Publicidade

Arquivo da Categoria Estatísticas

quarta-feira, 3 de março de 2010 Artilheiros, Estatísticas, Futebol Europeu, História | 10:40

Palermo e os maiores artilheiros dos grandes clubes

Compartilhe: Twitter

wallpaper_58_w-1280_x_720

Com o gol que fez ontem, no empate contra o Vélez Sarsfield (4 x 4), o veterano atacante Martín Palermo igualou o recorde de Roberto Cherro e tornou-se o maior artilheiro da história do Boca Juniors. Os dois ídolos do clube mais popular da Argentina têm 218 gols cada. Aos 36 anos, Palermo, que está sem sua segunda passagem pelo Boca, teve a chance de ultrapassar Cherro no mesmo jogo. Porém, acabou desperdiçando uma cobrança de pênalti. O zagueiro brasileiro Luiz Alberto, ex-Fluminense, participou dessa partida como companheiro de Palermo no Boca.

Artilheiro do Torneo Clausura, o Campeonto Argentino do primeiro semestre, Palermo tem grande chance de ser convocado pelo técnico Diego Maradona para disputar a Copa do Mundo de 2010.

Palermo é hoje um dos maiores artilheiros de um grande clube do futebol mundial em atividade. Além dele, estão jogando ainda Raúl (Real Madrid), Del Piero (Juventus) e Totti (Roma). Confira abaixo a lista dos maiores artilheiros do principais clubes do mundo, além dos 12 maiores times do futebol brasileiro:

Clube País Maior artilheiro Gols Jogos Período
River Plate Argentina Ángel Labruna 293 515 1939-1959
Boca Juniors Argentina Roberto Cherro 218 301 1926-1938
Martin Palermo 218 353 1997-2010
Independiente Argentina Arsenio Erico 293 332 1934-1947
Real Madrid Espanha Raúl 321 730 1994-2010
Barcelona Espanha Paulino Alcántara 357 357 1912-1927
Milan Itália Gunnar Nordahl (SUE) 210 257 1949-1956
Internazionale Itália Giuseppe Meazza 288 361 1927-1947
Juventus Itália Alessandro Del Piero 268 616 1993-2010
Roma Itália Francesco Totti 241 561 1993-2010
Benfica Portugal Eusébio 317 301 1960-1975
Porto Portugal Fernando Gomes 288* 342 1974-1989
Bayern Munique Alemanha Gerd Müller 398 453 1964-1979
Manchester United Inglaterra Bobby Charlton 249 759 1956-1973
Liverpool Inglaterra Ian Rush (GAL) 346 660 1980-1996
Arsenal Inglaterra Thierry Henry (FRA) 226 369 1999-2007
Chelsea Inglaterra Bobby Tambling 202 370 1959-1970
Corinthians Brasil Cláudio 306 554 1945-1957
Palmeiras Brasil Heitor 284 330 1916-1931
Santos Brasil Pelé 1091 1115 1956-1974
São Paulo Brasil Serginho Chulapa 243 401 1973-1982
Flamengo Brasil Zico 568 732 1971-1989
Vasco Brasil Roberto Dinamite 702 1110 1970-1989
Fluminense Brasil Waldo 314 403 1954-1961
Botafogo Brasil Quarentinha 308 444 1954-1964
Grêmio Brasil Alcindo 636 ** 1963-1971
Internacional Brasil Carlitos 485 384 1939-1951
Atlético-MG Brasil Reinaldo 255 475 1973-1985
Cruzeiro Brasil Tostão 248 378 1964-1971

xx

* Em jogos pelo Campeonato Português.
** Número de jogos não disponível.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 2 de março de 2010 Campeonatos Estaduais, Estatísticas, História | 15:17

Grêmio irá alcançar a invencibilidade do Palmeiras?

Compartilhe: Twitter

Com a vitória sobre o Novo Hamburgo, por 1 x 0, no último domingo, o Grêmio não só conquistou o título do primeiro turno do Gauchão, como atingiu ainda a marca de 46 jogos sem derrotas em seu estádio, o Olímpico, em Porto Alegre. Essa invencibilidade tricolor igualou a marca do rival Internacional, que permaneceu também 46 jogos em perder no Beira-Rio entre 1973 e 1975.

Mas essa sequência invicta do Grêmio não é a maior do futebol brasileiro. O Palmeiras, na década de 80, ficou nada menos que 68 sem perder no Parque Antártica. Mesmo sem conquistar títulos nessa época, a equipe paulista conseguiu manter essa grande invencibilidade. Vale ressaltar nesse período (entre 1986 e 1990), o Palmeiras fez apenas dois clássicos, um contra o São Paulo e outro contra o Santos. Nessa época, o clube utilizava ou o Pacaembu ou o Morumbi para enfrentar seus maiores rivais, incluindo também o Corinthians.

Relembre abaixo a sequência invicta do Palmeiras, no Parque Antártica:

Data Resultado Competição
24/11/1985 2 x 3 XV de Jaú-SP Paulista
1 23/02/1986 3 x 1 Inter de Limeira-SP Paulista
2 05/03/1986 3 x 0  XV de Jaú-SP Paulista
3 12/03/1986 3 x 0 Comercial-SP Paulista
4 19/03/1986 2 x 2 Santo André-SP Paulista
5 09/04/1986 3 x 1 Novorizontino-SP Paulista
6 20/04/1986 1 x 0 São Bento-SP Paulista
7 30/04/1986 2 x 0 Ponte Preta-SP Paulista
8 25/05/1986 1 x 0 Mogi Mirim-SP Paulista
9 28/05/1986 1 x 1 Paulista-SP Paulista
10 19/06/1986 0 x 0 XVde Piracicaba-SP Paulista
11 02/07/1986 0 x 0 Guarani-SP Paulista
12 09/07/1986 2 x 0 Botafogo-SP Paulista
13 16/07/1986 1 x 1 Ferroviária-SP Paulista
14 06/08/1986 0 x 0 América-SP Paulista
15 30/09/1986 0 x 0 Botafogo-RJ Brasileiro
16 02/10/1986 3 x 0 Alecrim-RN Brasileiro
17 15/10/1986 4 x 1 Treze-PB Brasileiro
18 16/11/1986 2 x 0 Joinville-SC Brasileiro
19 26/11/1986 1 x 1 América-RJ Brasileiro
20 29/11/1986 2 x 0 Ponte Preta-SP Brasileiro
21 03/12/1986 2 x 2 Bangu-RJ Brasileiro
22 15/04/1987 2 x 0 América-SP Paulista
23 13/05/1987 1 x 0 Mogi Mirim-SP Paulista
24 17/05/1987 1 x 0 Botafogo-SP Paulista
25 10/06/1987 1 x 1 São Bento-SP Paulista
26 28/06/1987 0 x 0 Inter de Limeira-SP Paulista
27 01/07/1987 2 x 0 Bandeirante-SP Paulista
28 08/07/1987 1 x 1 XVde Jaú-SP Paulista
29 15/07/1987 0 x 0 Santo André-SP Paulista
30 09/03/1988 1 x 0 Botafogo-SP Paulista
31 27/03/1988 1 x 1 Inter de Limeira-SP Paulista
32 30/03/1988 0 x 0 XVde Jaú-SP Paulista
33 01/05/1988 3 x 2 Portuguesa-SP Paulista
34 11/05/1988 2 x 0 Bandeirante -SP Paulista
35 18/05/1988 2 x 0 Santo André-SP Paulista
36 25/05/1988 4 x 0 Ferroviária-SP Paulista
37 05/06/1988 2 x 0 América-SP Paulista
38 04/09/1988 1 x 1 Santos-SP Brasileiro
39 07/09/1988 2 x 1 Santa Cruz-PE Brasileiro
40 11/09/1988 1 x 0 Criciúma-SC Brasileiro
41 23/10/1988 2 x 0 Cruzeiro-MG Brasileiro
42 13/11/1988 1 x 1 São Paulo-SP Brasileiro
43 20/11/1988 1 x 1 Atlético-PR Brasileiro
44 30/11/1988 2 x 0 Goiás-GO Brasileiro
45 08/12/1988 2 x 1 Internacional-RS Brasileiro
46 11/12/1988 1 x 0 Vitória-BA Brasileiro
47 18/12/1988 0 x 0 Fluminense-RJ Brasileiro
48 19/02/1989 2 x 0 Noroeste-SP Paulista
49 05/03/1989 3 x 0 Botafogo-SP Paulista
50 29/03/1989 0 x 0 XVde Jaú-SP Paulista
51 17/09/1989 2 x 0 Goiás-GO Brasileiro
52 12/10/1989 2 x 0 Bahia-BA Brasileiro
53 18/10/1989 1 x 0 Vasco-RJ Brasileiro
54 29/11/1989 1 x 0 Atlético-MG Brasileiro
55 07/02/1990 1 x 0 XVde Piracicaba-SP Paulista
56 18/02/1990 4 x 0 Santo André-SP Paulista
57 04/03/1990 2 x 0 Catanduvense-SP Paulista
58 11/03/1990 3 x 2 Ponte Preta-SP Paulista
59 18/03/1990 2 x 0 América-SP Paulista
60 22/04/1990 3 x 0 Inter de Limeira-SP Paulista
61 25/04/1990 1 x 0 União São João-SP Paulista
62 12/05/1990 0 x 0 Bragantino-SP Paulista
63 05/07/1990 2 x 1 XVde Piracicaba-SP Paulista
64 15/07/1990 1 x 1 Guarani-SP Paulista
65 29/07/1990 1 x 1 América-SP Paulista
66 08/08/1990 1 x 0 Novorizontino-SP Paulista
67 30/08/1990 1 x 0 Internacional-RS Brasileiro
68 02/09/1990 0 x 0 Santos-SP Brasileiro
16/09/1990 1 x 2 Bahia Brasileiro
Data Resultado Competição
24/11/1985 2 x 3 XV de Jaú-SP Paulista
1 23/02/1986 3 x 1 Inter de Limeira-SP Paulista
2 05/03/1986 3 x 0  XV de Jaú-SP Paulista
3 12/03/1986 3 x 0 Comercial-SP Paulista
4 19/03/1986 2 x 2 Santo André-SP Paulista
5 09/04/1986 3 x 1 Novorizontino-SP Paulista
6 20/04/1986 1 x 0 São Bento-SP Paulista
7 30/04/1986 2 x 0 Ponte Preta-SP Paulista
8 25/05/1986 1 x 0 Mogi Mirim-SP Paulista
9 28/05/1986 1 x 1 Paulista-SP Paulista
10 19/06/1986 0 x 0 XVde Piracicaba-SP Paulista
11 02/07/1986 0 x 0 Guarani-SP Paulista
12 09/07/1986 2 x 0 Botafogo-SP Paulista
13 16/07/1986 1 x 1 Ferroviária-SP Paulista
14 06/08/1986 0 x 0 América-SP Paulista
15 30/09/1986 0 x 0 Botafogo-RJ Brasileiro
16 02/10/1986 3 x 0 Alecrim-RN Brasileiro
17 15/10/1986 4 x 1 Treze-PB Brasileiro
18 16/11/1986 2 x 0 Joinville-SC Brasileiro
19 26/11/1986 1 x 1 América-RJ Brasileiro
20 29/11/1986 2 x 0 Ponte Preta-SP Brasileiro
21 03/12/1986 2 x 2 Bangu-RJ Brasileiro
22 15/04/1987 2 x 0 América-SP Paulista
23 13/05/1987 1 x 0 Mogi Mirim-SP Paulista
24 17/05/1987 1 x 0 Botafogo-SP Paulista
25 10/06/1987 1 x 1 São Bento-SP Paulista
26 28/06/1987 0 x 0 Inter de Limeira-SP Paulista
27 01/07/1987 2 x 0 Bandeirante-SP Paulista
28 08/07/1987 1 x 1 XVde Jaú-SP Paulista
29 15/07/1987 0 x 0 Santo André-SP Paulista
30 09/03/1988 1 x 0 Botafogo-SP Paulista
31 27/03/1988 1 x 1 Inter de Limeira-SP Paulista
32 30/03/1988 0 x 0 XVde Jaú-SP Paulista
33 01/05/1988 3 x 2 Portuguesa-SP Paulista
34 11/05/1988 2 x 0 Bandeirante -SP Paulista
35 18/05/1988 2 x 0 Santo André-SP Paulista
36 25/05/1988 4 x 0 Ferroviária-SP Paulista
37 05/06/1988 2 x 0 América-SP Paulista
38 04/09/1988 1 x 1 Santos-SP Brasileiro
39 07/09/1988 2 x 1 Santa Cruz-PE Brasileiro
40 11/09/1988 1 x 0 Criciúma-SC Brasileiro
41 23/10/1988 2 x 0 Cruzeiro-MG Brasileiro
42 13/11/1988 1 x 1 São Paulo-SP Brasileiro
43 20/11/1988 1 x 1 Atlético-PR Brasileiro
44 30/11/1988 2 x 0 Goiás-GO Brasileiro
45 08/12/1988 2 x 1 Internacional-RS Brasileiro
46 11/12/1988 1 x 0 Vitória-BA Brasileiro
47 18/12/1988 0 x 0 Fluminense-RJ Brasileiro
48 19/02/1989 2 x 0 Noroeste-SP Paulista
49 05/03/1989 3 x 0 Botafogo-SP Paulista
50 29/03/1989 0 x 0 XVde Jaú-SP Paulista
51 17/09/1989 2 x 0 Goiás-GO Brasileiro
52 12/10/1989 2 x 0 Bahia-BA Brasileiro
53 18/10/1989 1 x 0 Vasco-RJ Brasileiro
54 29/11/1989 1 x 0 Atlético-MG Brasileiro
55 07/02/1990 1 x 0 XVde Piracicaba-SP Paulista
56 18/02/1990 4 x 0 Santo André-SP Paulista
57 04/03/1990 2 x 0 Catanduvense-SP Paulista
58 11/03/1990 3 x 2 Ponte Preta-SP Paulista
59 18/03/1990 2 x 0 América-SP Paulista
60 22/04/1990 3 x 0 Inter de Limeira-SP Paulista
61 25/04/1990 1 x 0 União São João-SP Paulista
62 12/05/1990 0 x 0 Bragantino-SP Paulista
63 05/07/1990 2 x 1 XVde Piracicaba-SP Paulista
64 15/07/1990 1 x 1 Guarani-SP Paulista
65 29/07/1990 1 x 1 América-SP Paulista
66 08/08/1990 1 x 0 Novorizontino-SP Paulista
67 30/08/1990 1 x 0 Internacional-RS Brasileiro
68 02/09/1990 0 x 0 Santos-SP Brasileiro
16/09/1990 1 x 2 Bahia Brasileiro
Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 1 de março de 2010 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Estatísticas, História | 10:38

Fernandinho já está na história do São Paulo

Compartilhe: Twitter

spFernandinho_GN_2802100017A sensacional estreia do atacante Fernandinho entrou para a história do São Paulo. Autor de 4 gols na goleada do Tricolor por 5 x 1, ontem, em cima do Monte Azul, pelo Campeonato Paulista, o atacante está na lista dos jogadores que mais marcaram gols com a camisa do clube em um único jogo. E isso que ele jogou apenas no segundo tempo. A última vez que um jogador do São Paulo havia feito 4 gols foi em 2003, com o lateral-esquerdo Gustavo Nery, na vitória do Tricolor sobre o Bolton por 6 x 3, num amistoso realizado em novembro, na Inglaterra. No mesmo ano, o atacante Luís Fabiano havia feito 4 gols também na goleada sobre o São Raimundo-AM, pela Copa do Brasil.

Pelo Campeonato Paulista, a última vez que um jogador são-paulino havia feito tanto gol assim foi em 1992, quando o ídolo Raí marcou 5 gols na goleada sobre o Noroeste (6 x 0). Confira abaixo a lista dos jogadores que mais marcaram gols em um único jogo pelo São Paulo em toda a história:

GOLS JOGADOR PLACAR ANO
6 Sastre São Paulo 9 x 0 Portuguesa Santista 1943
5 Augusto São Paulo 10 x 0 Guarani 1950
5 Raí São Paulo 6 x 0 Noroeste 1992
5 Dodô São Paulo 5 x 0 Cruzeiro 1997
5 Dodô São Paulo 7 x 1 União São João 1997
4 Elyseo São Paulo 4 x 0 Espanha-SP 1938
4 Euclides São Paulo 6 x 1 Ipiranga 1939
4 Euclides São Paulo 5 x 1 Fluminense 1939
4 Leopoldo São Paulo 10 x 0 Ourinhos 1943
4 Luizinho São Paulo 8 x 2 SPR 1944
4 Leônidas São Paulo 12 x 1 Jabaquara 1945
4 Remo São Paulo 12 x 1 Jabaquara 1945
4 Luizinho São Paulo 7 x 0 Juventus 1946
4 Luizinho São Paulo 7 x 1 Barretos 1946
4 Teixerinha São Paulo 7 x 1 Flamengo 1946
4 China São Paulo 8 x 0 Araçatuba 1949
4 Lanzoninho São Paulo 4 x 1 Nacional-SP 1956
4 Zezinho São Paulo 5 x 1 XV de Piracicaba 1956
4 Ney Blanco São Paulo 7 X 0 Linense 1957
4 Gino São Paulo 6 x 2 Ponte Preta 1957
4 Prado São Paulo 8 x 0 Noroeste 1965
4 Paraná São Paulo 6 x 1 Portuguesa Santista 1965
4 Serginho Chulapa São Paulo 4 x 0 Ferroviário 1982
4 Guilherme São Paulo 4 x 1 Tenerife-ESP 1993
4 França São Paulo 7 x 0 Bangu 2002
4 Luís Fabiano São Paulo 6 x 0 São Raimundo-AM 2003
4 Gustavo Nery São Paulo 6 x 3 Bolton-ING 2003
4 Fernandinho São Paulo 5 x 1 Monte Azul 2010

Autor: Tags:

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010 Copa Libertadores, Estatísticas, História | 14:53

O aproveitamento dos Brasileiros fora de casa na Libertadores

Compartilhe: Twitter

Clube brasileiro que mais conquistou título da Libertadores e também o que mais participou do torneio, o São Paulo voltou a tropeçar fora de casa pela competição, mantendo seu mau desempenho como visitante. Até hoje, o Tricolor conquistou apenas 38,9% aproveitamento jogando fora de casa na Libertadores. Em 66 jogos, foram 18 vitórias, 23 empates e 25 derrotas. Entre os clubes brasileiros com mais de 10 jogos no torneio, o São Paulo tem apenas o 9º melhor aproveitamento como visitante. Na Colômbia, em seis jogos, o São Paulo perdeu três vezes (duas para o Once Caldas), empatou mais dois jogos e venceu apenas um.

O Flamengo, com 51,4% de aproveitamento fora de casa, é o clube brasileiro que mais se deu bem como visitante na história do torneio, seguido por Santos e Palmeiras. Confira abaixo o aproveitamento de todos os brasileiros como visitantes na Libertadores. Não estão sendo contabilizados os jogos em campo neutro.

Clube PG J* V E D GP GC Aprov.
Flamengo 57 37 16 9 12 50 45 51,4%
Santos 63 42 18 9 15 76 64 50,0%
Palmeiras 93 65 27 12 26 101 90 47,7%
Fluminense 17 12 5 2 5 19 14 47,2%
Cruzeiro 75 56 21 12 23 74 72 44,6%
São Caetano 21 16 5 6 5 18 14 43,8%
Corinthians 34 28 9 7 12 35 42 40,5%
Internacional 41 34 10 11 13 31 41 40,2%
São Paulo 77 66 18 23 25 65 78 38,9%
Atlético-PR 16 14 4 4 6 22 33 38,1%
Grêmio 65 59 17 14 28 73 82 36,7%
Guarani 13 12 3 4 5 15 17 36,1%
Vasco 28 26 6 10 10 29 33 35,9%
Botafogo 13 13 3 4 6 17 22 33,3%
Atlético-MG 14 16 3 5 8 16 25 29,2%

* Clubes com mais de 10 jogos na Libertadores.

Clube PG J* V E D GP GC Aprov.
Paysandu 10 4 3 1 0 10 3 83,3%
Paraná 7 5 2 1 2 8 7 46,7%
Criciúma 7 5 2 1 2 5 8 46,7%
Sport 8 7 2 2 3 8 11 38,1%
Goiás 5 5 1 2 2 3 6 33,3%
Bahia 6 7 1 3 3 5 9 28,6%
Náutico 2 3 0 2 1 2 3 22,2%
Coritiba 3 6 0 3 3 5 11 16,7%
Santo André 1 3 0 1 2 1 3 11,1%
Paulista 1 3 0 1 2 2 6 11,1%
Juventude 0 3 0 0 3 1 10 0,0%
Bangu 0 3 0 0 3 1 6 0,0%

* Clubes com menos de 10 jogos na Libertadores.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 20 de fevereiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História | 18:57

Cruzeiro vence o Galo pela 12ª vez nos últimos 15 jogos

Compartilhe: Twitter

Leonardo Silva

A freguesia do Atlético-MG diante do seu rival Cruzeiro nos últimos anos continua. A Raposa venceu o Galo hoje à tarde, no Mineirão, conquistando assim sua 12ª vitória sobre o arquiinimigo nos últimos 15 jogos. De quebra, a equipe do técnico Adílson Batista tirou a invencibilidade do Atlético-MG de Vanderlei Luxemburgo. Nos outros três jogos, os clubes empataram dois e o Atlético venceu um, no último Brasileirão, quando o Cruzeiro poupou vários titulares em razão da final da Copa Libertadores.

No Mineirão, aliás, o Cruzeiro vem mantendo seu retrospecto favorável sobre o Atlético-MG. Em 216 jogos, foram 78 vitórias da Raposa, 69 do Galo e 69 empates. No geral, porém, o Atlético ainda mantém vantagem. Pelo números do Atlético-MG, são 191 vitórias do Galo contra 155 do Cruzeiro. Já pelas contas da Raposa, são 175 vitórias do Atlétic0-MG e 154 do Cruzeiro.

Confira a lista dos últimos 15 clássicos entre Cruzeiro e Atlético-MG:

Data Resultado Competição
20/02/2010 Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG Campeonato Mineiro
12/10/2009 Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
12/07/2009 Atlético-MG 3 x 0 Cruzeiro Campeonato Brasileiro
03/05/2009 Cruzeiro 1 x 1 Atlético-MG Campeonato Mineiro
26/04/2009 Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG Campeonato Mineiro
15/02/2009 Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG Campeonato Mineiro
17/01/2009 Cruzeiro 4 x 2 Atlético-MG Copa Bimbo
19/10/2008 Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
13/07/2008 Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
04/05/2008 Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG Campeonato Mineiro
27/04/2008 Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG Campeonato Mineiro
09/03/2008 Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG Campeonato Mineiro
16/09/2007 Cruzeiro 4 x 3 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
24/06/2007 Cruzeiro 4 x 2 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
06/05/2007 Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG Campeonato Mineiro
Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Estatísticas, História | 11:56

Os maiores vexames do Palmeiras no Parque Antártica

Compartilhe: Twitter

A humilhante derrota do Palmeiras para o São Caetano, ontem, por 4 x 1, entrou para a história do clube como uma das piores em todos os tempos dentro de seu estádio, o Parque Antártica. Em Campeonatos Paulistas, essa foi a nona derrota por 4 x 1 do Palmeiras, em casa. A pior, no entanto, foi a de 4 x 0 para o São Paulo da Floresta, em 1931. No geral, o maior vexame do alviverde no Palestra Itália foi o 7 x 2 sofrido para o Vitória, em 2003, pela Copa do Brasil. O goleiro Marcos é o único remanescente daquela goleada que tambéma atuou na derrota de ontem. Marcos, aliás, participou também da goleada sofrida para o Vasco (em 1999) e para o Atlético-MG (em 2002).

Nos últimos dez anos, essa é a sétima goleada sofrida pelo Palmeiras no Parque Antártica. Confira abaixo as maiores goleadas sofridas pelo Palmeiras no Palestra Itália desde 25 de janeiro de 1915, ano de sua inauguração:

Data Resultado Adversário Competição
01/05/1921 1 x 4 Paulistano Camp. Paulista
07/09/1928 1 x 4 Portuguesa Amistoso Estadual
01/12/1929 1 x 4 Corinthians Camp. Paulista
06/12/1931 0 x 4 São Paulo da Floresta Camp. Paulista
16/12/1934 1 x 4 Combinado da CBD Amistoso Interestadual
24/11/1943 1 x 4 Portuguesa Amistoso Estadual
04/12/1949 1 x 4 Portuguesa Camp. Paulista
10/12/1960 1 x 4 Ferroviária Camp. Paulista
29/10/1967 1 x 4 Santos Camp. Paulista
22/05/1980 1 x 4 Inter de Limeira Camp. Paulista
18/03/1998 1 x 4 Mogi Mirim Camp. Paulista
24/01/1999 1 x 5 Vasco Torneio Rio-São Paulo
19/08/2000 1 x 4 Internacional Camp. Brasileiro
07/11/2001 2 x 6 Fluminense Camp. Brasileiro
25/08/2002 0 x 4 Atlético-MG Camp. Brasileiro
23/04/2003 2 x 7 Vitória Copa do Brasil
02/03/2006 1 x 4 América Camp. Paulista
22/11/2006 1 x 4 Internacional Camp. Brasileiro
17/02/2010 1 x 4 São Caetano Camp. Paulista
Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História | 10:01

Flamengo é o maior campeão da Taça Guanabara

Compartilhe: Twitter

Começa amanhã a semifinal da 46ª edição da Taça Guanabara com o clássico Fluminense x Vasco. Na quarta, Botafogo e Flamengo fazem o outro jogo. Disputada desde 1965, a Taça Guanabara já passou por diversas mudanças. No início, a Taça GB era disputada à parte do Campeonato Estadual e servia para apontar o representante carioca na extinta Taça Brasil. O torneio nacional foi disputado até 1969, mas a Taça Guanabara continuou sendo disputada separadamente do estadual do Rio até 1971.

A partir de 1972, o Campeonato Carioca começou a ser disputado com dois turnos e a Taça Guanabara passou a equivaler ao primeiro turno, dando vaga na final do campeonato. Essa fórmula foi mantida, praticamente, até 2000. Apenas em 1980 a Taça GB foi disputada à parte. Já em 1993 e 1994, houve final entre os times que mais pontuaram no primeiro turno. Desde 2001, a Taça Guanabara ganhou um novo formato, com dois grupos, semifinal e final. Desde então, em oito edições, apenas duas vezes os quatro grandes do Rio chegaram juntos à semifinal (em 2008 e agora, em 2010).

Desde 1965, o Flamengo é o maior campeão da Taça Guanabara com 18 títulos, seguido pelo Vasco (11), Fluminense (8), Botafogo (5), América (1), Americano (1) e Volta Redonda (1). Dessas 45 edições, 25 campeões da Taça GB foram também campeões cariocas no mesmo ano. Isso aconteceu 10 vezes com o Flamengo, 6 com o Vasco, 5 com o Fluminense e 4 com o Botafogo.

Entre os vice-campeões, o Vasco é o primeiro com 10 vices, seguido por Flamengo e Fluminense (9), Botafogo (8), América (5), Americano (2), Madureira (1) e Resende (1).

Confira abaixo os campeões e vices da tradicional Taça Guanabara:

Ano Campeão Vice
1965 Vasco Botafogo
1966 Fluminense Flamengo
1967 Botafogo* América
1968 Botafogo* Flamengo
1969 Fluminense* Botafogo
1970 Flamengo Fluminense
1971 Fluminense* Botafogo
1972 Flamengo* Fluminense
1973 Flamengo Vasco
1974 América Fluminense
1975 Fluminense* América
1976 Vasco Flamengo
1977 Vasco* Flamengo
1978 Flamengo* Fluminense
1979 Flamengo* Vasco
1980 Flamengo Americano
1981 Flamengo* América
1982 Flamengo Vasco
1983 Fluminense* América
1984 Flamengo Fluminense
1985 Fluminense* Vasco
1986 Vasco Flamengo
1987 Vasco* Fluminense
1988 Flamengo Vasco
1989 Flamengo Botafogo
1990 Vasco Botafogo
1991 Fluminense Flamengo
1992 Vasco* Flamengo
1993 Fluminense Vasco
1994 Vasco* Fluminense
1995 Flamengo Botafogo
1996 Flamengo* Vasco
1997 Botafogo* Vasco
1998 Vasco* Flamengo
1999 Flamengo* Vasco
2000 Vasco Botafogo
2001 Flamengo* Fluminense
2002 Americano Vasco
2003 Vasco* Flamengo
2004 Flamengo* Fluminense
2005 Volta Redonda Americano
2006 Botafogo* América
2007 Flamengo* Madureira
2008 Flamengo* Botafogo
2009 Botafogo Resende

* Também conquistaram o Campeonato Carioca no mesmo ano.

Ano Campeão Vice
1965 Vasco Botafogo
1966 Fluminense Flamengo
1967 Botafogo* América
1968 Botafogo* Flamengo
1969 Fluminense* Botafogo
1970 Flamengo Fluminense
1971 Fluminense* Botafogo
1972 Flamengo* Fluminense
1973 Flamengo Vasco
1974 América Fluminense
1975 Fluminense* América
1976 Vasco Flamengo
1977 Vasco* Flamengo
1978 Flamengo* Fluminense
1979 Flamengo* Vasco
1980 Flamengo Americano
1981 Flamengo* América
1982 Flamengo Vasco
1983 Fluminense* América
1984 Flamengo Fluminense
1985 Fluminense* Vasco
1986 Vasco Flamengo
1987 Vasco* Fluminense
1988 Flamengo Vasco
1989 Flamengo Botafogo
1990 Vasco Botafogo
1991 Fluminense Flamengo
1992 Vasco* Flamengo
1993 Fluminense Vasco
1994 Vasco* Fluminense
1995 Flamengo Botafogo
1996 Flamengo* Vasco
1997 Botafogo* Vasco
1998 Vasco* Flamengo
1999 Flamengo* Vasco
2000 Vasco Botafogo
2001 Flamengo* Fluminense
2002 Americano Vasco
2003 Vasco* Flamengo
2004 Flamengo* Fluminense
2005 Volta Redonda Americano
2006 Botafogo* América
2007 Flamengo* Madureira
2008 Flamengo* Botafogo
2009 Botafogo Resende
Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 Copa do Brasil, Estatísticas, História | 12:18

Algumas curiosidades da Copa do Brasil, que começa hoje

Compartilhe: Twitter

Começa hoje a 22ª edição da Copa do Brasil. Segundo torneio de clubes mais tradicional na história do futebol nacional, atrás apenas do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil teve sua primeira edição realizada em 1989. Desde então, em 21 edições, 12 clubes já levantaram a taça. Grêmio e Cruzeiro, com 4 títulos cada, são os maiores campeões.

Para a edição de 2010, a disputa pelo título da Copa do Brasil deverá ficar entre os grandes clubes, como Grêmio, Palmeiras, Santos, Atlético-MG, Vasco e Fluminense, que não querem desperdiçar a oportunidade de garantir já uma vaga na Libertadores de 2011. Desses clubes, Grêmio, Palmeiras e Vasco já entram em campo hoje.

Desde 1989, já participaram da Copa do Brasil 237 clubes. Para a edição de 2010, dos 64 participantes, 18 estarão estreando: América-AM, Araguaia-MT, ASSU-RN, Brasília-DF, Cerâmica-RS, Corinthians-PR, Ivinhema-MS, JV Lideral-MA, Luverdense-MT, Naviraiense-MS, Potyguar (CN)-RN, São Domingos-SE, São Mateus-ES, São Raimundo-PA, Tigres-RJ, Uberaba-MG, Votoraty-SP e Ypiranga-RS.

Confira abaixo algumas curiosidades na história da Copa do Brasil:

Campeões
Títulos Clube Edições
4 Grêmio 1989, 1994, 1997 e 2001
4 Cruzeiro 1993, 1996, 2000 e 2003
3 Corinthians 1995, 2002 e 2009
2 Flamengo 1990 e 2006
1 Criciúma 1991
1 Fluminense 2007
1 Internacional 1992
1 Juventude 1999
1 Palmeiras 1998
1 Paulista 2005
1 Santo André 2004
1 Sport 2008
Vices
Vices Clube Edições
3 Grêmio 1991, 1993 e 1995
3 Flamengo 1997, 2003 e 2004
2 Corinthians 2001 e 2008
2 Fluminense 1992 e 2005
1 Cruzeiro 1998
1 Palmeiras 1996
1 Sport 1989
1 Botafogo 1999
1 Brasiliense 2002
1 Ceará 1994
1 Figueirense 2007
1 Goiás 1990
1 São Paulo 2000
1 Vasco 2006

.

Técnicos campões e vices
Ano Campeão Técnico Vice Técnico
1989 Grêmio Cláudio Duarte Sport Nereu Pinheiro
1990 Flamengo Jair Pereira Goiás Sebastião Lapola
1991 Criciúma Luiz Felipe Scolari Grêmio Dino Sani
1992 Internacional Antônio Lopes Fluminense Sérgio Cosme
1993 Cruzeiro Pinheiro Grêmio Sérgio Cosme
1994 Grêmio Luiz Felipe Scolari Ceará Dimas Figueira
1995 Corinthians Eduardo Amorim Grêmio Luiz Felipe Scolari
1996 Cruzeiro Levir Culpi Palmeiras Wanderley Luxemburgo
1997 Grêmio Evaristo de Macedo Flamengo Sebastião Rocha
1998 Palmeiras Luiz Felipe Scolari Cruzeiro Levir Culpi
1999 Juventude Valmir Louruz Botafogo Gílson Nunes
2000 Cruzeiro Marco Aurélio São Paulo Levir Culpi
2001 Grêmio Tite Corinthians Vanderlei Luxemburgo
2002 Corinthians Parreira Brasiliense Péricles Chamusca
2003 Cruzeiro Vanderlei Luxemburgo Flamengo Nelsinho Baptista
2004 Santo André Péricles Chamusca Flamengo Abel Braga
2005 Paulista Vagner Mancini Fluminense Abel Braga
2006 Flamengo Ney Franco Vasco Renato Gaúcho
2007 Fluminense Renato Gaúcho Figueirense Mário Sérgio
2008 Sport Nelsinho Baptista Corinthians Mano Menezes
2009 Corinthians Mano Menezes Internacional Tite

.

Artilheiros

ANO ARTILHEIRO CLUBE GOLS
1989 GÉRSON Atlético-MG 7
1990 BIZU Náutico 7
1991 GÉRSON Atlético-MG 6
1992 GÉRSON Internacional 9
1993 GÍLSON Grêmio 8
1994 PAULINHO MCLAREN Internacional 6
1995 SÁVIO Flamengo 7
1996 MARCELO RAMOS Cruzeiro
LUIZÃO Palmeiras 7
1997 PAULO NUNES Grêmio 9
1998 ROMÁRIO Flamengo
LUIZÃO Vasco 6
1999 PETKOVIC Vitória
ROMÁRIO Flamengo 7
2000 OSÉAS Cruzeiro 10
2001 WASHINGTON Ponte Preta 11
2002 DEIVID Corinthians 13
2003 NONATO Bahia 9
2004 DAURI 15 de Novembro-RS 10
2005 FRED Cruzeiro 14
2006 VALDIRAM Vasco 7
2007 ANDRÉ LIMA Botafogo
DÊNIS MARQUES Atlético-PR
VICTOR SIMÕES Figueirense 5
2008 EDMUNDO Vasco 6
2009 TAISON Internacional 7

.

Maiores goleadas
4/3/1991 – Atlético-MG 11 x 0 Caiçara-PI
28/3/2001 – São Paulo 10 x 0 Botafogo-PB
24/3/1993 – Internacional 9 x 1 Ji-Paraná-RO
28/4/1995 – Flamengo 8 x 0 Kaburé-TO
5/3/1996 – Sergipe-SE 0 x 8 Palmeiras
4/3/1997 – Portuguesa 8 x 0 Kaburé-TO
10/2/1998 – Vasco 8 x 0 Picos-PI
15/3/2000 – Interporto-TO 0 x 8 Bahia

.

Jogadores com mais títulos

Danrlei – 1994 (Grêmio), 1997 (Grêmio) e 2001 (Grêmio)
Roger – 1994 (Grêmio), 1997 (Grêmio), 2001 (Grêmio) e 2007 (Fluminense)
Zinho – 1990 (Flamengo), 1998 (Palmeiras) e 2001 (Grêmio)

.

Clubes que mais jogaram

Clube J V E D GP GC
Flamengo 126 74 33 19 243 127
Grêmio 123 64 39 20 209 115
Vasco 119 61 36 22 230 131
Corinthians 115 63 26 26 211 113
Atlético-MG 113 56 24 33 228 138
Vitória 105 45 24 36 164 127
Cruzeiro 101 50 31 20 201 100
Fluminense 100 51 29 20 179 111
Internacional 99 49 25 25 168 89
Botafogo 87 41 25 21 148 102
Palmeiras 87 46 24 17 186 95
Bahia 85 33 31 21 140 95
Goiás 84 38 26 20 141 97

.

Maiores artilheiros

JOGADOR GOLS JOGOS INÍCIO FINAL
Romário 36 46 1995 2007
Viola 29 44 1989 2005
Oséas 28 53 1996 2004
Paulo Nunes 28 58 1993 2001
Dodô 26 48 1995 2007
Evair 24 36 1992 2003
Deivid 23 31 2000 2003
Gérson 23 26 1989 1992
Marcelinho Carioca 23 56 1989 2004
França 22 36 1994 2002

.

Jogadores que mais atuaram

JOGADOR JOGOS
Carlos Miguel 71
Zinho 71
Danrlei 66
Cléber 65
Ramón 62
Marquinhos 61
Rogério 60
Elivélton 58
Paulo Nunes 58
Roger 58
Campeões
Títulos Clube Edições
4 Grêmio 1989, 1994, 1997 e 2001
4 Cruzeiro 1993, 1996, 2000 e 2003
3 Corinthians 1995, 2002 e 2009
2 Flamengo 1990 e 1996
1 Criciúma 1991
1 Fluminense 2007
1 Internacional 1992
1 Juventude 1999
1 Palmeiras 1998
1 Paulista 2005
1 Santo André 2004
1 Sport 2008
Vices
Vices Clube Edições
3 Grêmio 1991, 1993 e 1995
3 Flamengo 1997, 2003 e 2004
2 Corinthians 2001 e 2008
2 Fluminense 1992 e 2005
1 Cruzeiro 1998
1 Palmeiras 1996
1 Sport 1989
1 Botafogo 1999
1 Brasiliense 2002
1 Ceará 1994
1 Figueirense 2007
1 Goiás 1990
1 São Paulo 2000
1 Vasco 2006
Autor: Tags:

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 Artilheiros, Confrontos, Estatísticas | 12:51

Robinho e o seu grande desempenho em clássicos

Compartilhe: Twitter

RobinhoDe volta ao futebol brasileiro, o atacante Robinho fez sua reestreia em grande estilo. Autor de um golaço de letra, que deu a vitória contra o São Paulo, ontem, Robinho comprovou que está de volta para assombrar os rivais. Principalmente Corinthians e São Paulo, seus maiores fregueses. Contra o Tricolor, até hoje, Robinho já participou de 11 clássicos. Venceu 7 e perdeu apenas 3, um aproveitamento de 66,7% no clássico. Já contra o Corinthians, foram 8 jogos, 7 vitórias e apenas um empate. Apenas contra o Palmeiras o desempenho do ex-atacante do Manchester City e Real Madrid não é tão bom. Em 5 jogos, o Peixe venceu apenas um jogo. No total, em 24 clássicos do Santos contra os rivais de São Paulo, foram 24 jogos, 14 vitórias, 4 empates e 5 derrotas, um aproveitamento de 66,7%.

.

Veja o desempenho de Robinho contra os grandes de São Paulo:

Santos x São Paulo

Data Santos Resultado Adversário Competição Local Gols
7/4/02 Santos 3 x 2 São Paulo Torneio Rio-São Paulo Vila Belmiro 0
16/10/02 Santos 2 x 3 São Paulo Brasileiro Morumbi 0
24/11/02 Santos 3 x 1 São Paulo Brasileiro Vila Belmiro 1
28/11/02 Santos 2 x 1 São Paulo Brasileiro Morumbi 0
15/2/03 Santos 1 x 2 São Paulo Paulista Vila Belmiro 0
1/6/03 Santos 3 x 2 São Paulo Brasileiro Vila Belmiro 0
4/10/03 Santos 2 x 1 São Paulo Brasileiro Morumbi 0
10/7/04 Santos 2 x 1 São Paulo Brasileiro Vila Belmiro 0
24/10/04 Santos 0 x 1 São Paulo Brasileiro Morumbi 0
3/4/05 Santos 0 x 0 São Paulo Paulista Wilson de Barros (Mogi Mirim) 0
7/2/10 Santos 2 x 1 São Paulo Paulista Arena Barueri 1

.

Santos x Corinthians

Data Santos Resultado Adversário Competição Local Gols
27/7/02 Santos 3 x 1 Corinthians Amistoso Vila Belmiro 0
3/10/02 Santos 4 x 2 Corinthians Brasileiro Pacaembu 0
8/12/02 Santos 2 x 0 Corinthians Brasileiro Morumbi 0
15/12/02 Santos 3 x 2 Corinthians Brasileiro Morumbi 1
2/11/03 Santos 3 x 1 Corinthians Brasileiro Vila Belmiro 1
4/7/04 Santos 3 x 2 Corinthians Brasileiro Pacaembu 0
6/10/04 Santos 1 x 1 Corinthians Brasileiro Vila Belmiro 0
13/2/05 Santos 3 x 0 Corinthians Paulista Vila Belmiro 2
31/7/05 Santos 4 x 2 * Corinthians Brasileiro Vila Belmiro 0

.

* Jogo anulado pelo caso da Máfia do Apito.

Santos x Palmeiras

Data Santos Resultado Adversário Competição Local Gols
29/9/02 Santos 1 x 1 Palmeiras Brasileiro Vila Belmiro 1
1/2/04 Santos 2 x 2 Palmeiras Paulista Morumbi 1
23/5/04 Santos 0 x 4 Palmeiras Brasileiro Vila Belmiro 0
12/9/04 Santos 2 x 1 Palmeiras Brasileiro Parque Antártica 0
6/3/05 Santos 1 x 3 Palmeiras Paulista Parque Antártica 0

.

Autor: Tags: ,

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010 Copa Libertadores, Estatísticas, História | 15:56

As maiores goleadas dos brasileiros em Libertadores

Compartilhe: Twitter

GuerrónO Cruzeiro garantiu, ontem, sua classificação para a fase de grupos da Libertadores em grande estilo. A vitória por 7 x 0 sobre o Real Potosí-BOL foi a sua maior goleada em 12 participações na competição. Esse goleada, porém, não é a maior de um clube brasileiro no torneio sul-americano. Em 1962, o Santos massacrou o Cerro Porteño-PAR por 9 x 1 na Vila Belmiro. Coutinho (3), Pelé (2), Pepe (2) , Dorval e Zito marcaram os gols do Peixe.

Outras goleadas também acabaram marcando os clubes brasileiros em Libertadores. Em 1963, o Santos venceu o Botafogo por 4 x 0, no Maracanã, pela semifinal. Na Libertadores de 1984, o Flamengo bateu duas vezes no Santos por goleada: 5 x 0 no Morumbi e 4 x 1 no Maracanã. Em 1989, outra goleada em semifinal foi a do Internacional sobre o Peñarol-URU, por 6 x 2, no Beira-Rio. Já em 1993, o São Paulo aplicou a maior goleada em uma final na história da Libertadores ao bater a Universidad Católica-CHI por 5 x 1, no Morumbi. Em 2005, o Tricolor repetiu a dose ao golear o Atlético-PR por 4 x 0 na decisão. Em 1995, nas quartas-de-final, o Grêmio venceu o Palmeiras por 5 x 0, no Olímpico. No jogo de volta, o Palmeiras devolvou a goleada (5 x 1), mas acabou perdendo a vaga no saldo. Em 1999, o Corinthians bateu o Cerro Porteño-PAR por 8 x 2,  no Pacaembu, pela primeira fase, com 5 gols do atacante Fernando Baiano.

Confira abaixo as maiores goleadas dos clubes brasileiros em Libertadores:

Data Resultado
28/02/1962 Santos 9 x 1 Cerro Porteño (PAR)
04/04/1995 Palmeiras 7 x 0 El Nacional (EQU)
01/04/2008 Santos 7 x 0 San José (BOL)
03/02/2010 Cruzeiro 7 x 0 Real Potosí (BOL)
07/04/1993 Flamengo 8 x 2 Minervén (VEN)
10/03/1999 Corinthians 8 x 2 Cerro Porteño (PAR)
20/05/1976 Cruzeiro 7 x 1 Alianza Lima (PER)
22/04/1983 Flamengo 7 x 1 Blooming (BOL)
17/02/1971 Fluminense 6 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
03/03/2000 Corinthians 6 x 0 LDU Quito (EQU)
05/04/2000 Atlético-MG 6 x 0 Cobreloa (CHI)
16/02/2005 Santos 6 x 0 Bolívar (BOL)
05/03/2008 Fluminense 6 x 0 Arsenal (ARG)
21/02/1962 Santos 6 x 1 Deportivo Municipal (BOL)
11/04/1979 Guarani 6 x 1 Universitário (PER)
10/07/1984 Grêmio 6 x 1 Univ. Los Andes (VEN)
02/04/2003 Corinthians 6 x 1 Fênix (URU)
08/05/1974 São Paulo 5 x 0 Jorge Wilstermann (BOL)
20/05/1984 Flamengo 5 x 0 Santos
16/08/1988 Sport 5 x 0 Alianza Lima (PER)
24/04/1991 Flamengo 5 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
10/04/1992 Criciúma 5 x 0 San José (BOL)
26/07/1995 Grêmio 5 x 0 Palmeiras
10/04/2001 Cruzeiro 5 x 0 Sporting Cristal (PER)
14/04/2004 Santos 5 x 0 Jorge Wilstermann (BOL)
12/05/2005 Santo André 5 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
07/02/2007 Santos 5 x 0 Blooming (BOL)
05/04/1989 Internacional 6 x 2 Peñarol (URU)
06/03/2003 Paysandu 6 x 2 Cerro Porteño (PAR)
13/02/1965 Santos 5 x 1 Universidad de Chile (CHI)
16/04/1978 Atlético-MG 5 x 1 Unión Española (CHI)
26/06/1984 Grêmio 5 x 1 Flamengo
19/05/1993 São Paulo 5 x 1 Universidad Católica (CHI)
02/08/1995 Palmeiras 5 x 1 Grêmio
05/02/2003 Santos 5 x 1 América de Cali (COL)
29/01/2009 Palmeiras 5 x 1 Real Potosí (BOL)
26/08/1963 Santos 4 x 0 Botafogo
20/03/1967 Cruzeiro 4 x 0 Deportivo Itália (VEN)
05/03/1972 São Paulo 4 x 0 Cerro Porteño (PAR)
27/09/1974 São Paulo 4 x 0 Millonários (COL)
02/10/1974 São Paulo 4 x 0 Defensor (URU)
12/05/1976 Cruzeiro 4 x 0 Alianza Lima (PER)
04/05/1977 Corinthians 4 x 0 Deportivo Cuenca (EQU)
17/07/1977 Cruzeiro 4 x 0 Portuguesa (VEN)
12/04/1979 Palmeiras 4 x 0 Alianza Lima (PER)
27/04/1980 Vasco 4 x 0 Deportivo Galícia (VEN)
27/04/1980 Internacional 4 x 0 Deportivo Táchira (VEN)
04/04/1991 Flamengo 4 x 0 Nacional (URU)
01/04/1992 São Paulo 4 x 0 Criciúma
14/04/1993 São Paulo 4 x 0 Newell’s Old Boys (ARG)
04/03/1997 Grêmio 4 x 0 Alianza Lima (PER)
29/04/1998 Grêmio 4 x 0 Nacional (URU)
09/04/1999 Corinthians 4 x 0 Olimpia (PAR)
15/02/2000 Palmeiras 4 x 0 The Strongest (BOL)
12/04/2000 Juventude 4 x 0 The Strongest (BOL)
13/02/2002 São Caetano 4 x 0 Alianza Lima (PER)
02/05/2002 Grêmio 4 x 0 River Plate (ARG)
01/06/2005 São Paulo 4 x 0 Tigres (MEX)
14/07/2005 São Paulo 4 x 0 Atlético-PR
18/04/2006 Internacional 4 x 0 Maracaíbo (VEN)
28/02/2007 São Paulo 4 x 0 Alianza Lima (PER)
13/03/1979 Palmeiras 5 x 2 Universitário (PER)
14/07/1981 Flamengo 5 x 2 Cerro Porteño (PAR)
03/06/1983 Flamengo 5 x 2 Bolívar (BOL)
03/03/1999 Palmeiras 5 x 2 Cerro Porteño (PAR)
21/04/1999 Corinthians 5 x 2 Jorge Wilstermann (BOL)
02/05/2001 Palmeiras 5 x 2 Cerro Porteño (PAR)

.

Autor: Tags: , ,

domingo, 31 de janeiro de 2010 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História | 22:51

Adriano repete façanha de Zico depois de 24 anos

Compartilhe: Twitter

Autor de três gols na fantástica virada do Flamengo sobre o Fluminense por 5 x 3, hoje à noite, o atacante Adriano alcançou uma marca que apenas 11 jogadores do rubro-negro conseguiram em 98 anos de história do clássico Fla-Flu. Desde o primeiro clássico, em 7/7/1912, somente dois jogadores fizeram quatro gols no clássico: Pirillo e Zico. Os dois craques também já fizeram três gols em outras partidas. Zico, aliás, havia sido o último rubro-negro a anotar três gols no Fla-Flu, na goleada por 4 x 1 do dia 16/2/1986.

Adriano, 5 gols nos últimos dois Fla-Flu

Adriano, 5 gols nos últimos dois Fla-Flu

.

O atacante Adriano, que já havia feito os dois gols na vitória por 2 x 0 no último clássico, pelo Brasileirão, fez mais três hoje e igualou a façanha de Zico, 24 anos depois.

A sensacional virada do Flamengo serviu ainda para quebrar um jejum do rival Fluminense. O time de Cuca não perdia no Maracanã havia 10 jogos (a última derrota foi justamente para o Flamengo (2 x 0)) e também já não era derrotado há 15 jogos como mandante.

Outra importante marca alcançada pelo Flamengo nesse 5 x 3 foi que o rubro-negro aumentou para 9 jogos sua sequência sem derrotas para o Tricolor das Laranjeiras. A última vitória do Flu foi no dia 10/2/2008, pelo Campeonato Carioca. De lá, para cá, foram quatro vitórias do Flamengo e cinco empates.

Confira abaixo a lista dos jogadores que já marcaram três ou quatro no Fla-Flu:

Data Resultado Gols do Fla
10/06/1945 Flamengo 7 x 0 Fluminense Pirillo (4), Adílson (3) e Tião (2)
07/03/1976 Flamengo 4 x 1 Fluminense Zico (4)
27/10/1912 Flamengo 4 x 0 Fluminense Orlando (3) e Miguel
09/05/1915 Flamengo 5 x 0 Fluminense Borgerth, Riemer (3) e Sidney Pullen
03/07/1932 Flamengo 4 x 0 Fluminense Nelson (3) e Cássio
27/07/1941 Flamengo 4 x 1 Fluminense Pirillo (3) e Nandinho
14/01/1951 Flamengo 5 x 2 Fluminense Durval (3), Esquerdinha e Gringo
18/12/1955 Flamengo 6 x 1 Fluminense Joel, Dida (2) e Paulinho (3)
02/12/1961 Flamengo 4 x 1 Fluminense Gérson e Dida (3)
20/03/1966 Flamengo 4 x 1 Fluminense Silva (3) e Almir
22/04/1972 Flamengo 5 x 2 Fluminense Liminha, Caio (3) e Jair
16/02/1986 Flamengo 4 x 1 Fluminense Zico (3) e Bebeto
31/01/2010 Flamengo 5 x 3 Fluminense Adriano (3), Vágner Love e Kleberson

.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Estatísticas, História | 19:07

Corinthians alcança 27 jogos de invencibilidade no Paulistão

Compartilhe: Twitter

Campeão invicto de 2009, o Corinthians ainda não perdeu pelo Campeonato Paulista em 2010. Assim, o time de Mano Menezes já alcança a marca de 27 jogos sem derrota pela competição. No ano passado, o alvinegro foi campeão com 13 vitórias e 10 empates. Nesse Paulistão, foram 2 vitórias e 2 empates.

A marca de 27 jogos sem derrota é a segunda maior na história do clube pelo Campeonato Paulista. Entre 1990 e 1991, o Corinthians ficou 40 jogos sem perder. No Paulistão de 1990, perdeu na primeira rodada para o Noroeste e depois ficou 34 jogos invicto, mesmo sem conseguir chegar à final. Em 1991, o clube perdeu somente na sétima rodada, alcançando a marca de 40 jogos sem derrota sob o comando do técnico Nelsinho Baptista.

Essa atual invencibilidade corintiana está valendo pela oitava edição da Taça dos Invictos, um prêmio criado nos anos 30 pelo extinto jornal A Gazeta Esportiva. Até hoje, o Corinthians é o clube que mais vezes ficou com a Taça dos Invictos ao lado do São Paulo: cinco (1956, 1957, 1988, 1990 e 2009). O Tricolor ganhou a taça em 1946, 1972, 1975, 2005 e 2007. O Palmeiras já ganhou quatro vezes e o Santos duas. Vale lembrar que a cada edição da taça dos invictos fica em posse definitiva com o clube que a conquistar por três vezes a cada edição. Nessa oitava edição, o São Paulo venceu duas vezes e o Corinthians é o atual campeão.

A última derrota do Corinthians foi pela última rodada da primeira fase do Paulistão de 2008, Noroeste 3 x 2, no dia 6 de abril. Como mandante, a última derrota do Timão pelo Estadual foi no dia 21 de março de 2008, justamente para o Palmeiras, seu próximo rival. Naquele dia, porém, a partida foi realizada no Morumbi. No próximo domingo o clássico será realizado no Pacaembu.

Confira abaixo a sequência invicta do Corinthians:

 

Data Resultado Local
22/01/2009 2 x 2 Barueri Pacaembu
25/01/2009 1 x 0 Bragantino Marcelo Stéfani
28/01/2009 2 x 0 Botafogo Pacaembu
31/01/2009 4 x 1 Oeste Pacaembu
04/02/2009 3 x 2 Paulista Jaime Cintra
07/02/2009 1 x 1 Portuguesa Pacaembu
11/02/2009 2 x 0 Mogi Mirim Pacaembu
15/02/2009 1 x 1 São Paulo Morumbi
21/02/2009 3 x 1 Guaratinguetá Prof. Dário Leite
25/02/2009 2 x 0 Noroeste Prudentão
01/03/2009 1 x 1 Marília Bento de Abreu
08/03/2009 1 x 1 Palmeiras Prudentão
11/03/2009 2 x 1 São Caetano Pacaembu
15/03/2009 0 x 0 Santo André Bruno José Daniel
22/03/2009 1 x 0 Santos Pacaembu
25/03/2009 2 x 2 Ponte Preta Pacaembu
28/03/2009 0 x 0 Guarani Brinco de Ouro
31/03/2009 3 x 0 Ituano Pacaembu
05/04/2009 2 x 2 Mirassol José Maria Maia
12/04/2009 2 x 1 São Paulo Pacaembu
19/04/2009 2 x 0 São Paulo Morumbi
26/04/2009 3 x 1 Santos Vila Belmiro
03/05/2009 1 x 1 Santos Pacaembu
17/01/2010 1 x 1 Monte Azul Santa Cruz
20/01/2010 2 x 1 Bragantino Pacaembu
24/01/2010 2 x 1 Oeste Fonte Luminosa
27/01/2010 1 x 1 Mirassol Pacaembu
Autor: Tags: ,

terça-feira, 26 de janeiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História | 12:14

Vasco aplicou a segunda maior goleada sobre o Botafogo

Compartilhe: Twitter

A esmagadora vitória do Vasco por 6 x 0 sobre o Botafogo, no último domingo, foi a segunda maior do clube cruzmaltino na história do “Clássico da Amizade”. Desde o dia 22 de abril de 1923, data do primeiro jogo, o Vasco já ganhou do rival 21 vezes por mais de 3 gols. A maior goleada foi no dia 29 de abril de 2001, pelo Campeonato Carioca, quando o Vasco aplicou um 7 x 0 no Botafogo, com três gols de Juninho Paulista, dois de Romário, um de Pedrinho e outro de Euller. Já a maior vitória do Botafogo no clássico foi um 5 x 0 , no dia 11 de junho de 1958, gols de Quarentinha (2), Paulinho Valentim, Garrinchinha e Rossi.

O Vasco também goleou o Botafogo pela segunda vez consecutiva no Engenhão, casa botafoguense. No ano passado, pelo Carioca, o Vasco venceu por 4 x 1. Outra curiosidade dessa última vitória do Vasco por 6 x 0 foi que o atacante Dodô entrou para o seleto grupo de jogadores que marcaram 3 gols pelo Vasco no clássico. Antes dele, apenas seis jogadores conseguiram tal façanha: Juninho Paulista (7 x 0, dia 29/4/2001); Russinho (6 x 3, dia 10/3/1927; e 4 x 2, dia 11/10/1925); Orlando Pinto (5 x 3, dia 8/6/1941);  Maneca (4 x 1, dia 15/8/1953); Romário (4 x 3, dia 28/3/1988; e 5 x 3, dia 22/1/2006); e Roberto Dinamite (3 x 2, dia 25/8/1974).

Confira abaixo as maiores goleadas de cada clube no clássico:

Goleadas do Vasco

Data Resultado Local Competição
29/04/2001 Vasco 7 x 0 Botafogo Maracanã Carioca
27/03/1946 Vasco 8 x 4 Botafogo Laranjeiras Torneio Nacional
24/01/2010 Vasco 6 x 0 Botafogo Engenhão Carioca
23/06/1935 Vasco 4 x 0 Botafogo General Severiano Carioca
19/10/1941 Vasco 4 x 0 Botafogo São Januário Carioca
30/05/2004 Vasco 4 x 0 Botafogo Maracanã Brasileiro
10/04/1927 Vasco 6 x 3 Botafogo General Severiano Amistoso
21/03/1926 Vasco 5 x 2 Botafogo Campos Salles Amistoso
24/07/1943 Vasco 4 x 1 Botafogo São Januário Carioca
15/08/1953 Vasco 4 x 1 Botafogo Maracanã Carioca
12/03/2009 Vasco 4 x 1 Botafogo Engenhão Carioca
14/05/1936 Vasco 3 x 0 Botafogo São Januário Amistoso
16/06/1940 Vasco 3 x 0 Botafogo Laranjeiras Carioca
15/03/1944 Vasco 3 x 0 Botafogo Laranjeiras Torneio Nacional
07/07/1946 Vasco 3 x 0 Botafogo General Severiano Carioca
10/11/1957 Vasco 3 x 0 Botafogo Maracanã Carioca
06/07/1969 Vasco 3 x 0 Botafogo Maracanã Robertão
16/09/1984 Vasco 3 x 0 Botafogo São Januário Carioca
23/05/1988 Vasco 3 x 0 Botafogo Maracanã Carioca
01/12/1988 Vasco 3 x 0 Botafogo Maracanã Brasileiro
14/04/1991 Vasco 3 x 0 Botafogo Maracanã Brasileiro


.
Goleadas do Botafogo

Data Resultado Local Competição
11/06/1958 Botafogo 5 x 0 Vasco General Severiano Torneio Nacional
09/08/1942 Botafogo 5 x 1 Vasco General Severiano Carioca
18/03/1961 Botafogo 5 x 1 Vasco Maracanã Torneio Rio-São Paulo
31/05/1947 Botafogo 4 x 0 Vasco Gávea Torneio Nacional
19/11/1961 Botafogo 4 x 0 Vasco Maracanã Carioca
09/06/1968 Botafogo 4 x 0 Vasco Maracanã Carioca
14/06/2007 Botafogo 4 x 0 Vasco Maracanã Brasileiro
25/05/2006 Botafogo 4 x 1 Vasco Maracanã Brasileiro
10/07/1938 Botafogo 5 x 2 Vasco Figueira de Melo Torneio Nacional
20/12/1931 Botafogo 3 x 0 Vasco São Januário Carioca
20/06/1951 Botafogo 3 x 0 Vasco Laranjeiras Torneio Nacional
11/08/1965 Botafogo 3 x 0 Vasco Maracanã Torneio Nacional
27/03/1966 Botafogo 3 x 0 Vasco Maracanã Torneio Rio-São Paulo
05/03/1972 Botafogo 3 x 0 Vasco Maracanã Carioca
Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010 Campeonatos Estaduais, Estatísticas, História | 11:39

Grêmio não perde dentro do Olímpico há 40 jogos

Compartilhe: Twitter

Depois que perdeu para o Goiás, no dia 13 de setembro de 2008, pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio não foi mais derrotado em casa, no estádio Olímpico. Ontem, o Tricolor bateu o Caxias por 3 x 2, pelo Gaúchão, e chegou a marca de 40 jogos sem derrota em casa. A sequência é a maior do momento entre os clubes da Série A. O segundo time com a maior invincibilidade em casa, atualmente, é o Fluminense, que não perde no Maracanã há 14 jogos.

Nesse período de 40 jogos de invincibilidade, o Grêmio ficou sem perder, em casa, em três competições em 2009: Campeonato Gaúcho, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro.

Confira abaixo as invencibilidades dos clubes da Série A atualmente e incrível sequência de 40 jogos sem derrotas do Grêmio no Olímpico:

Clube Invencilidade Última derrota Jogo
Grêmio 40 jogos 13/09/2008 Grêmio 1 x 2 Goiás
Fluminense 14 jogos 16/08/2009 Fluminense 1 x 3 Coritiba
Flamengo 9 jogos 20/08/2009 Flamengo 1 x 2 Cruzeiro
Avaí 8 jogos 06/09/2009 Avaí 0 x 2 Internacional
Barueri 7 jogos 26/09/2009 Barueri 0 x 1 Cruzeiro
Ceará 7 jogos 19/09/2009 Ceará 0 x 1 Paraná
Botafogo 5 jogos 25/10/2009 Botafogo 0 x 1 Flamengo
Palmeiras 4 jogos 18/10/2009 Palmeiras 0 x 2 Flamengo
Cruzeiro 3 jogos 01/11/2009 Cruzeiro 2 x 3 Fluminense
Guarani 3 jogos 31/10/2009 Guarani 0 x 3 Portuguesa
Internacional 3 jogos 01/11/2009 Internacional 0 x 1 Botafogo
Vitória 3 jogos 07/11/2009 Vitória 0 x 1 Avaí
Atlético-GO 1 jogo 27/11/2009 Atlético-GO 0 x 3 Bahia
Corinthians 1 jogo 21/11/2009 Corinthians 2 x 3 Náutico
Santos 1 jogo 06/12/2009 Santos 1 x 2 Cruzeiro
Vasco 1 jogo 21/11/2009 Vasco 0 x 1 Portuguesa
Atlético-MG 0 05/12/2009 Atlético-MG 0 x 3 Corinthians
Atlético-PR 0 20/01/2010 Atlético-PR 1 x 2 Operário
Goiás 0 20/01/2010 Goiás 2 x 5 Anapolina
São Paulo 0 17/01/2010 São Paulo 1 x 3 Portuguesa

.

A invencibilidade do Grêmio:

Data Jogo Competição
04/10/2008 Grêmio 2 x 1 Botafogo Campenato Brasileiro
08/10/2008 Grêmio 2 x 0 Santos Campenato Brasileiro
23/10/2008 Grêmio 1 x 0 Sport Campenato Brasileiro
02/11/2008 Grêmio 1 x 1 Figueirense Campenato Brasileiro
16/11/2008 Grêmio 2 x 1 Coritiba Campenato Brasileiro
07/12/2008 Grêmio 2 x 0 Atlético-MG Campenato Brasileiro
24/01/2009 Grêmio 5 x 0 Esportivo Campeonato Gaúcho
12/02/2009 Grêmio 2 x 0 Juventude Campeonato Gaúcho
17/02/2009 Grêmio 3 x 0 Brasil-P Campeonato Gaúcho
21/02/2009 Grêmio 2 x 0 Juventude Campeonato Gaúcho
25/02/2009 Grêmio 0 x 0 Universidad de Chile-CHI Copa Libertadores
27/02/2009 Grêmio 1 x 0 Veranópolis Campeonato Gaúcho
05/03/2009 Grêmio 1 x 1 Ypiranga Campeonato Gaúcho
18/03/2009 Grêmio 6 x 1 São José Campeonato Gaúcho
30/03/2009 Grêmio 2 x 0 São Luiz Campeonato Gaúcho
07/04/2009 Grêmio 3 x 0 Aurora-BOL Copa Libertadores
28/04/2009 Grêmio 3 x 0 Boyacá Chicó-COL Copa Libertadores
10/05/2009 Grêmio 1 x 1 Santos Campeonato Brasileiro
13/05/2009 Grêmio 2 x 0 Univ. San Martín-PER Copa Libertadores
24/05/2009 Grêmio 2 x 0 Botafogo Campeonato Brasileiro
04/06/2009 Grêmio 3 x 0 Náutico Campeonato Brasileiro
17/06/2009 Grêmio 0 x 0 Caracas Copa Libertadores
20/06/2009 Grêmio 2 x 2 Goiás Campeonato Brasileiro
02/07/2009 Grêmio 2 x 2 Cruzeiro Copa Libertadores
05/07/2009 Grêmio 4 x 1 Atlético-PR Campeonato Brasileiro
12/07/2009 Grêmio 3 x 0 Corinthians Campeonato Brasileiro
19/07/2009 Grêmio 2 x 1 Internacional Campeonato Brasileiro
25/07/2009 Grêmio 3 x 2 Santo André Campeonato Brasileiro
02/08/2009 Grêmio 4 x 1 Cruzeiro Campeonato Brasileiro
16/08/2009 Grêmio 4 x 1 Flamengo Campeonato Brasileiro
22/08/2009 Grêmio 4 x 1 Atlético-MG Campeonato Brasileiro
05/09/2009 Grêmio 1 x 1 Vitória Campeonato Brasileiro
19/09/2009 Grêmio 5 x 1 Fluminense Campeonato Brasileiro
04/10/2009 Grêmio 3 x 3 Sport Campeonato Brasileiro
18/10/2009 Grêmio 2 x 0 Coritiba Campeonato Brasileiro
28/10/2009 Grêmio 3 x 1 Avaí Campeonato Brasileiro
04/11/2009 Grêmio 1 x 1 São Paulo Campeonato Brasileiro
17/11/2009 Grêmio 2 x 0 Palmeiras Campeonato Brasileiro
28/11/2009 Grêmio 4 x 2 Barueri Campeonato Brasileiro
21/01/2010 Grêmio 3 x 2 Caxias Campeonato Gaúcho

a

Clube Invencilidade Última derrota Jogo
Grêmio 40 jogos 13/09/2009 Grêmio 1 x 2 Goiás
Fluminense 14 jogos 16/08/2009 Fluminense 1 x 3 Coritiba
Flamengo 9 jogos 20/08/2009 Flamengo 1 x 2 Cruzeiro
Avaí 8 jogos 06/09/2009 Avaí 0 x 2 Internacional
Barueri 7 jogos 26/09/2009 Barueri 0 x 1 Cruzeiro
Ceará 7 jogos 19/09/2009 Ceará 0 x 1 Paraná
Botafogo 5 jogos 25/10/2009 Botafogo 0 x 1 Flamengo
Palmeiras 4 jogos 18/10/2009 Palmeiras 0 x 2 Flamengo
Cruzeiro 3 jogos 01/11/2009 Cruzeiro 2 x 3 Fluminense
Guarani 3 jogos 31/10/2009 Guarani 0 x 3 Portuguesa
Internacional 3 jogos 01/11/2009 Internacional 0 x 1 Botafogo
Vitória 3 jogos 07/11/2009 Vitória 0 x 1 Avaí
Atlético-GO 1 jogo 27/11/2009 Atlético-GO 0 x 3 Bahia
Corinthians 1 jogo 21/11/2009 Corinthians 2 x 3 Náutico
Santos 1 jogo 06/12/2009 Santos 1 x 2 Cruzeiro
Vasco 1 jogo 21/11/2009 Vasco 0 x 1 Portuguesa
Atlético-MG 0 05/12/2009 Atlético-MG 0 x 3 Corinthians
Atlético-PR 0 20/01/2010 Atlético-PR 1 x 2 Operário
Goiás 0 20/01/2010 Goiás 2 x 5 Anapolina
São Paulo 0 17/01/2010 São Paulo 1 x 3 Portuguesa
Autor: Tags: ,

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010 Estatísticas, História | 12:14

Começa domingo a 27ª Copa das Nações Africanas

Compartilhe: Twitter

Começa domingo a 27ª edição da Copa das Nações Africanas. O principal torneio de seleções da África será disputado na Angola  e servirá como grande laboratório para os países africanos que estarão na Copa do Mundo. Apenas a África do Sul, país sede do próximo mundial, não irá participar da Copa das Nações. Costa do Marfim, adversário do Brasil na Copa, está no Grupo B, ao lado de Gana, outro país que estará na Copa do Mundo, Burkina Fasso e Togo.

No Grupo A, estão Angola (país sede), Mali, Malauí e Argélia (outro país garantido na Copa do Mundo). No Grupo C, estão Egito (atual campeão africano), Moçambique, Benin e Nigéria (mais um país que estará na Copa). Já no Grupo D, estão Tunísia, Zâmbia, Gabão e Camarões (outro país garantido na Copa).

Entre os favoritos ao título, estão Costa do Marfim, Camarões, e Egito, atual bicampeão da Copa das Nações, mas que acabou eliminado nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 pela Argélia. A seleção de Costa do Marfim, do técnico Vahid Halilhodzi, vem com grandes nomes para a disputa da competição continental. Entre eles Drogba e Kalou (Chelsea-ING), Eboué (Arsenal-ING), Kolo Touré (Manchester City-ING), Yaya Touré (Barcelona-ESP), Keita (Galatasaray-TUR). Já a seleção de Camarões, do astro Samuel Eto’o, atacante da Internazionale-ITA, tem também no elenco o experiente Geremi (Newcastle-ING), Song (Arsenal-ING) e Webó (Mallorca).

Até hoje, o Egito é o país que mais vezes conquistou a Copa das Nações Africanas. Atual bicampeão, o Egito já conquistou 6 vezes o torneio. Camarões e Gana, com quatro títulos cadas, vêm na sequencia na lista dos maiores campeões, seguidos pela República Democrática do Congo (ex-Zaire) e Nigéria, que têm dois títulos cada. Argélia, Congo, Etiópia, Costa do Marfim, Marrocos, África do Sul, Sudão e Tunísia têm um título cada.

Confira abaixo a lista dos campeões africanos:

Ano Campeão Vice
1957 Egito Etiópia
1959 Egito Sudão
1962 Etiópia Egito
1963 Gana Sudão
1965 Gana Tunísia
1968 Zaire Gana
1970 Sudão Gana
1972 Congo Mali
1974 Zaire Zâmbia
1976 Marrocos Guiné
1978 Gana Uganda
1980 Nigéria Argélia
1982 Gana Líbia
1984 Camarões Nigéria
1986 Egito Camarões
1988 Camarões Nigéria
1990 Argélia Nigéria
1992 Costa do Marfim Gana
1994 Nigéria Zâmbia
1996 África do Sul Tunísia
1998 Egito África do Sul
2000 Camarões Nigéria
2002 Camarões Senegal
2004 Tunísia Marrocos
2006 Egito Costa do Marfim
2008 Egito Camarões
Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 Estatísticas, Futebol Europeu, História | 23:31

Messi é o primeiro argentino coroado como o melhor do mundo

Compartilhe: Twitter

O atacante Messi foi eleito hoje o melhor jogador do mundo pela Fifa. Essa é a primeira vez que um argentino leva o prêmio, que começou em 1991. Desde então, o Brasil (oito vezes) é o país que mais teve jogadores eleitos como os melhores do mundo. A França, por conta de Zidane, é o segundo país com mais prêmio (três). Portugal e Itália têm dois vencedores cada e Alemanha, Libéria, Holanda e Argentina têm um prêmio cada.

A escolha do argentino Messi acabou coroando sua temporada perfeita pelo Barcelona. Campeão de tudo o que disputou na temporada (Mundial de Clubes, Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Supercopa Espanhola e Supercopa Européia), Messi foi o sétimo jogador da história a conquistar o prêmio da Fifa pelo Barcelona. O clube catalão é o maior vencedor da premiação, seguido por Real Madrid e Juventus, que levaram quatro vezes. Milan e Inter de Milão têm três prêmios cada. Já Manchester United, PSV Eindhoven e Paris Saint-Germain têm um prêmio cada.

Outra curiosidade é que o Brasil não tem um jogador entre os três melhores pelo segundo ano consecutivo. Das 19 premiações da Fifa para o melhor jogador do mundo, isso só aconteceu seis vezes (1991, 1992, 1995, 2001, 2008 e 2009).

Relembre abaixo todos os vencedores, além dos clubes e países que mais conquistaram o prêmio da Fifa.

Pos. Jogador País Clube
1991
Matthäus Alemanha Internazionale (ITA)
Papin França Olympique de Marseille (FRA)
Lineker Inglaterra Tottenham (ING)
1992
Van Basten Holanda Milan (ITA)
Stoichkov Bulgária Barcelona (ESP)
Hässler Alemanha Roma (ITA)
1993
Roberto Baggio Itália Juventus (ITA)
Romário Brasil Barcelona (ESP) e PSV Eindhoven (HOL)
Bergkamp Holanda Internazionale (ITA) e Ajax (HOL)
1994
Romário Brasil Barcelona (ESP)
Stoichkov Bulgária Barcelona (ESP)
Roberto Baggio Itália Juventus (ITA)
1995
Weah Libéria Milan (ITA)
Maldini Itália Paris Saint-Germain (FRA) e Milan (ITA)
Klinsmann Alemanha Bayern Munique (ALE) e Tottenham (ING)
1996
Ronaldo Brasil PSV Eindhoven (HOL) e Barcelona (ESP)
Weah Libéria Milan (ITA)
Shearer Inglaterra Newcastle (ING) e Blackburn (ING)
1997
Ronaldo Brasil Barcelona (ESP) e Internazionale (ITA)
Roberto Carlos Brasil Real Madrid (ESP)
Bergkamp Holanda Arsenal (ING)
Zidane França Juventus (ITA)
1998
Zidane França Juventus (ITA)
Ronaldo Brasil Internazionale (ITA)
Suker Croácia Real Madrid (ESP)
1999
Rivaldo Brasil Barcelona (ESP)
Beckham Inglaterra Manchester United (ING)
Batistuta Argentina Fiorentina (ITA)
2000
Zidane França Juventus (ITA)
Figo Portugal Barcelona (ESP) e Real Madrid (ESP)
Rivaldo Brasil Barcelona (ESP)
2001
Figo Portugal Real Madrid (ESP)
Beckham Inglaterra Manchester United (ING)
Raul Espanha Real Madrid (ESP)
2002
Ronaldo Brasil Internazionale (ITA) e Real Madrid (ESP)
Kahn Alemanha Bayern Munique (ALE)
Zidane França Real Madrid (ESP)
2003
Zidane França Real Madrid (ESP)
Henry França Arsenal (ING)
Ronaldo Brasil Real Madrid (ESP)
2004
Ronaldinho Gaúcho Brasil Barcelona (ESP)
Henry França Arsenal (ING)
Shevchenko Ucrânia Milan (ITA)
2005
Ronaldinho Gaúcho Brasil Barcelona (ESP)
Lampard Inglaterra Chelsea (ING)
Eto’o Camarões Barcelona (ESP)
2006
Cannavaro Itália Juventus (ITA) e Real Madrid (ESP)
Zidane França Real Madrid (ESP)
Ronaldinho Gaúcho Brasil Barcelona (ESP)
2007
Kaká Brasil Milan (ITA)
Messi Argentina Barcelona (ESP)
Cristiano Ronaldo Portugal Manchester United (ING)
2008
Cristiano Ronaldo Portugal Manchester United (ING)
Messi Argentina Barcelona (ESP)
Fernando Torres Espanha Liverpool (ING)
2009
Messi Argentina Barcelona (ESP)
Cristiano Ronaldo Portugal Real Madrid (ESP)
Xavi Espanha Barcelona (ESP)

Pos.

Jogador

País

Clube

1991

Lothar Matthäus

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/ba/Flag_of_Germany.svg/22px-Flag_of_Germany.svg.png Alemanha

ItalyInternazionale (ITA)

Jean-Pierre Papin

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

FranceOlympique de Marseille (FRA)

Gary Lineker

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/be/Flag_of_England.svg/22px-Flag_of_England.svg.png Inglaterra

EnglandTottenham (ING)

1992

Marco van Basten

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/20/Flag_of_the_Netherlands.svg/22px-Flag_of_the_Netherlands.svg.png Holanda

ItalyMilan (ITA)

Hristo Stoichkov

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/9a/Flag_of_Bulgaria.svg/22px-Flag_of_Bulgaria.svg.png Bulgária

SpainBarcelona (ESP)

Thomas Häßler

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/ba/Flag_of_Germany.svg/22px-Flag_of_Germany.svg.png Alemanha

ItalyRoma (ITA)

1993

Roberto Baggio

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/03/Flag_of_Italy.svg/22px-Flag_of_Italy.svg.png Itália

ItalyJuventus (ITA)

Romário

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)
NetherlandsPSV Eindhoven (HOL)

Dennis Bergkamp

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/20/Flag_of_the_Netherlands.svg/22px-Flag_of_the_Netherlands.svg.png Holanda

ItalyInternazionale (ITA)
NetherlandsAjax (HOL)

1994

Romário

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

Hristo Stoichkov

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/9a/Flag_of_Bulgaria.svg/22px-Flag_of_Bulgaria.svg.png Bulgária

SpainBarcelona (ESP)

Roberto Baggio

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/03/Flag_of_Italy.svg/22px-Flag_of_Italy.svg.png Itália

ItalyJuventus (ITA)

1995

George Weah

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/b8/Flag_of_Liberia.svg/22px-Flag_of_Liberia.svg.png Libéria

ItalyMilan (ITA)
FranceParis Saint-Germain (FRA)

Paolo Maldini

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/03/Flag_of_Italy.svg/22px-Flag_of_Italy.svg.png Itália

ItalyMilan (ITA)

Jürgen Klinsmann

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/ba/Flag_of_Germany.svg/22px-Flag_of_Germany.svg.png Alemanha

GermanyBayern Munique (ALE)
EnglandTottenham (ING)

1996

Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)
NetherlandsPSV Eindhoven (HOL)

George Weah

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/b8/Flag_of_Liberia.svg/22px-Flag_of_Liberia.svg.png Libéria

ItalyMilan (ITA)

Alan Shearer

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/be/Flag_of_England.svg/22px-Flag_of_England.svg.png Inglaterra

EnglandNewcastle (ING)
EnglandBlackburn (ING)

1997

Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

ItalyInternazionale (ITA)
SpainBarcelona (ESP)

Roberto Carlos

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainReal Madrid (ESP)


(tie)

Dennis Bergkamp

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/20/Flag_of_the_Netherlands.svg/22px-Flag_of_the_Netherlands.svg.png Holanda

EnglandArsenal (ING)

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

ItalyJuventus (ITA)

1998

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

ItalyJuventus (ITA)

Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

ItalyInternazionale (ITA)

Davor Šuker

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1b/Flag_of_Croatia.svg/22px-Flag_of_Croatia.svg.png Croácia

SpainReal Madrid (ESP)

1999

Rivaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

David Beckham

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/be/Flag_of_England.svg/22px-Flag_of_England.svg.png Inglaterra

EnglandManchester United (ING)

Gabriel Batistuta

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1a/Flag_of_Argentina.svg/22px-Flag_of_Argentina.svg.png Argentina

ItalyFiorentina (ITA)

2000

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

ItalyJuventus (ITA)

Luís Figo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5c/Flag_of_Portugal.svg/22px-Flag_of_Portugal.svg.png Portugal

SpainReal Madrid (ESP)
SpainBarcelona (ESP)

Rivaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

2001

Luís Figo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5c/Flag_of_Portugal.svg/22px-Flag_of_Portugal.svg.png Portugal

SpainReal Madrid (ESP)

David Beckham

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/be/Flag_of_England.svg/22px-Flag_of_England.svg.png Inglaterra

EnglandManchester United (ING)

Raul Gonzalez Blanco

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/9a/Flag_of_Spain.svg/22px-Flag_of_Spain.svg.png Espanha

SpainReal Madrid (ESP)

2002

Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainReal Madrid (ESP)
ItalyInternazionale (ITA)

Oliver Kahn

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/ba/Flag_of_Germany.svg/22px-Flag_of_Germany.svg.png Alemanha

GermanyBayern Munique (ALE)

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

SpainReal Madrid (ESP)

2003

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

SpainReal Madrid (ESP)

Thierry Henry

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

EnglandArsenal (ING)

Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainReal Madrid (ESP)

2004

Ronaldinho

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

Thierry Henry

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

EnglandArsenal (ING)

Andriy Shevchenko

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/4/49/Flag_of_Ukraine.svg/22px-Flag_of_Ukraine.svg.png Ucrânia

ItalyMilan (ITA)

2005

Ronaldinho

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

Frank Lampard

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/be/Flag_of_England.svg/22px-Flag_of_England.svg.png Inglaterra

EnglandChelsea (ING)

Samuel Eto’o

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/4/4f/Flag_of_Cameroon.svg/22px-Flag_of_Cameroon.svg.png Camarões

SpainBarcelona (ESP)

2006

Fabio Cannavaro

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/03/Flag_of_Italy.svg/22px-Flag_of_Italy.svg.png Itália

SpainReal Madrid (ESP)
ItalyJuventus (ITA)

Zinedine Zidane

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/c/c3/Flag_of_France.svg/22px-Flag_of_France.svg.png França

SpainReal Madrid (ESP)

Ronaldinho

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

SpainBarcelona (ESP)

2007

Kaká

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/05/Flag_of_Brazil.svg/22px-Flag_of_Brazil.svg.png Brasil

ItalyMilan (ITA)

Lionel Messi

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1a/Flag_of_Argentina.svg/22px-Flag_of_Argentina.svg.png Argentina

SpainBarcelona (ESP)

Cristiano Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5c/Flag_of_Portugal.svg/22px-Flag_of_Portugal.svg.png Portugal

EnglandManchester United (ING)

2008

Cristiano Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5c/Flag_of_Portugal.svg/22px-Flag_of_Portugal.svg.png Portugal

EnglandManchester United (ING)

Lionel Messi

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1a/Flag_of_Argentina.svg/22px-Flag_of_Argentina.svg.png Argentina

SpainBarcelona (ESP)

Fernando Torres

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/9a/Flag_of_Spain.svg/22px-Flag_of_Spain.svg.png Espanha

EnglandLiverpool (ING)

2009

Lionel Messi

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/1/1a/Flag_of_Argentina.svg/22px-Flag_of_Argentina.svg.png Argentina

SpainBarcelona (ESP)

Cristiano Ronaldo

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/5/5c/Flag_of_Portugal.svg/22px-Flag_of_Portugal.svg.png Portugal

SpainReal Madrid (ESP)

Xavi

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/9/9a/Flag_of_Spain.svg/22px-Flag_of_Spain.svg.png Espanha

SpainBarcelona (ESP)

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 15:08

São Paulo lidera o ranking na era dos pontos corridos

Compartilhe: Twitter

Desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado no sistema de pontos corridos, o São Paulo é o clube com o melhor desempenho na competição. Em sete edições, o clube foi campeão em três delas (2006, 2007 e 2008) e terceiro colocado em mais três (2003, 2004 e 2009). Apenas em 2005 o clube não fez uma boa campanha (foi 11º colocado). Porém, naquele ano o clube priorizou a Libertadores e o Mundial de Clubes da Fifa, torneios em que acabou campeão. O Internacional, vice-campeão em 2005, 2006 e 2009, é o segundo colocado nesse ranking, 54 pontos atrás do São Paulo, e seguindo bem de perto por Cruzeiro e Santos.

Uma curiosidade é que apenas oito dos 36 clubes que já jogaram na série A na era pontos corridos conseguiram disputar todas as edições desde 2003. Justamente os oito primeiros do ranking de pontos: São Paulo, Inter, Cruzeiro, Santos, Goiás, Flamengo, Atlético-PR e Fluminense.

Já no ranking geral de pontos desde 1971, a posição dos quatro primeiros times também é a mesma, com o São Paulo na liderança, seguido por Inter, Cruzeiro e Santos. O Flamengo, campeão de 2009, superou o Palmeiras e pulou para o 5º lugar. Já o Corinthians aproveitou que o Vasco não disputou o Brasileiro e saltou para o 8º lugar. Até hoje, apenas três clubes disputaram todas as 39 edições do Brasileirão: Inter, Cruzeiro e Flamengo.

Veja abaixo o ranking de pontos dos clubes que jogaram a Série A e o ranking dos 30 primeiros clubes desde 1971.

Ranking de Pontos (pontos corridos)

Autor: Tags:

terça-feira, 8 de dezembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 10:35

Raio-X dos jogadores e técnicos do Brasileirão de 2009

Compartilhe: Twitter

Ontem, a CBF e a revista PLACAR divulgaram os melhores jogadores do Brasileirão de 2009. Pela CBF, Diego Souza foi o escolhido. Na PLACAR, deu Adriano. Mas a seleção final das duas premiações acabaram ficando até parecidas. O time da CBF foi esse: Victor, Jonathan, André Dias, Miranda e Júlio César; Hernanes, Guiñazu, Diego Souza e Petkovic; Diego Tardelli e Adriano. Pela PLACAR, os melhores foram: Victor, Jonathan, André Dias, Miranda e Kléber; Pierra, Guiñazu, Marcelinho Paraíba e Petkovic; Diego Tardelli e Adriano.

Em termos de números, sem a subjetividade dos critérios das premiações, outros jogadores acabaram também se destacando ou fracassando nesse Brasileirão. Hoje, vou colocar os destaques entre os jogadores e os técnicos. Confira no Raio-X abaixo:

JOGADORES

718 entraram em campo no Brasileirão. Desses, 31 defenderam dois clubes.

RANKING (2003-2009)
Clube 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Total
São Paulo 78 82 58 78 77 75 65 513
Internacional 72 67 78 69 54 54 65 459
Cruzeiro 100 56 60 53 60 67 62 458
Santos 87 89 59 64 62 45 49 455
Goiás 65 72 74 55 45 53 55 419
Flamengo 66 54 55 52 61 64 67 419
Atlético-PR 61 86 61 48 54 45 48 403
Fluminense 52 67 68 45 61 45 46 384
Palmeiras 79 70 44 58 65 62 378
10º Corinthians 59 74 81 53 44 52 363
11º Grêmio 50 39 67 58 72 55 341
12º Figueirense 65 63 53 57 53 44 335
13º Atlético-MG 72 53 47 55 48 56 331
14º Vasco 54 54 56 59 54 40 317
15º Botafogo 51 59 51 55 53 47 316
16º Coritiba 73 62 49 53 45 282
17º Paraná 65 54 61 60 41 281
18º Juventude 53 70 55 47 41 266
19º São Caetano 74 53 52 36 215
20º Ponte Preta 50 64 51 39 204
Vitória 56 48 52 48 204
22º Paysandu 49 56 41 146
23º Fortaleza 49 55 38 142
24º Sport 51 52 31 134
25º Náutico 49 44 38 131
26º Criciúma 60 50 110
Guarani 61 49 110
28º Avaí 57 57
29º Barueri 49 49
30º Bahia 46 46
31º Brasiliense 41 41
Santo André
ARTILHEIROS



jogador clube gols jogos média
Adriano Flamengo 19 30 0,63
Diego Tardelli Atlético-MG 19 33 0,58
Val Baiano Barueri 18 28 0,64
Washington São Paulo 17 33 0,52
Alecsandro Internacional 16 35 0,46

.

ASSISTÊNCIAS


jogador clube posição assistências
Cleiton Xavier Palmeiras M 12
Júlio César Goiás LE 8
Paulo Baier Atlético-PR M 6
Muriqui Avaí M 6
Thiago Humberto Barueri M 6
Conca Fluminense M 6

.

QUEM MAIS LEVOU CARTÕES AMARELOS


jogador clube posição cartões jogos
Williams Flamengo V 16 31
Uellinton Vitória V 14 25
Asprilla Náutico Z 14 26
Leandro Castan Barueri Z 14 33
Leandro Donizete Coritiba V 14 34

.

QUEM MAIS LEVOU CARTÕES VERMELHOS


jogador clube posição cartões jogos
Vágner Náutico Z 4 27
Durval Sport Z 4 31
João Paulo Goiás Z 3 14
Rafael Tolói Goiás Z 3 20
Richarlyson São Paulo V 3 27
Hamilton Sport V 3 28
Renato Silva São Paulo Z 3 30
Nunes Santo André A 3 32

.

QUEM MAIS JOGOU


jogador clube posição jogos
Goiás Harlei G 38
Eduardo Martini Avaí G 37
Leandro Guerreiro Botafogo V 37
Bruno Flamengo G 37
Neneca Santo André G 37
Madson Santos M 37
Magrão Sport G 37

.

GOLEIROS MENOS VAZADOS*


jogador clube gols sofridos jogos média
Galatto Atlético-PR 12 14 0,86
Dênis São Paulo 16 17 0,94
Marcelo Grohe Grêmio 10 10 1
Bosco São Paulo 7 7 1
Jefferson Botafogo 16 15 1,07
* mínimo de 5 jogos

.

GOLEIROS MAIS VAZADOS*


jogador clube gols sofridos jogos média
Douglas Santos 16 7 2,29
Eduardo Náutico 28 13 2,15
Ricardo Berna Fluminense 17 9 1,89
Magrão Sport 68 37 1,84
Gléguer Vitória 22 12 1,83
* mínimo de 5 jogos

.

OS MAIS NOVOS DO BRASILEIRÃO


jogador clube posição idade nascimento
Fernando Grêmio V 17 anos 03/03/1992
Dodô Corinthians LE 17 anos 06/02/1992
Neymar Santos A 17 anos 05/02/1992
Marcelo Atlético-PR A 17 anos 22/01/1992
Dudu Cruzeiro M 17 anos 07/01/1992

.

OS MAIS VELHOS DO BRASILEIRÃO


jogador clube posição idade nascimento
Fernando Santo André V 42 anos 03/04/1967
Marcelinho Santo André M 38 anos 01/02/1971
Kuki Náutico A 38 anos 30/04/1971
Harlei Goiás G 37 anos 30/03/1972
Ramon Vitória M 37 anos 30/06/1972

..  CC

CLUBES QUE MAIS USUARAM JOGADORES
clube jogadores
Náutico 46
Atlético-MG 44
Cruzeiro 43

CC

CLUBES QUE MENOS USUARAM JOGADORES
clube jogadores
São Paulo 27
Barueri e Palmeiras 32
Internacional 33

CC

CLUBES QUE MAIS PERDERAM JOGADORES
clube jogadores
Atlético-PR 9
Corinthians, Coritiba,
Cruzeiro e Santos 8

CC

CLUBES QUE MENOS PERDERAM JOGADORES
clube jogadores
Botafogo, Flamengo,
Goiás, Santo André e
São Paulo 4

CCASD

OS GRINGOS NO BRASILEIRÃO

País Jogador Posição Clube
Argentina Emiliano M Barueri
Argentina Escudero Z Corinthians
Argentina Defederico M Corinthians
Argentina Ariel A Coritiba
Argentina Sorín* LE Cruzeiro
Argentina Maxi A Flamengo
Argentina Conca M Fluminense
Argentina Ezequiel González M Fluminense
Argentina Maxi López A Grêmio
Argentina Herrera A Grêmio
Argentina Guiñazu V Internacional
Argentina D’Alessandro M Internacional
Argentina Mariano Torres M Náutico
Argentina Adrián González LD São Paulo
Bolívia Arce A Sport
Chile Fierro M Flamengo
Chile Maldonado V Flamengo
Colômbia Rentería A Atlético-MG
Colômbia Valencia V Atlético-PR
Colômbia Perea A Grêmio
Colômbia Armero LE Palmeiras
Colômbia Molina* M Santos
Colômbia Viáfara G Vitória
Equador Guerrón A Cruzeiro
Equador Urrutia V Fluminense
Equador Bolaños A Internacional
Paraguai Pedro Benítez Z Internacional
Paraguai Julio dos Santos* M Atlético-PR
Paraguai Balbuena LD Corintihans
Paraguai Ortigoza A Palmeiras
Paraguai Pablo Escobar A Santo André
Sérvia Petkovic M Flamengo
Uruguai Carini G Atlético-MG
Uruguai Castillo G Botafogo
Uruguai Orteman* M Grêmio
Uruguai Sorondo Z Internacional
Uruguai Acosta A Náutico
* Saíram antes do final do campeonato.

.

TÉCNICOS

TÉCNICOS QUE MAIS TROCARAM DE CLUBES
Cuca (Flamengo e Fluminense) 2
Estevam Soares (Barueri e Botafogo) 2
Geninho (Atlético-PR e Náutico) 2
Muricy Ramalho (São Paulo e Palmeiras) 2
Ney Franco (Botafogo e Coritiba) 2
Vágner Mancini (Santos e Vitória) 2
Vanderlei Luxemburgo (Palmeiras e Santos) 2

CC

QUEM TEVE MAIS TÉCNICOS
Atlético-PR, Barueri, Fluminense,
Náutico, Santo André e Sport 3

CC

MELHORES APROVEITAMENTOS *
Jorginho 76,20%
Andrade 66,70%
Mário Sérgio 63,60%
Ricardo Gomes 62,40%
Adílson Batista 54,40%
* mínimo de 5 jogos

C

PIORES APROVEITAMENTOS *
Márcio Bittencourt 0,00%
Levi Gomes 9,50%
Renato Gaúcho 20,00%
Alexandre Gallo 28,60%
René Simões 29,60%
* mínimo de 5 jogos

.

OS 37GRINGOS NO BRASILEIRÃO

País Jogador Posição Clube

Argentina

Emiliano

M

Barueri

Argentina

Escudero

Z

Corinthians

Argentina

Defederico

M

Corinthians

Argentina

Ariel

A

Coritiba

Argentina

Sorín*

LE

Cruzeiro

Argentina

Maxi

A

Flamengo

Argentina

Conca

M

Fluminense

Argentina

Ezequiel González

M

Fluminense

Argentina

Maxi López

A

Grêmio

Argentina

Herrera

A

Grêmio

Argentina

Guiñazu

V

Internacional

Argentina

D’Alessandro

M

Internacional

Argentina

Mariano Torres

M

Náutico

Argentina

Adrián González

LD

São Paulo

Bolívia

Arce

A

Sport

Chile

Fierro

M

Flamengo

Chile

Maldonado

V

Flamengo

Colômbia

Rentería

A

Atlético-MG

Colômbia

Valencia

V

Atlético-PR

Colômbia

Perea

A

Grêmio

Colômbia

Armero

LE

Palmeiras

Colômbia

Molina*

M

Santos

Colômbia

Viáfara

G

Vitória

Equador

Guerrón

A

Cruzeiro

Equador

Urrutia

V

Fluminense

Equador

Bolaños

A

Internacional

Paraguai

Pedro Benítez

Z

Internacional

Paraguai

Julio dos Santos*

M

Atlético-PR

Paraguai

Balbuena

LD

Corintihans

Paraguai

Ortigoza

A

Palmeiras

Paraguai

Pablo Escobar

A

Santo André

Sérvia

Petkovic

M

Flamengo

Uruguai

Carini

G

Atlético-MG

Uruguai

Castillo

G

Botafogo

Uruguai

Orteman*

M

Grêmio

Uruguai

Sorondo

Z

Internacional

Uruguai

Acosta

A

Náutico

* Saíram antes do final do campeonato.

Autor: Tags:

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 11:24

Ronaldo ficou a sete gols de sua meta para 2009

Compartilhe: Twitter

RonaldoQuando chegou ao Corinthians, o atacante Ronaldo traçou uma meta de encerrar a temporada com 30 gols. Um número alcançado por ele em nove das 15 temporadas que fez (em dois anos praticamente não jogou). Pelo Corinthians, porém, o Fenômeno não conseguiu atingir esse número. Ronaldo marcou 23 gols e ficou a 7 da marca esperada. Em números totais de gols, essa foi a 10ª melhor temporada de Ronaldo. Na média de gols, a temporada também foi sua 10ª melhor. Ronaldo disputou 38 jogos e marcou 23 gols, média de 0,61 gol por partida. Em termos de títulos, porém, a temporada foi um das melhores para o atacante, que foi campeão Paulista e da Copa do Brasil. Veja abaixo o desempenho de Ronaldo ano a ano.

Ano Jogos Gols Média
1993 29 28 0,97
1994 56 46 0,82
1995 50 51 1,02
1996 39 31 0,79
1997 80 66 0,83
1998 53 30 0,57
1999 35 21 0,60
2000 1 0 0,00
2001 13 8 0,62
2002 33 21 0,64
2003 71 50 0,70
2004 63 36 0,57
2005 49 31 0,63
2006 34 17 0,50
2007 16 7 0,44
2008 5 2 0,40
2009 38 23 0,61

.

tardelli11Entre os principais goleadores dos clubes do Brasileirão, daqueles que ainda estão no elenco de suas respectivas equipes, apenas dois jogadores conseguiram atingir a marca de 30 ou mais gols na temporada: Felipe, do Goiás, autor de 30 gols, e Diego Tardelli, do Atlético-MG, que marcou 39 gols em partidas oficiais de campeonatos. Na média de gols, Diego Tardelli também foi o melhor, com 0,74 por partida. Nesse quesito, Ronaldo foi o quarto, com uma média de 0,61, atrás de Adriano (0,66) e Fred (0,63). Confira quantos gols os principais artilheiros de cada time da Série A marcou na temporada.

Jogador Clube Jogos Gols Média
Diego Tardelli Atlético-MG 53 39 0,74
Felipe Goiás 56 30 0,54
Kleber Pereira Santos 53 28 0,53
Washington São Paulo 56 27 0,48
Alecsandro Internacional 64 27 0,42
Marcelinho Paraíba Coritiba 50 25 0,50
Wellington Paulista Cruzeiro 44 24 0,55
Ronaldo Corinthians 38 23 0,61
Jonas Grêmio 49 23 0,47
Fred Fluminense 35 22 0,63
Victor Simões Botafogo 54 19 0,35
Adriano Flamengo 29 19 0,66
Carlinhos Bala Náutico 58 19 0,33
Val Baiano Barueri 32 18 0,56
Nunes Santo André 39 18 0,46
Diego Souza Palmeiras 61 18 0,30
Marcinho Atlético-PR 58 17 0,29
William Avaí 40 15 0,38
Ciro Sport 42 15 0,36
Roger Vitória 34 14 0,41
Autor: Tags: , ,

domingo, 29 de novembro de 2009 Artilheiros, Campeões, Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História, Público | 20:43

Fla pode ser campeão com artilheiro e melhor público

Compartilhe: Twitter

A 37ª rodada do Campeonato Brasileiro foi excelente para o Flamengo. Além de vencer o Corinthians (2 x 0), o Rubro-negro viu seu o São Paulo, seu maior rival na disputa pelo título, perder feio para o Goiás (4 x 2). O time do técnico Andrade pode ser campeão até com uma derrota (desde que todos os três outros candidatos ao título não vençam). Mas o mais provável é que uma vitória simples, diante do Grêmio, na última rodada, dê ao Flamengo seu 6º título Brasileiro, o primeiro depois de 17 anos.

Além de poder quebrar esse jejum de título e igualar o São Paulo em número de conquistas do Campeonato Brasileiro, o Flamengo poderá encerrar ainda uma escrita. Desde 2000, o campeão brasileiro não tem também o artilheiro da competição. Com 19 gols, Adriano divide a artilharia do Brasileirão de 2009 com Diego Tardelli, do Atlético-MG. O atacante Rubro-negro, poderá ser também o primeiro artilheiro do Flamengo na competição depois de Zico, em 1982.

Desde 1971, apenas 11 dos 37 campeões brasileiros conseguiram vencer a competição e ter ainda o artilheiro. Confira:

1971 – Dario (Atlético-MG), 15 gols
1974 – Roberto Dinamite (Vasco), 16 gols
1975 – Flávio (Internacional), 16 gols
1976 – Dario (Internacional), 16 gols
1980 – Zico (Flamengo), 21 gols
1982 – Zico (Flamengo), 21 gols
1986 – Careca (São Paulo), 25 gols
1995 – Túlio (Botafogo), 23 gols
1996 – Paulo Nunes (Grêmio), 16 gols, ao lado de Renaldo (Atlético-MG)
1997 – Edmundo (Vasco), 29 gols
2000 – Romário (Vasco), 20 gols, ao lado de Magno Alves (Fluminense) e Dill (Goiás)

Outra marca importante que o Flamengo deverá alcançar no Brasileirão 2009 será a de público. Hoje, o Rubro-negro tem a segunda melhor média da competição com 37.891 torcedores por jogo. O Atlético-MG é o líder com 40.594 torcedores. Na última rodada, o Flamengo deverá lotar o Maracanã com 80 mil pessoas. Assim, sua média irá para 40.100 torcedores. O Atlético-MG só conseguirá se manter na primeira colocação se colocar mais de 30 mil torcedores no Mineirão diante do Corinthians. Como o Galo já perdeu a chance de brigar pelo título e por uma vaga na Libertadores, é bem provável que o Mineirão não receba esse público.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 23 de novembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 12:10

As maiores goleadas nas principais ligas do futebol mundial

Compartilhe: Twitter

TottenhamOntem, o Tottenham massacrou o Wigan pelo Campeonato Inglês, com a vitória por 9 x 1. A goleada é a maior na história da Premier League desde 1995, quando Manchester United venceu o Ipswich por 9 x 0. Na história do Campeonato Inglês, porém, o recorde ainda segue imbatível: Nottingham Fortest 12 x 1 Leicester Fosse, na temporada 2008/09. Na goleada de ontem, o atacante Defoe também fez história ao marcar 5 gols na partida. Essa é a maior marca na história da Premier League ao lado do atacante Alan Shearer, do Newcastle, que também anotou 5 gols em 1999. Vale lembrar que o Campeonato Inglês é chamado de Premier League desde desde 1992. Na história geral do Campeonato Inglês, realizado pela primeira vez há 120 anos, em 1889, os jogadores com mais gols em um único jogo são Jackson Ross (do Preston North End, em 1888-89) e Ted Drake (do Arsenal, em 1935-36), com 7 gols cada.

Confira abaixo as maiores goleadas e os recordistas de gols em um único jogo nos principais campeonatos nacionais do mundo:

.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Maior goleada

Corinthians 10 x 1 Tiradentes-PI (1983)

Jogador com gols em um único jogo

Edmundo (Vasco), em 1997, 6 gols

.   .

CAMPEONATO INGLÊS

Maior goleada

Nottingham Forest 12 x 0 Leicester Fosse (1908-09)

Jogador com gols em um único jogo

Jackson Ross (Preston North End, 1888-89) e Ted Drake (Arsenal 1935-36), 7 gols

..

CAMPEONATO ALEMÃO

Maior goleada

Kaiserslautern 20 x 0 Trier-Kürenz (1946-47)

Jogador com gols em um único jogo

Dieter Müller (1977-78), 6 gols

..

CAMPEONATO ESPANHOL

Maior goleada

Athletic Bilbao 12 x 1 Barcelona (1930-31)

Jogador com gols em um único jogo

Bata (Athletic Bilbao, em 1930-31) e Kubala (Barcelona, 1951-52), 7 gols

..

CAMPEONATO FRANCÊS

Maior goleada

Olympique de Marselha 20 x 2 Olympique Avignonais (1942-43)

Jogador com gols em um único jogo

Jean Nicolas (Rouen, 1937-38) e Trello Abbeglen (Sochaux, 1935-36), 7 gols

..

CAMPEONATO ITALIANO

Maior goleada

Acqui 0 x 18 Genoa (1914-15)

Jogador com gols em um único jogo

Piola (Pro Vercelli, 1933-34) e Sivori (Juventus, 1960-61), 6 gols

..

CAMPEONATO PORTUGUÊS

Maior goleada

Sporting 18 x 0 Torres Novas (1927-28) e Porto 18 x 0 Ginásio Lisboa (1931-32)

Jogador com gols em um único jogo

Fernando Peyroteo (Sporting, 1941-42), 9 gols

.

.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 17 de novembro de 2009 Copa do Mundo, Estatísticas, Seleção Brasileira | 16:49

Seleção Brasileira fecha 2009 com bons números

Compartilhe: Twitter

A vitória sobre a fraca seleção de Omã fechou a temporada da Seleção Brasileira em 2009. O saldo no ano foi super-positivo. O time comandado por Dunga encerrou o ano com 14 vitórias, 2 empates e apenas 1 derrota (para a Bolívia, na altitude de La Paz). O aproveitamento de 86,3% foi o segundo melhor de uma temporada do técnico desde 2006, ano em que assumiu a Seleção. Porém, naquele ano, o Brasil fez apenas 6 jogos sob o comando de Dunga.

2006 – 6 jogos, 5 vitórias, 1 empate (90,5%); 14 gols (média de 2,14 por jogo)
2007 – 18 jogos, 11 vitórias, 5 empates, 2 derrotas (70,4%); 38 gols (média de 2,57 por jogo)
2008 – 11 jogos, 6 vitórias, 3 empates, 2 derrotas (63,6%); 18 gols (média de 2,11 por jogo)
2009 – 17 jogos, 14 vitórias, 2 empates, 1 derrota (86,3%); 38 gols (média de 2,24 por jogo)

Além do bom aproveitamento, a Seleção conseguiu em 2009 o título da Copa das Confederações, a classificação antecipada para a Copa do Mundo de 2010 e o primeiro lugar nas Eliminatórias. Além disso, o time deverá encerrar o ano como a número 1 do ranking da Fifa.

Para completar, 2009 foi ainda um ano produtivo da Seleção nos confrontos contra as principais equipes do mundo. Contra a Itália, atual campeã mundial, foram duas vitórias no ano: 2 x 0, em fevereiro, e 3 x 0, na Copa das Confederações. Contra a Argentina, o Brasil conseguiu uma grande vitória jogando fora de casa (3 x 1). Também fora de casa o Brasil venceu o Uruguai com sobras (4 x 0). Já no último sábado o time de Dunga bateu a Inglaterra (1 x 0).

Na temporada, Dunga colocou em campo 36 jogadores em 17 partidas. O time formado pelos jogadores que mais atuaram em 2009 foi esse: Júlio César, Daniel Alves, Lúcio, Luisão e André Santos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká; Robinho e Luís Fabiano. O atacante Luís Fabiano, com 11 gols, foi o artilheiro da Seleção no ano. Já o goleiro Júlio César foi o que mais jogou, atuando em todas as 17 partidas.

Principais artilheiros:
Luís Fabiano (atacante), 11 gols
Nilmar (atacante), 7 gols
Kaká (meia), 3 gols
Robinho (atacante), 3gols
Elano (meia), 6 gols
Ronaldinho Gaúcho (meia), 5 gols

Quem mais jogou:
Júlio César (goleiro), 17 jogos
Gilberto Silva (volante), 16 jogos
Felipe Melo (volante), 15 jogos
Daniel Alves (lateral-direito), 14 jogos
Lúcio (zagueiro), 14 jogos

Confira a relação dos jogadores que entraram em campo pela Seleção em 2009:

Goleiros
Jogador Clube Jogos Gols
Júlio César Internazionale-ITA 17 -12
Laterais-direitos
Jogador Clube Jogos Gols
Maicon Internazionale-ITA 13 1
Daniel Alves Barcelona-ESP 14 2
Zagueiros
Jogador Clube Jogos Gols
Lúcio Bayern Munique-ALE/Internazionale-ITA 14 1
Luisão Benfica-POR 11 1
Miranda São Paulo 6 0
Juan Roma-ITA 5 2
Thiago Silva Milan-ITA 3 0
Cris Lyon-FRA 1 0
Laterais-esquerdos
Jogador Clube Jogos Gols
André Santos Corinthians/Fenerbahce-TUR 9 0
Kléber Internacional 4 0
Marcelo Real Madrid-ESP 2 0
Michel Bastos Lyon-FRA 2 0
Filipe La Coruña-ESP 1 0
Volantes
Jogador Clube Jogos Gols
Gilberto Silva Panathinaikos-GRE 16 0
Felipe Melo Fiorentina-ITA/Juventus-ITA 15 2
Ramires Cruzeiro/Benfica-POR 10 0
Josué Wolfsburg-ALE 5 0
Kléberson Flamengo 4 0
Fábio Simplício Palermo-ITA 1 0
Lucas Liverpool-ING 1 0
Sandro Internacional 1 0
Meias
Jogador Clube Jogos Gols
Elano Man. City-ING/Galatasaray-TUR 13 1
Kaká Milan-ITA/Real Madrid-ESP 13 3
Júlio Baptista Roma-ITA 8 2
Ronaldinho Gaúcho Milan-ITA 3 0
Alex Spartak Moscou 2 0
Carlos Eduardo Hoffenheim 2 0
Diego Souza Palmeiras 1 0
Atacantes
Jogador Clube Jogos Gols
Luís Fabiano Sevilla-ESP 13 11
Robinho Manchester City-ING 12 3
Nilmar Internacional/Villarreal-ESP 8 7
Alexandre Pato Milan-ITA 4 0
Adriano Internazionale-ITA/Flamengo 4 0
Diego Tardelli Atlético-MG 4 0
Hulk Porto-POR 2 0
Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 13 de novembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Confrontos, Estatísticas, História | 16:19

Vitória nunca bateu o São Paulo fora de casa

Compartilhe: Twitter

Próximo adversário do São Paulo, o Vitória terá uma difícil missão pela frente: vencer o Tricolor paulista pela primeira vez fora de casa. Até hoje, o Rubro-negro baiano enfrentou o São Paulo 11 vezes no Morumbi. Foram 9 vitórias são-paulinas e apenas dois empates. O São Paulo venceu os últimos seis jogos. O último empate do Vitória contra o São Paulo foi em 1994.

Além desse mau desempenho contra o Tricolor, o Vitória tem ainda um péssimo retrospecto na capital paulista em Campeonatos Brasileiros. Em 49 jogos, perdeu 32, empatou 14 e venceu apenas 3, todos contra a Portuguesa. Além do São Paulo, o Vitória nunca venceu Corinthians, Palmeiras e Santos em São Paulo.

Para os torcedores rivais, principalmente palmeirenses, atleticanos e flamenguistas, a tarefa de secar o São Paulo e esparar uma Vitória do time baiano amanhã será bem complicada.

Confira a lista de jogos do Vitória, em São Paulo, na história do Brasileirão:

Data Adversário Placar Vitória Local
3/12/72 São Paulo 5 x 2 Vitória Morumbi
31/1/74 Santos 1 x 0 Vitória Pacaembu
10/9/75 São Paulo 3 x 0 Vitória Morumbi
18/10/75 Portuguesa 3 x 0 Vitória Morumbi
24/10/76 Palmeiras 2 x 0 Vitória Parque Antártica
21/6/78 Palmeiras 0 x 0 Vitória Pacaembu
20/7/78 Corinthians 2 x 2 Vitória Pacaembu
24/2/80 Palmeiras 1 x 1 Vitória Morumbi
26/4/80 Corinthians 5 x 0 Vitória Morumbi
15/3/81 Portuguesa 2 x 1 Vitória Canindé
31/8/86 Portuguesa 2 x 0 Vitória Canindé
10/9/86 Palmeiras 2 x 2 Vitória Pacaembu
17/9/88 Corinthians 2 x 1 Vitória Canindé
11/12/88 Palmeiras 1 x 0 Vitória Parque Antártica
10/9/89 São Paulo 0 x 0 Vitória Morumbi
1/10/89 Corinthians 2 x 0 Vitória Morumbi
25/8/90 Portuguesa 0 x 0 Vitória Canindé
24/10/90 São Paulo 4 x 0 Vitória Morumbi
3/2/91 Corinthians 1 x 1 Vitória Morumbi
14/4/91 Palmeiras 2 x 2 Vitória Parque Antártica
28/11/93 Santos 3 x 3 Vitória Parque Antártica
5/12/93 Corinthians 2 x 2 Vitória Morumbi
19/12/93 Palmeiras 2 x 0 Vitória Morumbi
21/8/94 Portuguesa 1 x 0 Vitória Canindé
1/9/94 São Paulo 2 x 2 Vitória Morumbi
18/11/95 São Paulo 2 x 0 Vitória Morumbi
4/9/96 Portuguesa 2 x 2 Vitória Canindé
20/10/96 Palmeiras 4 x 2 Vitória Parque Antártica
10/11/96 Santos 1 x 0 Vitória Ícaro de Castro Melo
11/9/97 Corinthians 3 x 1 Vitória Morumbi
18/9/97 São Paulo 3 x 1 Vitória Morumbi
16/8/98 Portuguesa 0 x 1 Vitória Canindé
20/9/98 Palmeiras 3 x 2 Vitória Parque Antártica
18/8/99 Corinthians 5 x 1 Vitória Pacaembu
5/9/99 Portuguesa 1 x 3 Vitória Canindé
10/9/00 Corinthians 1 x 1 Vitória Morumbi
9/9/01 Portuguesa 3 x 2 Vitória Canindé
19/9/02 Corinthians 2 x 1 Vitória Pacaembu
14/11/02 São Paulo 3 x 2 Vitória Morumbi
1/6/03 Corinthians 4 x 0 Vitória Pacaembu
23/11/03 São Paulo 3 x 1 Vitória Morumbi
29/4/04 Palmeiras 2 x 2 Vitória Parque Antártica
5/8/04 São Paulo 2 x 1 Vitória Morumbi
30/10/04 Corinthians 1 x 0 Vitória Pacaembu
6/7/08 Portuguesa 1 x 2 Vitória Canindé
7/8/08 Palmeiras 3 x 0 Vitória Parque Antártica
23/10/08 São Paulo 2 x 1 Vitória Morumbi
7/6/09 Palmeiras 2 x 1 Vitória Parque Antártica
23/7/09 Corinthians 2 x 1 Vitória Pacaembu

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 9 de novembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 09:53

São Paulo é o clube que mais liderou na era dos pontos corridos

Compartilhe: Twitter

Demorou 34 rodadas, mas pelo quarto ano consecutivo o São Paulo o alcançou a liderança do Brasileirão. Líder também por duas rodadas em 2004, o Tricolor é o clube que mais vezes ficou na ponta da tabela de classificação na era dos pontos corridos. Apenas em 2003 e 2005 o time do Morumbi não liderou o Brasileirão. Desde 2003, o São Paulo já foi líder em 59 das 282 rodadas disputadas (21%).

O Cruzeiro, ainda pelo bom desempenho no campeonato de 2003, é o segundo colocado na lista com 46 rodadas na liderança. O Palmeiras, que foi líder em 19 rodadas em 2009, subiu para a quarta colocação, superando o Corinthians.

O São Paulo, novo líder do Brasileirão, detém ainda o recorde do maior número de rodadas consecutivas na liderança. Foram 27 em 2006, entre a 9ª e a 38ª rodadas.

Veja abaixo quem já liderou o Brasileirão e também em quais rodadas cada clube terminou como líder na era dos pontos corridos:

Rodadas na liderança:

Clube 2003
2004
2005
2006
2007
2008
2009
Total
São Paulo 2 28 22 6 1 59
Cruzeiro 40 4 2 46
Santos 1 20 6 3 30
Palmeiras 5 2 19 26
Corinthians 20 20
Grêmio 1 17 18
Botafogo 3 12 15
Atlético-PR 10 2 12
Internacional 4 3 5 12
Flamengo 10 10
Atlético-MG 1 8 9
Ponte Preta 1 8 9
Fluminense 2 2 4
Criciúma 3 3
Figueirense 3 3
Goiás 1 1
Náutico 1 1
Paraná 1 1
São Caetano 1 1
Vasco 1 1
Vitória 1 1

.
59 RODADAS
São Paulo: 5ª, 6ª (2004); 9ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª, 16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 25ª, 26ª, 27ª, 28ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 38ª (2006); 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 25ª, 26ª, 27ª, 28ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 38ª (2007); 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 38ª (2008); 34ª (2009)

46 RODADAS
Cruzeiro: 4ª, 5ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª, 16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 25ª, 26ª, 27ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 38ª, 39ª, 40ª, 41ª, 42ª, 43ª, 44ª, 45ª, 46ª (2003); 6ª, 7ª, 10ª, 11ª (2006); 3ª, 4ª (2008)

30 RODADAS
Santos: 28ª (2003); 15ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 26ª, 27ª, 28ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 38ª, 39ª, 45ª, 46ª (2004); 1ª, 2ª, 3ª, 5ª, 23ª, 24ª (2005); 3ª, 4ª, 5ª (2006)

26 RODADAS
Palmeiras: 12ª, 13ª, 14ª, 16ª, 25ª (2004); 27ª, 28ª (2008); 15ª,16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 25ª, 26ª, 27ª, 28ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 33ª (2009)

20 RODADAS
Corinthians: 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª, 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 38ª, 39ª, 40ª, 41ª, 42ª (2005)

18 RODADAS
Grêmio:(2006); 14ª, 15ª, 16ª, 17ª, 18ª, 19ª, 20ª, 21ª, 22ª, 23ª, 24ª, 25ª, 26ª, 29ª, 30ª, 31ª, 32ª (2008)

15 RODADAS
Botafogo: 6ª, 7ª, 8ª (2005); 4ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª, 16ª (2007)

12 RODADAS
Atlético-PR: 33ª, 34ª, 35ª, 36ª, 37ª, 40ª, 41ª, 42ª, 43ª, 44ª (2004); 1ª, 2ª (2007)
Internacional: 2ª, 3ª, 6ª, 7ª (2003); 26ª, 27ª, 28ª (2005); 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 9ª (2009)

10 RODADAS
Flamengo: 1ª, 5ª, 6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª (2008)

9 RODADAS
Atlético-MG: (2003); 6ª, 7ª, 8ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª e 14ª (2009)
Ponte Preta: 4ª (2004); 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª, 16ª (2005)

4 RODADAS
Fluminense: 4ª, 25ª (2005); 2ª, 8ª (2006)

3 RODADAS
Criciúma: 7ª, 8ª, 9ª (2004)
Figueirense: 2ª, 3ª, 11ª (2004)

1 RODADA
Goiás:(2004)
Náutico:(2008)
Paraná: (2007)
São Caetano: 10ª (2004)
Vasco:(2007)
Vitória:(2009)

Autor: Tags: ,

sexta-feira, 6 de novembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História, Técnicos | 12:46

Campanha de Luxa no Brasileiro-09 é uma de suas piores na história

Compartilhe: Twitter

Vanderlei Luxemburgo

Técnico que mais vezes ganhou o Campeonato Brasileiro (cinco), Vanderlei Luxemburgo vem fazendo uma de suas piores campanhas na história da competição. Em 2009, dirigindo Palmeiras e depois Santos, Luxa conquistou 49,4% dos pontos que disputou em 27 partidas (10 vitórias, 10 empates e 7 derrotas). Somente em 2001, pelo Corinthians (42%), em 1990, pelo Bragantino (47,6%), e nos anos 80, quando ainda estava no início da carreira, Luxa foi pior.

Até hoje, Luxemburgo já participou de 17 edições do Brasileirão (em 1986 comandou o Flu em apenas um jogo). Dessas, foi campeão em cinco (1993, 1994, 1998, 2003 e 2004) e foi vice em 2007. Até hoje, Luxa já comandou 9 clubes diferentes: Bragantino, Campo Grande, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Palmeiras, Paraná e Santos. No Palmeiras, foram 7 campeonatos (1993, 1994, 1995, 1996, 2002, 2008 e 2009).

Já no Santos, Luxa esteve no comando do time em 5edições (1997, 2004, 2006, 2007 e 2009). De todas as passagens, essa de 2009 é a pior (veja abaixo). Para piorar, Luxemburgo ainda tem uma preocupação, ainda que pequena, de lutar contra o rebaixamento. Feito raro em sua vitoriosa carreira.

Luxemburgo pelo Santos em Brasileiros:

Ano Colocação J V E D Aproveitamento
1997 Santos (7º) 31 14 6 11 51,60%
2004 Santos (1º) 41 25 8 8 67,50%
2006 Santos (4º) 38 18 10 10 56,10%
2007 Santos (2o) 38 19 5 14 57,00%
2009 Santos (14º) 20 7 7 6 46,70%

.

O desempenho de Luxemburgo em Brasileiros:

Ano Clube J V E D Aproveitamento
1983 Campo Grande (24º) 8 2 3 3 37,50%
1986 Fluminense (6º) 1 0 0 1 0,00%
1990 Bragantino (8º) 21 7 9 5 47,60%
1991 Flamengo (9º) 19 7 5 7 50,90%
1993 Palmeiras (1º) 22 16 4 2 78,80%
1994 Palmeiras (1º) 31 20 6 5 73,10%
1995 Paraná (13º) 15 5 5 5 44,40%
1995 Palmeiras (5º) 8 5 0 3 62,50%
1996 Palmeiras (7º) 25 13 7 5 61,30%
1997 Santos (7º) 31 14 6 11 51,60%
1998 Corinthians (1º) 32 18 7 7 63,50%
2001 Corinthians (18º) 27 9 7 11 42,00%
2002 Palmeiras (24º) 1 0 1 0 33,30%
2002 Cruzeiro (9º) 23 11 5 7 55,10%
2003 Cruzeiro (1º) 46 30 8 8 71,00%
2004 Santos (1º) 41 25 8 8 67,50%
2006 Santos (4º) 38 18 10 10 56,10%
2007 Santos (2o) 38 19 5 14 54,40%
2008 Palmeiras (4º) 38 19 8 11 57,00%
2009 Palmeiras 7 3 3 1 57,10%
2009 Santos 20 7 7 6 46,70%
T 492 248 114 130 58,10%
Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 5 de novembro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 11:17

Cruzeiro e São Paulo lideram ranking de expulsões no Brasileirão

Compartilhe: Twitter

São PauloCom as três expulsões na partida de ontem, contra o Grêmio (1 x 1), o São Paulo acumula agora 13 expulsões no Campeonato Brasileiro de 2009. Assim, o Tricolor foi para liderança dos times que levaram mais cartões vermelhos na competição ao lado do Cruzeiro. Corinthians e Flamengo, com apenas 4 expulsões, são os clubes que menos receberam vermelhos no Brasileirão. O alto número de expulsões do São Paulo nesse Brasileirão é o maior do clube nos últimos três campeonatos. Em 2006, foram 8 expulsões. Em 2007, caiu para 6. Já em 2008, no ano do hexa, foram apenas 4 expulsões.
.

.
Confira o lista dos clubes que mais tiveram jogadores expulsos no Brasileirão de 2009:

Posição Clube Vermelhos
Cruzeiro 13
São Paulo 13
Goiás 12
Náutico 12
Grêmio 11
Barueri 10
Internacional 10
Sport 10
Vitória 9
10º Palmeiras 8
11º Coritiba 7
Fluminense 7
Santo André 7
14º Atlético-MG 6
Atlético-PR 6
Avaí 6
Botafogo 6
18º Santos 5
19º Corinthians 4
Flamengo 4

.

Na era dos pontos corridos, o São Paulo já foi o clube com mais expulsões uma vez, em 2003. Veja a lista dos times que mais levaram vermelhos em cada edição.

2003
Clube Vermelhos
São Paulo 22
Fortaleza 20
Atlético-PR 18
2004
Clube Vermelhos
Grêmio 15
São Paulo 14
Paraná 13
2005
Clube Vermelhos
Flamengo 13
Ponte Preta 13
Santos 13
São Caetano 13
São Paulo 13
2006
Clube Vermelhos
Corinthians 17
Goiás 16
Grêmio 14
2007
Clube Vermelhos
Náutico 14
Sport 12
Vasco 11
2008
Clube Vermelhos
Botafogo 14
Palmeiras 11
Fluminense 10

.

Já na lista dos clubes que menos receberam vermelhos na era dos pontos corridos, o Flamengo, que nesse Brasileirão teve apenas 4 expulsões, aparece mais uma vez. Confira:

2003
Clube Vermelhos
Guarani 6
Cruzeiro 7
Figueirense 7
Juventude 7
2004
Clube Vermelhos
Atlético-MG 3
Atlético-PR 4
Internacional 4
2005
Clube Vermelhos
Atlético-MG 3
Atlético-PR 4
Internacional 4
2006
Clube Vermelhos
Paraná 4
Flamengo 6
Juventude 7
Palmeiras 7
2007
Clube Vermelhos
Corinthians 4
Flamengo 4
Fluminense 4
Santos 4
2008
Clube Vermelhos
Santos 2
São Paulo 4
Sport 4
Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 30 de outubro de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 17:24

Com Fred em campo, aproveitamento do Flu é bem melhor

Compartilhe: Twitter

Fred

Grande contratação do Fluminense para a temporada, o atacante Fred voltou de contusão e nos últimos jogos ajudou o tricolor das Laranjeiras a melhorar seu desempenho no Brasileirão. Depois de desfalcar o time por mais de dois meses, Fred retornou ao Flu na 29ª rodada e desde então o time não perdeu mais. Após ganhar do Santo André, o Flu empatou com Inter e Goiás e bateu no Atlético-MG.

Com Fred em campo nesse Brasileirão, o Fluminense conseguiu 40,5% dos pontos em 14 jogos (4 vitórias, 5 empates e 5 derrotas). O aproveitamento não é dos melhores, mas já seria suficiente para livrar o clube do rebaixamento, afinal o desempenho no Botafogo, primeiro clube fora da zona da degola, é de 36,5%. Sem seu principal atacante, o Fluminense conseguiu um aproveitamento de apenas 24,1% nesse Brasileirão (somente 2 vitórias, 7 empates e 9 derrotas).

Autor de 6 gols, Fred é o artilheiro do Fluminense no Campeonato Brasileiro ao lado de Kieza. Na temporada, o ex-jogador do Lyon-FRA e da Seleção Brasileira atuou em 25 partidas e marcou 13 gols. Resta agora saber se nessas últimas seis rodadas Fred conseguirá livrar o Flu do rebaixamento.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 21 de outubro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, Técnicos | 18:30

Ricardo Gomes é o técnico com melhor aproveitamento no Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Ricardo Gomes

Nesse Campeonato Brasileiro, que chega hoje à 31ª rodada, 39 treinadores (entre efetivos e interinos), já comandaram algum dos 20 clubes da Série A. Desses, 26 técnicos têm 10 ou mais jogos na competição. Entre eles, o são-paulino Ricardo Gomes é aquele com o melhor aproveitamento de pontos (60,9%), seguido muito de perto por Andrade, do Flamengo (60,8%).

O experiente Antônio Lopes, que praticamente tirou o Atlético-PR da zona de degola, é o terceiro técnico com o melhor aproveitamento no Brasileirão 2009 (57,1%). Muricy Ramalho, atual tricampeão brasileiro e comandante da equipe líder da competição, é apenas o 10º da lista. Isso porque seu início pelo São Paulo não foi dos melhores. Em 6 jogos pelo Tricolor, Muricy teve apenas 38,9% de aproveitamento. No Palmeiras, em 16 partidas, esse número subiu para 54,2%, ainda assim inferior ao dos primeiros colocados e também ao do ex-interino do Palmeiras, Jorginho, que em 7 jogos conseguiu 76,2% dos pontos.

Veja a lista dos técnicos com os melhores aproveitamentos de pontos no Brasileirão 09, entre aqueles que fizeram, no mínimo, 10 partidas. Mais abaixo o aproveitamento dos técnicos com menos de 10 jogos.

Pos. Técnico Aprov. (%) Jogos Clubes
Ricardo Gomes 60,9% 23 1 (São Paulo)
Andrade 60,8% 17 1 (Flamengo)
Antônio Lopes 57,1% 14 1 (Atlético-PR)
Celso Roth 55,6% 30 1 (Atlético-MG)
Tite 54,3% 27 1 (Internacional)
Vanderlei Luxemburgo 52,0% 25 2 (Palmeiras e Santos)
Paulo Autuori 51,2% 28 1 (Grêmio)
Hélio dos Anjos 51,1% 30 1 (Goiás)
Adílson Batista 50,0% 30 1 (Cruzeiro)
10º Muricy Ramalho 50,0% 22 2 (São Paulo e Palmeiras)
11º Vágner Mancini 48,5% 22 2 (Santos e Vitória)
12º Silas 47,8% 30 1 (Avaí)
13º Mano Menezes 46,7% 30 1 (Corinthians)
14º Paulo César Carpegiani 46,3% 18 1 (Vitória)
15º Estevam Soares 44,1% 31 2 (Barueri e Botafogo)
16º Ney Franco 43,7% 29 2 (Botafogo e Coritiba)
17º Cuca 42,9% 21 2 (Flamengo e Fluminense)
18º Waldemar Lemos 42,2% 15 2 (Náutico e Atlético-PR)
19º Sérgio Guedes 40,5% 14 1 (Santo André)
20º Emerson Leão 36,7% 10 1 (Sport)
21º Péricles Chamusca 35,7% 14 1 (Sport)
22º Carlos Alberto Parreira 33,3% 10 1 (Fluminense)
23º Diego Cerri 30,6% 12 1 (Barueri)
24º René Simões 29,6% 18 1 (Coritiba)
25º Geninho 29,3% 25 2 (Atlético-PR e Náutico)
26º Renato Gaúcho 20,0% 10 1 (Fluminense)

.

Pos. Técnico Aprov. (%) Jogos Clubes
Jorginho 76,2% 7 1 (Palmeiras)
Alexandre Gallo 28,6% 7 1 (Santo André)
Sérgio Soares 23,8% 7 1 (Santo André)
Márcio Bittencourt 0,0% 5 1 (Náutico)
Mário Sérgio 55,6% 3 1 (Internacional)
Levi Gomes 11,1% 3 1 (Sport)
Nelsinho Baptista 11,1% 3 1 (Sport)
Marcelo Rospide 16,7% 2 1 (Grêmio)
Sandro Gaúcho 16,7% 2 1 (Santo André)
10º Serginho Chulapa 16,7% 2 1 (Santos)
11º Vinícius Eutrópio 0,0% 2 1 (Fluminense)
12º Riva de Carli 100,0% 1 1 (Atlético-PR)
13º Milton Cruz 0,0% 1 1 (São Paulo)

Pos. Técnico Aprov. (%) Jogos Clubes
Ricardo Gomes 60,9% 23 1 (São Paulo)
Andrade 60,8% 17 1 (Flamengo)
Antônio Lopes 57,1% 14 1 (Atlético-PR)
Celso Roth 55,6% 30 1 (Atlético-MG)
Tite 54,3% 27 1 (Internacional)
Vanderlei Luxemburgo 52,0% 25 2 (Palmeiras e Santos)
Paulo Autuori 51,2% 28 1 (Grêmio)
Hélio dos Anjos 51,1% 30 1 (Goiás)
Adílson Batista 50,0% 30 1 (Cruzeiro)
10º Muricy Ramalho 50,0% 22 2 (São Paulo e Palmeiras)
11º Vágner Mancini 48,5% 22 2 (Santos e Vitória)
12º Silas 47,8% 30 1 (Avaí)
13º Mano Menezes 46,7% 30 1 (Corinthians)
14º Paulo César Carpegiani 46,3% 18 1 (Vitória)
15º Estevam Soares 44,1% 31 2 (Barueri e Botafogo)
16º Ney Franco 43,7% 29 2 (Botafogo e Coritiba)
17º Cuca 42,9% 21 2 (Flamengo e Fluminense)
18º Waldemar Lemos 42,2% 15 2 (Náutico e Atlético-PR)
19º Sérgio Guedes 40,5% 14 1 (Santo André)
20º Emerson Leão 36,7% 10 1 (Sport)
21º Péricles Chamusca 35,7% 14 1 (Sport)
22º Carlos Alberto Parreira 33,3% 10 1 (Fluminense)
23º Diego Cerri 30,6% 12 1 (Barueri)
24º René Simões 29,6% 18 1 (Coritiba)
25º Geninho 29,3% 25 2 (Atlético-PR e Náutico)
26º Renato Gaúcho 20,0% 10 1 (Fluminense)
Autor: Tags: , , , ,

domingo, 18 de outubro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 18:14

Grêmio é o único mandante invicto no Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Perea

Com a vitória de hoje sobre o Coritiba (2 x 0), o Grêmio chegou a 15 jogos sem derrota em casa nesse Brasileirão. Como São Paulo e Palmeiras perderam em casa nessa 30ª rodada, o Tricolor gaúcho ficou agora como o único mandante invicto na competição. O Grêmio tem agora 11 vitórias e 4 empates jogando no Olímpico, em Porto Alegre.

Em 2008, o Grêmio também fez uma ótima campanha em casa. Em 19 jogos, foram 14 vitórias, 4 empates e apenas 1 derrota – para o Goiás, na 25ª rodada. Mas o aproveitamento do Grêmio de 2009, em casa, é melhor: 82,2% contra 80,7% de 2008. Com os 15 jogos de invencibilidade como mandante nesse Brasileirão e mais 6 jogos de 2008, o Grêmio já soma 21 partidas sem derrota em casa. O São Paulo, que perdeu para o Atlético-MG no sábado, perdeu uma série de 32 jogos.

Na história do Brasileirão, porém, a maior sequência de jogos sem derrota como mandante continua sendo do Flamengo. No início da década de 80, o time de Zico, Júnior e Andrade, entre outros, alcançou a incrível marca de 58 jogos sem derrota no Maracanã. O sensacional time do Internacional dos anos 70 também tem uma série respeitável: 51 jogos em perder no Beira-Rio. Confira as maiores sequências sem derrota em casa de cada clube na história do Brasileirão.

Clube Jogos Período
Flamengo 58 1980 a 1985
Intrernacional 51 1973 a 1977
São Paulo 32 2008 a 2009
Atlético-MG 28 1975 a 1978
Bragantino 28 1991 a 1994
Santos 28 1982 a 1984
Atlético-PR 24 2007 a 2008
Santa Cruz 24 1979 a 1984
Corinthians 23 1976 a 1978
Cruzeiro 22 1986 a 1987
Fluminense 22 2003 a 2004
Portuguesa 22 1985 a 1987
São Caetano 22 2002 a 2003
Sport 22 1982 a 1985
Vasco 22 2006 a 2007
Guarani 21 1974 a 1975
Palmeiras 21 1985 a 1987
Ponte Preta 21 1983 a 1986
Grêmio 21 2008 a 2009
Botafogo 19 1994 a 1996
Coritiba 19 1979 a 1980
Náutico 18 1989 a 1991
Goiás 15 1978 a 1981
Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 13 de outubro de 2009 Artilheiros, Copa do Mundo, Estatísticas, História, Seleção Brasileira | 17:02

Luís Fabiano briga pela artilharia nas Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

luis-fabiano

Maior artilheiro da Seleção Brasileira na era Dunga, o atacante Luís Fabiano tem um desafio pela frente. Com 9 gols, o jogador do Sevilla está na briga para ser o artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. O centroavante divide no momento o primeiro lugar da tabela de artilheiros com o chileno Humberto Suazo (o careca que sempre marca gol na Seleção Brasileira…).

Atrás deles, lutam ainda pela artilharia o uruguaio Diego Forlán e o boliviano Marcelo Moreno, ambos com 7 gols. Outro boliviano, Joaquín Botero, também tem 8 gols, mas não foi convocado para essa última rodada das Eliminatórias.

Com 25 gols em apenas 33 jogos, Luís Fabiano é hoje o 15º maior artilheiro da Seleção Brasileira. Com mais um golzinho, ele iguala o craque Rivelino, que marcou 26 em 90 jogos oficiais. Se marcar dois, pode igualar Ronaldinho Gaúcho, que tem 27 gols em 62 partidas. Nome certo da Seleção em 2010, o ex-atacante do São Paulo pode ainda chegar entre os 10 maiores em breve. Veja abaixo os maiores goleadores da Seleção em todos os tempos:

Pos. Jogador Gols Jogos
Pelé 77 91
Ronaldo 64 96
Romário 55 70
Zico 48 71
Bebeto 39 75
Rivaldo 35 74
Jairzinho 33 80
Ademir Menezes 32 39
Tostão 32 53
10º Zizinho 30 53
11º Adriano 29 49
12º Careca 29 60
13º Ronaldinho Gaúcho 27 62
14º Rivelino 26 90
15º Luís Fabiano 25 33

.

Na história das Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo, alguns craques da Seleção Brasileira já conseguiram a artilharia. Zico, em 1978 e 1982, foi o goleador com 5 gols em cada edição. Nas Eliminatórias de 1990, Careca foi o artilheiro, ao lado do uruguaio Rubén Sosa, também com 5 gols. Para a Copa de 2002, Rivaldo e Romário foram os artilheiros com 9 gols ao lado de Crespo, da Argentina, e Agustín Delgado, do Equador. Já nas Eliminatórias para o mundial de 2006, o atacante Ronaldo foi o artilheiro isolado com 9 gols.

Caso marque mais um gol, Luís Fabiano poderá superar essa marca de Ronaldo em uma única edição de Eliminatórias. Com 9 gols, o Fabuloso, porém, dificilmente irá superar o número de gol de Zamorano, que nas Eliminatórias de 1998 anotou 12 gols. Na história geral das Eliminatórias, o maior artilheiro é o argentino Hernán Crespo, com 19 gols (marcou nas Eliminatórias de 1998, 2002 e 2006). Entre os brasileiros, os maiores artilheiros da história são os desafetos Zico e Romário que marcaram 11 gols cada.

 

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. Última