Espanhol (2 gols)
23/10 – Barcelona 1 x 0 Sevilla, Campeonato Espanhol

Internazionale-ITA (1997)

27/07 – Internazionale 1 x 1 Manchester United-ING, Amistoso
05/08 – Internazionale 1 x 0 Bologna-ITA, Amistoso
19/08 – Internazionale 2 x 0 Pisa-ITA, Amistoso (1 gol)
22/08 – Internazionale 1 x 2 Roma-ITA, Amistoso
25/08 – Internazionale 0 x 1 Atlético de Madrid-ESP, Amistoso
31/08 – Internazionale 2 x 1 Brescia, Campeonato Italiano
14/09 – Internazionale 4 x 2 Bologna, Campeonato Italiano (1 gol)
16/09 – Internazionale 2 x 0 Neuchâtel Xamax-SUI, Copa da Uefa (1 gol)
20/09 – Internazionale 3 x 2 Fiorentina, Campeonato Italiano (1 gol)
27/09 – Internazionale 5 x 1 Lecce, Campeonato Italiano (2 gols)
30/09 – Internazionale 2 x 0 Neuchâtel Xamax-SUI, Copa da Uefa
05/10 – Internazionale 1 x 1 Lazio, Campeonato Italiano (1 gol)
11/10 – Internazionale 6 x 1 Líbia, Amistoso (1 gol)

Real Madrid-ESP (2002)

06/10 – Real Madrid 5 x 2 Alavés, Campeonato Espanhol (2 gols)
08/10 – Real Madrid 1 x 1 Betis, Campeonato Espanhol
20/10 – Real Madrid 0 x 2 Racing Santander, Campeonato Espanhol
22/10 – Real Madrid 2 x 2 AEK Atenas-GRE, Liga dos Campeões
26/10 – Real Madrid 1 x 1 Villarreal, Campeonato Espanhol
30/10 – Real Madrid 0 x 1 Roma-ITA, Liga dos Campeões
02/11 – Real Madrid 0 x 0 La Coruña, Campeonato Espanhol
09/11 – Real Madrid 3 x 2 Rayo Vallecano, Campeonato Espanhol (1 gol)
17/11 – Real Madrid 0 x 0 Real Sociedad, Campeonato Espanhol
03/12 – Real Madrid 2 x 0 Olimpia, Mundial Interclubes (1 gol)
08/12 – Real Madrid 5 x 1 Mallorca, Campeonato Espanhol (2 gols)
12/12 – Real Madrid 2 x 2 Lokomotiv Moscou-RUS, Liga dos Campeões
18/12 – Real Madrid 3 x 3 Seleção da FIFA, Amistoso


Milan-ITA (2007
)

11/02 – Milan 2 x 1 Livorno, Campeonato Italiano
17/02 – Milan 4 x 3 Siena, Campeonato Italiano (2 gols)
25/02 – Milan 1 x 0 Sampdoria, Campeonato Italiano
28/02 – Milan 0 x 0 Palermo, Campeonato Italiano
03/03 – Milan 3 x 1 Chievo, Campeonato Italiano
11/03 – Milan 1 x 2 Internazionale, Campeonato Italiano (1 gol)
18/03 – Milan 1 x 0 Atalanta, Campeonato Italiano
31/03 – Milan 1 x 1 Roma, Campeonato Italiano
07/04 – Milan 3 x 1 Empoli, Campeonato Italiano (1 gol)
15/04 – Milan 3 x 1 Messina, Campeonato Italiano (1 gol)
18/04 – Milan 5 x 2 Ascoli, Campeonato Italiano
21/04 – Milan 3 x 1 Cagliari, Campeonato Italiano (2 gols)
28/04 – Milan 1 x 0 Torino, Campeonato Italiano


Corinthians (2009)


04/03 – Corinthians 2 x 0 Itumbiara-GO, Copa do Brasil
08/03 – Corinthians 1 x 1 Palmeiras, Campeonato Paulista (1 gol)
11/03 – Corinthians 2 x 1 São Caetano, Campeonato Paulista (1 gol)
22/03 – Corinthians 1 x 0 Santos, Campeonato Paulista
25/03 – Corinthians 2 x 2 Ponte Preta, Campeonato Paulista (2 gols)
28/03 – Corinthians 0 x 0 Guarani, Campeonato Paulista
31/03 – Corinthians 3 x 0 Ituano, Campeonato Paulista (1 gol)
12/04 – Corinthians 2 x 1 São Paulo, Campeonato Paulista
19/04 – Corinthians 2 x 0 São Paulo, Campeonato Paulista (1 gol)
26/04 – Corinthians 3 x 1 Santos, Campeonato Paulista (2 gols)
29/04 – Corinthians 2 x 3 Atlético-PR,Copa do Brasil
03/05 – Corinthians 1 x 1 Santos, Campeonato Paulista
06/05 – Corinthians 2 x 0 Atlético-PR, Copa do Brasil (2 gols)

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 1 de maio de 2009 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Confrontos, Copa do Brasil, Copa Libertadores, Estatísticas, Fotos, História | 22:45

Dez motivos para santistas e corintianos sonharem na final

Compartilhe: Twitter

Para muitos, a decisão do Campeonato Paulista de 2009 já está praticamente definida. Com a vitória no primeiro jogo por 3 x 1, o Corinthians aumentou sua vantagem e pode até perder por dois gols de diferença para garantir seu 26º título estadual.
Os santistas, porém, não perderam a esperança. Sinceramente, acho difícil. Mas resolvi listar aqui alguns motivos para o torcedor do Santos acreditar no título. Por outro lado, separei também dez razões para o corintiano ter certeza de que será campeão paulista.

Dez motivos para os santistas sonharem:
1 – Muitos santistas dessa geração ainda guardam a incrível virada no Pacaembu em 1995. Naquele ano, o time comandando pelo meia Giovanni venceu o Fluminense por 5 x 2 e garantiu vaga na final do Brasileirão quando precisa vencer por três gols de diferença. No jogo de ida, o Peixe perdeu por 4 x 1 no Rio.
2 – Nos últimos 20 jogos entre as duas equipes, o Santos venceu 12 e o Corinthians apenas 5.Neymar
3 – Das 27 vitórias do Peixe sobre o rival no Pacaembu, seis foram por diferença maior ou igual a três gols. A última delas em 2006, pelo Campeonato Brasileiro (gols de Kleber, Leandro e Zé Roberto).
4 – O Peixe tem vantagem sobre o rival em finais. Em quatro decisões, foram três vitórias. Duas em Campeonatos Paulistas (1935 e 1984) e uma pelo Brasileirão (2002).
5 – Em 2002, Robinho despontou para o futebol após o título Brasileiro conquistado sobre o Corinthians. Enquanto jogou pelo Peixe, o Corinthians não ganhou. A esperança do santista é que Neymar repita a cena de 2002.
6 – Kleber Pereira garantiu o Santos na decisão do Paulistão marcando três gols contra a Ponte Preta. Quando precisou, o artilheiro fez sua parte. Será que ele fará o mesmo agora?
7 – Como no Brasileiro de 2002, o Santos garantiu a vaga nas finais na última hora. E mesmo em desvantagem, foi campeão. Nesse Paulistão, nas semifinais, passou pelo Palmeiras, time de melhor campanha na primeira fase.
8 – O Corinthians levou três gols no último jogo e por pouco não perdeu por 3 x 0 para o Atlético-PR. Arrancou dois gols depois dos 40 minutos do segundo tempo.
9 – O Corinthians não é imbatível. A equipe perdeu a invencibilidade de 25 jogos em 2009. Ou de 45 jogos, como os corintianos gastavam de dizer, ao não contabilizar a derrota para o América-RN na última rodada da Série B, quando o time titular estava de férias.
10 – Ronaldo, autor de dois gols na primeira final, na Vila Belmiro, é dúvida. O Fenômeno tem sido decisivo, principalmente nos clássicos. Sem ele, o Corinthians poderá entrar em campo com Souza ou Otacílio Neto, ou ainda sem um atacante de área.

Dez motivos para os corintianos acreditarem ainda mais no título quase certo:
1 – Desde o rebaixamento na Série A do Brasileiro, em 2007, o Corinthians não perde por três gols de diferença. A última derrota, em casa, por esse placar foi no dia 25 de agosto de 2007, Cruzeiro 3 x 0 no Pacaembu.
2 – Sob o comando de Mano Menezes, o Corinthians nunca perdeu dois jogos seguidos. Vale lembrar que o time vem de derrota para o Atlético-PR.
3 – A última derrota do Corinthians, jogando como mandante, foi há mais de 9 meses, no dia 19 de julho de 2008, quando perdeu para o Bahia por 1 x 0 no Pacaembu. Desde então, foram 25 jogos, 20 vitórias e 5 empates.
4 – Desde essa última derrota no Pacaembu, o Corinthians marcou 59 gols e sofreu apenas 15. Deixou de marcar gol em apenas um jogo (0 x 0 contra o Criciúma). Além disso, não levou 3 gols em nenhum desses 25 jogos.
5 – O Corinthians pode até perder por dois gols de diferença, mas luta para conquistar o título invicto, o quinto em sua história (já ganhou em 1914, 1916, 1929 e 1938). Mais um motivo para crer que o time não perderá.Ronaldo
6 – O Corinthians tem Ronaldo, que não ficou dois jogos sem marcar gols pelo Timão. Como não fez contra o Atlético-PR…
7 – O Corinthians luta para conquistar um título no Pacaembu depois de 54 anos. O último foi em fevereiro de 1955, que valia o título do Paulista de 1954.
8 – No Pacaembu, o Corinthians e Santos jogaram 86 vezes. Foram 32 vitórias do Corinthians, 27 do Santos e mais 27 empates. O Corinthians marcou 133 gols e sofreu 122.
9 – Corinthians e Santos jogaram duas vezes nesse Paulistão. Na primeira, no Pacaembu, deu Corinthians: 1 x 0, gol de Dentinho. O jogo marcou a primeira vitória de Mano Menezes em clássicos paulistas. No segundo jogo entre os dois clubes, deu Corinthians de novo: 3 x 1, no último domingo.
10 – O Corinthians não quer perder a terceira decisão seguida para o Santos. Em 1984, perdeu a chance de ganhar o tricampeonato paulista ao ser derrotado para o rival. Em 2002, perdeu o título Brasileiro para o Santos, que até então nunca havia conquista o campeonato. Naquele jogo, Robinho deitou e rolou. Nenhum corintiano quer que a cena se repita, vendo Neymar acabar com o Timão.

Para quem gosta desse clássico, o livro O Grande Jogo – O Maior Duelo Alvinegro do Futebol Contado por Dois Historiadores Fanáticos, dos jornalistas Celso Unzelte e Odir Cunha, publicado pela Editora Novo Século é um grande pedido. O livro trás histórias fantásticas sobre o clássico mais antigo de São Paulo, além de curiosidades, estatísticas e a lista completa de todos os jogos realizados entre 1913 e 2008. Vale a pena!!!

Livro o Grande Jogo, Celso Unzelte e Odir Cunha

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 27 de abril de 2009 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Estatísticas, Sem categoria | 14:01

A diferença entre Ronaldo e os outros atacantes do Paulistão

Compartilhe: Twitter

Ronaldo
Ronaldo
pode ser comparado com qualquer jogador do mundo. Não só hoje, mas em todos em tempos. Em 2009, porém, disputou apenas o Campeonato Paulista (e mais 23 minutos num jogo contra o Itumbiara na Copa do Brasil). Por isso, acho sensato compará-lo, agora, com adversários diretos, que são os principais centroavantes dos clubes paulistas.

Em 9 jogos pelo Paulistão, Ronaldo comprovou por que é genial. Foram 8 gols, sendo 4 em clássicos. Ronaldo marcou contra o Palmeiras, São Paulo e dois contra o Santos, por sinal, os mais bonitos desde sua volta. Na média de gols, Ronaldo supera Keirrison, Washington, Kleber Pereira e até Pedrão, do Barueri, artilheiro da competição. Entre todos esses, Ronaldo é o que mais finaliza certo (são 2,3 chutes ao gol por jogo), o que mais dribla (2,1 por partida) e o que mais tempo fica com a bola nos pés (média de 45 segundos por jogo).

Ao contrário também do que dizem, não estão pegando tão leve assim com Ronaldo. O atacante do Corinthians recebeu, na média, 1,6 faltas por jogo. Apenas Washington, do São Paulo, sofreu mais (2,2). Keirrison, Kleber Pereira e Pedrão, apanharam menos.

Dos 9 jogos que fez, Ronaldo foi titular em 7 e em 5 desses jogou os 90 minutos. Em média, em ficou em campo 78,9 minutos. Desses, fica 45 segundos com a bola nos pés. Confira abaixo o desempenho do Fenômeno no Paulistão e a comparação dele com os principais atacantes do campeonato.

Data

Adversário

Minutos

Gols

Final.

Dribles

P.certos

P. Errados

Posse

Faltas

8/3

31

1

2

3

0

2

00’17’’

0

11/3

76

1

3

1

9

2

00’26’’

0

22/3

81

0

4

5

9

3

00’51’’

1

25/3

90

2

6

3

15

4

01’00’’

3

28/3

90

0

3

2

9

3

00’36’’

2

31/3

90

1

1

0

11

4

00’38’’

2

12/4

90

0

4

3

10

2

00’52’’

1

19/4

72

1

3

1

14

3

00’34’’

3

26/4

90

2

3

1

14

3

00’53’’

2

Média

78,9

0,9

3,2

2,1

10,1

2,9

00’45”

1,6

Finalizações, passes certos, passes errados, posse de bola, faltas recebidas
* Fonte: Footstats

Jogador

Jogos

Gols

Média

Final. (certas)

Dribles

P. certos

P. errados

Posse

Imped.

Faltas

Ronaldo

9

8

0,9

3,2 (2,3)

2,1

10,1

2,9

00’45”

0,8

1,6

Keirrison

16

13

0,8

3,5 (2,0)

0,7

13,3

2,4

00’35”

0,6

0,6

Kleber Pereira

18

10

0,6

3,3 (2,1)

0,9

14,6

3,3

00’39”

1,4

1,5

Washington

17

12

0,7

2,7 (1,1)

1,2

13,0

4,5

00’41”

0,8

2,2

Pedrão

20

15

0,8

2,9 (1,4)

0,7

10,4

3,4

00’36”

2,2

0,9

Gols em clássicos
Ronaldo 4 – (2 contra o Santos, 1 contra o São Paulo, 1 contra o Palmeiras)
Keirrison 3 – (3 contra o Santos)
Kleber Pereira 3 – (3 contra o Palmeiras)
Pedrão 2 – (2 contra o Corinthians)
Washington 1  – (1 contra o Palmeiras)

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 20 de abril de 2009 Artilheiros | 01:13

Início arrasador

Compartilhe: Twitter

Com o gol marcado no último sábado, na semifinal do Campeonato Mineiro, o atacante Diego Tardelli chegou a 19 gols na temporada, em jogos oficiais. Contando ainda os 3 gols que fez ainda na Copa Bimbo (torneio amistoso realizado em Montevidéu), Tardelli atingiu a marca de 22 gols em apenas 18 jogos em 2009. Quem mais se aproxima do ex-são-paulino é Keirrison, do Palmeiras, com 19 gols em 22 jogos. A vantagem do atacante atleticano está na média (1,19 gols por jogo contra 0,86 do palmeirense). Ainda na média, Diego Tardelli supera o rival Kleber, doO atacante é o artilheiro do Brasil em 2009 Cruzeiro, que fez 13 gols em 12 jogos (0,86 por partida).
Perto de completar 24 anos, o atacante Diego Tardelli vive sua melhor fase na carreira.

Pelo São Paulo, em 94 jogos, entre 2003 e 2005, fez 19 gols. No Flamengo, seu último clube, disputou 35 jogos e marcou apenas 6 gols.

Confira a lista dos principais goleadores do Brasil em 2009:

Jogador

Clube

Gols

Jogos

Média

Diego Tardelli

Atlético-MG

19

16

1,19

Keirrison

Palmeiras

19

22

0,86

Gilmar

Náutico

18

25

0,72

Taison

Internacional

17

21

0,81

Marcelo Ramos

Santa Cruz

16

18

0,89

Fábio

Central

16

18

0,89

Pedrão

Barueri

15

19

0,79

Ciro

Sport

15

23

0,65

Neto Baiano

Vitória

15

24

0,63

Washington

São Paulo

14

18

0,78

Kleber

Cruzeiro

13

12

1,08

Felipe

Goiás

13

17

0,76

Rafael Moura

Atlético-PR

13

19

0,68

Kleber Pereira

Santos

13

19

0,68

Nilmar

Internacional

13

19

0,68

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última