Publicidade

Posts com a Tag Avaí

segunda-feira, 14 de maio de 2012 Campeonatos Estaduais | 13:50

As façanhas dos campeões estaduais de 2012

Compartilhe: Twitter

O futebol brasileiro conheceu ontem 13 novos campeões estaduais em 2012. Agora, já são 17 os campeões entre os 27 campeonatos disputados no país nesse primeiro semestre.

Desses campeões que saíram até agora, dois conquistaram o estadual pela primeira vez: o Cametá, do Pará, e o Aracruz, do Espírito Santo.

Já três foram bicampeões (Internacional, Santa Cruz e Ceará) e dois tricampeões (Santos e Coritiba).

Dos 17 campeões, apenas um foi invicto: o Atlético-MG.

Veja abaixo as principais façanhas dos campeões estaduais de 2012:

Santos (SP)

– Depois de 43 anos conquistou um tricampeonato no Paulistão.
– Igualou o Corinthians em número de tricampeonatos (três cada).
– Com Neymar, o Santos tornou-se o clube com mais artilheiros na história do Paulistão, superando o Corinthians (22 a 21)
– O zagueiro Durval conquistou o seu 10º título estadual consecutivo: Botafogo-PB (03), Brasiliense-DF (04), Atlético-PR (05), Sport (06, 07, 08, 09) e Santos (10, 11 e 12)
– O técnico Muricy Ramalho conquistou seu sétimo estadual: Náutico-PE (01 e 02), Internacional-RS (03 e 05), São Caetano-SP (04) e Santos (11 e 12)
– Igualou o São Paulo em número de títulos Paulista (20 a 20). O Corinthians lidera o ranking de títulos paulistas com 26, seguido pelo Palmeiras (22)
– Venceu 5 dos últimos 7 estaduais e ainda foi vice em um deles.
– O público de 53.749 torcedores da final de ontem foi o maior do Brasil nos Estaduais 2012.

Fluminense (RJ)
Conquistou seu 31º título Estadual. Agora está um atrás do Flamengo, o maior campeão Carioca, com 32 conquistas. O Vasco tem 22 e o Botafogo 19.
– Venceu seu quarto estadual nos últimos 20 anos (1995, 2002 e 2005)
– Assim como em 2005, o técnico Abel Braga deu o título do Fluminense. Abelão conquistou ainda o Carioca de 2004 com o Flamengo.
– Fred foi o artilheiro do Flu no Estadual com 7 gols. Na competição, os artilheiros foram Loco Abreu (Botafogo) e Alecsandro (Vasco), com 10 gols cada.
– O Vasco foi o clube que mais pontuou no Carioca de 2012 (41 pontos), o Botafogo conquistou 40 e o Flu, o campeão, 36 pontos.

Atlético (MG)
Conquistou o título de forma invicta, depois de 36 anos.
– Venceu o 100º campeonato mineiro da história.
– Não deixou o rival América levanta o título no seu centenário.
– O técnico Cuca venceu o seu terceiro estadual nos últimos quatro anos: Flamengo (2009), Cruzeiro (2011) e Atlético-MG (2012)
– Aumentou para cinco a vantagem de títulos sobre o Cruzeiro: 41 x 36.
– O atacante André foi o artilheiro do Galo no Mineiro com 10 gols. Ele ficou apenas um atrás de Wellington Paulista, do Cruzeiro, o goleador do campeonato.

Internacional (RS)
– Conquistou 7 dos últimos dez campeonatos gaúchos foram vencidos pelo Internacional.
– Aumentou para cinco a vantagem de títulos sobre o Grêmio: 41 x 36.
– O atacante Leandro Damião foi artilheiro pela segunda vez consecutiva. Algo que não ocorria no Gaúchão desde 1981, com Baltazar, do Grêmio.
– O técnico Dorival Júnior conquistou seu sexto título estadual em seis diferentes estádios: Figueirense-SC (04), Fortaleza-CE (05), Sport-PE (06), Coritiba-PR (08), Santos-SP (10) e Internacional-RS (12)

Bahia (BA)
– O Bahia quebrou um jejum de 11 anos sem título estadual, o maior de sua história. Nesse período, o tricolor viu o rival Vitória ganhar oito vezes o Campeonato Baiano.
– Como título, o Bahia segue bem na frente no ranking de títulos no Estado (44 a 26).
– O técnico Falcão, campeão gaúcho com o Inter em 2011, conquistou seu bi-Estadual.

Santa Cruz (PE)
– Na 22ª final entre Santa Cruz e Sport, o tricolor derrotou o Leão pela 10ª vez e faturou o título Estadual. O Sport ainda leva a vantagem com 12 conquistas.
– Com o bicampeonato estadual, ambos sob o comando do técnico Zé Teodoro.
– Esse é primeiro bi do Santa após 25 anos.
– Com o gol na final, Dênis Marques superou Marcelinho Paraíba e terminou como artilheiro do Pernambucano com 15 gols.
– O Santa Cruz tem agora 25 títulos estaduais contra 39 do Sport e 21 do Náutico.

Coritiba (PR)
– Esse foi o segundo tricampeonato da história do Coritiba.
– O técnico Marcelo Oliveira conquistou o seu segundo estadual título pelo Coritiba. Ele era o técnico do time campeão invicto de 2011. Em 2010, o técnico era Ney Franco.
– Os artilheiros do Coxa na campanha do tri foram os zagueiros Emerson e o meia Lincoln com 8 gols cada. O goleador da competição foi Baiano, do Operário, com 13 gols.
– O Coritiba venceu seis dos últimos dez Campeonatos Paranaenses. O Atlético-PR venceu dois, o Paraná um e o Paranavaí outro.
– O Coxa tem agora 36 títulos estaduais contra 22 do Atlético-PR.

Avaí (SC)
– Com a vitória sobre o Figueirense, o Avaí retormou a hegemonia do futebol catarinense. Agora, tem 16 títulos contra 15 do Figueirense. O Joinville tem 12 conquistas.
– O Avaí foi campeão com o técnico Hemerson Maria, que entrou como interino durante a competição.
– A derrota na final causou a queda do técnico Branco.
– O Figueirense venceu os dois turnos do Catarinense de 2012, mas perdeu as duas partidas da final.
– Os artilheiros da competição foram Aloísio (Figueirense) e Rafael Costa (Metropolitano), ambos com 14 gols. O artilheiro do Avaí foi Cléber Santana com 7 gols.

Goiás (GO)
– O Goiás, do técnico Enderson Moreira, acabou com o sonho do Atlético-GO em conquistar seu inédito tricampeonato.
– O Goiás tem agora 23 títulos estaduais contra 15 do Vila Nova, 14 do Goiânia e 12 do Atlético-GO.
– O artilheiro do Goiano 2012 foi Patric, do Vila Nova, com 14 gols. Pelo Goiás, o goleador foi Ricardo Goulart, ex-Inter, com 8 gols.

Ceará (CE)
O Ceará, do técnico PC Gusmão, bateu o rival Fortaleza e levou seu 41º título Cearense. O Fortaleza tem 39.
– O atacante Felipe Azevedo, que marcou o gol de empate na final e do título, terminou como o artilheiro da competição com 16 gols.

Cametá (PA)
O Cametá Sport Clube, da cidade de Cametá, conquistou pela primeira vez o título Paraense.
– Pelo segundo ano o Pará tem um novo campeão. Em 2011, foi a vez do Independente.
– O Cametá é o sexto clube a vencer o Paraense. Paysandu (44 títulos), Remo (42), Tuna Luso (10), União Esportiva (2), todos de Belém, e Independente de Tucuruí (1), são os outros campeões.
– O técnico Sinomar Naves, que no primeiro turno dirigiu o Remo, que acabou sendo vice-campeão, conquistou o seu terceiro título Paraense.
– Com o título, o Cametá ficou com a vaga do Pará na Série D do Brasileiro.

Campinense (PB)
O Campinense, de Campina Grande, goleou o Sousa por 4 x 0 e conquistou seu 18º título paraibano.
– Botafogo, com 25 conquistas, segue como o maior campeão.

CRB (AL)
– Depois de uma espera de 10 anos o CRB voltou a conquistar o Campeonato Alagoano.
– O campeão soma agora 26 títulos contra 37 do CSA e 7 do ASA, os maiores vencedores.
– Dois ex-jogadores do São Paulo estavam no time campeão: o atacante Aloísio Chulapa e o lateral-esquerdo Jadílson.

América (RN)
– O América voltou a ganhar o Campeonato Potiguar depois de 9 anos.
– Dirigido por Roberto Fernandes, o América estragou o sonho do tri do rival ABC.
– O América tem agora 33 títulos estaduais. O ABC, maior campeão, tem 52.

Aracruz (ES)
– Campeão estadual pela primeira vez, o clube de Aracruz derrotou o Conilon na decisão do Capixaba 2012.

Águia Negra (MS)
– Clube de Rio Brilhante, o Águia Negra levantou seu segundo título estadual – o outro foi em 2007.

Luverdense (MT)
– O clube da cidade de Lucas do Rio Verde conquistou seu segundo estadual (havia sido campeão em 2009).
– Edmar Damião, irmão de Leandro Damião foi campeão pelo Luverdense. Ele formou dupla de ataque com Valdir Papel.

.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

segunda-feira, 31 de outubro de 2011 Campeonato Brasileiro | 08:27

Corinthians é o clube com mais viradas no Brasileirão 2011

Compartilhe: Twitter

A 32ª rodada do Brasileirão bateu o recorde de viradas na competição de 2011. Das dez partidas, cinco foram vencidas por clubes que saíram atrás do placar. No sábado, o Fluminense bateu o Ceará fora de casa, ganhando uma posição na tabela. Ontem, no domingo, foi a vez de Grêmio, Corinthians, Coritiba e Figueirense conquistarem três pontos depois de começarem perdendo suas partidas.

No Pacaembu, o Corinthians chegou à liderança vencendo sua quinta partida de virada no Brasileirão. Até agora, o time do técnico Tite ganhou do Grêmio (1ª rodada), Vasco (8ª rodada), Atlético-MG (17ª rodada), Flamengo (22ª rodada) e o Avaí. Com cinco viradas, o Corinthians é justamente o time que mais ganhou dessa forma no campeonato. Já o Avaí, sofreu sua oitava virada e é o time que mais perdeu assim no Brasileirão.

Confira abaixo tabela de quem mais ganhou e de quem mais perdeu de virada no Campeonato Brasileiro de 2011.

Vitórias de virada:
5 – Corinthians
4 – Flamengo
3 – Avaí e Botafogo
2 – Atlético-GO, Coritiba, Fluminense, Grêmio, Internacional e Santos
1 –  América-MG, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Figueirense, Palmeiras, São Paulo e Vasco
0 – Atlético-PR e Cruzeiro

Derrotas de virada:
8 – Avaí
3 – América-MG, Ceará, Corinthians e Fluminense
2 – Atlético-MG, Bahia, Flamengo e Santos
1 –  Atlético-GO, Atlético-PR, Botafogo, Coritiba, Figueirense, Grêmio e Vasco
0 – Cruzeiro, Internacional, Palmeiras e São Paulo

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 13 de maio de 2011 Confrontos, Copa do Brasil, Estatísticas, História | 10:49

Números e curiosidades dos semifinalistas da Copa do Brasil

Compartilhe: Twitter

A Copa do Brasil de 2011 terá uma final inédita pela frente e um campeão inédito. Dos quatro semifinalistas, apenas dois já conseguiram chegar à uma final: Vasco (vice em 2006) e Ceará (vice em 1994). O Coritiba, disputará sua quarta semifinal. Nas outras três anteriores, acabou eliminado. Já o Avaí, que despachou Botafogo e São Paulo, faz sua melhor campanha. Nas seis anteriores, chegou, no máximo, até as oitavas-de-final.

Os dois confrontos da semifinal nunca aconteceram em edições anteriores da Copa do Brasil (Coritiba x Ceará e Vasco x Avaí). Historicamente, entre esses quatro semifinalistas, o Vasco é o clube com o maior número de participações e também o de melhor campanha. O time de São Januário é também o que mais vezes conseguir chegar à semifinal. Confira abaixo:

.

.

..

.

.

,

.

Já na atual edição, o clube que tem o melhor desempenho, por enquanto, é o Coritiba. Em 8 jogos, venceu 7 e perdeu apenas um, para o Palmeiras, no jogo em que podia perder por até 5 gols de diferença. O Coxa, do técnico Marcelo Oliveira, tem também o melhor ataque (19 gols) e a melhor defesa (apenas 4 gols sofridos), entre os semifinalistas. Já Ceará e Vasco seguem invictos na competição. O time cearense, com 3 vitórias e um empate fora de casa, é melhor visitante entre os quatro sobreviventes da Copa do Brasil. Já o Avaí tem dois artilheiros no topo da lista de goleadores da competição: William e Rafael Coelho, com 5 gols, ao lado de Adriano e Kléber, do Palmeiras.

Veja abaixo as campanhas dos semifinalistas da Copa do Brasil e seus artilheiros:


.

.

.

.

.

.

Artilheiros

CEARÁ

3 gols
Washington

2 gols
Geraldo, Iarley e Marcelo Nicácio

1 gol
Euzébio, Fabrício e João Marcos

.

CORITIBA

3 gols
Anderson Aquino e Bill

2 gols
Davi, Emerson, Marcos Aurélio e Rafinha

1 gol
Eltinho, Everton Ribeiro, Geraldo, Jonas e Léo Gago

.

VASCO

3 gols
Alecsandro

2 gols
Bernardo e Marcel

1 gol
Dedé, Diego Souza, Éder Luís, Elton, Felipe Bastos, Jéferson e Rômulo

.

AVAÍ

5 gols
Rafael Coelho e Willian

1 gol
Acleisson, Bruno, Estrada e Marquinhos Gabriel

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Campeonato Brasileiro, História | 22:33

Os gols mais rápidos da história do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Na última rodada do Brasileirão, o Avaí surpreendeu o Internacional em pleno Beira-Rio ao derrotá-lo por 3 x 2. Na zona do rebaixamento, o clube catarinense conseguiu outra proeza além de bater o atual campeão da América fora de casa. O primeiro gol do jogo, do lateral Patric, foi marcado logo aos 15 segundos de jogo. Esse foi o gol mais rápido desse Brasileirão e também um dos mais rápidos da história da competição, desde 1971.

Confira abaixo os gols mais rápidos do Campeonato Brasileiro desde 1971, de acordo com os dados da revista Placar.

Tempo Jogador Clube Jogo Local e Data
8 s Nivaldo Náutico 3 x 2 Atlético-MG Aflitos, 18/10/1989
8 s Dinei Vitória 2 x 1 Portuguesa Canindé, 6/7/2008
11 s Ceará Coritiba 3 x 2 Criciúma Heriberto Hulse, 27/7/2003
12 s Robinho Santos 2 x 2 São Caetano Anacleto Campanella, 11/10/2003
13 s Galvão Paraná 3 x 2 Santos Pinheirão, 21/4/2004
13 s Marcelo Ramos Cruzeiro 2 x 0 Corinthians Mineirão, 27/8/1995
15 s Claudiomiro Internacional 1 x 1 Santos Beira Rio, 20/11/1971
15 s Uéslei Vitória 4 x 2 Vasco Barradão, 14/8/1997
15 s Guilherme Atlético-MG 3 x 2 Corinthians Mineirão, 12/12/1999
15 s Adriano Magrão Fluminense 1 x 1 Atlético-MG Maracanã, 27/10/2007
15 s Patric Avaí 3 x 2 Internacional Beira-Rio, 14/11/2010
16 s Wallace Juventude 2 x 1 Paraná Durival de Britto, 31/8/1997
16 s Wellington Paulista Cruzeiro 4 x 2 Náutico Mineirão, 22/8/2009

.

Como comparativo, veja também a lista dos gols mais rápidos nos principais campeonatos nacionais do mundo:

País Tempo Jogador Clube Jogo Data
Espanha 7,8 s Llorente Valladolid 2 x 1 Espanyol 21/01/2008
Itália 9,9 s Matteoli Internazionale 1 x 0 Cesena 27/11/1989
Inglaterra 10,2 s Ledley King Tottenham 3 x 3 Bradford 09/12/2000
Alemanha 11 s Kirsten Bayer Leverkusen 4 x 2 Kaiserslautern 30/03/2002
França 13 s Ribery Olympique de Marselha 2 x 1 Nantes 19/11/2006

.

Autor: Tags: , , ,

domingo, 2 de maio de 2010 Artilheiros, Campeões, Campeonatos Estaduais, História | 20:29

Um balanço das decisões estaduais pelo Brasil

Compartilhe: Twitter

Para quem curte um Campeonato Estadual, finais, decisões, o fim de semana foi um prato cheio. Em São Paulo, Santos e Santo André fizeram uma daquelas finais memoráveis. O Santo André, azarão, venceu o jogo, engrossou para o Peixe e por muito pouco não ficou com o inédito título (chutou uma bola na trave aos 45 minutos do segundo tempo). O Santos, mesmo com as três expulsões, soube se segurar e conquistar o Paulistão com méritos. Sua campanha foi uma das melhores da história da competição.

Já em Minas Gerais, o técnico Vanderlei Luxemburgo e o Atlético-MG voltaram a conquistaram o Campeonato Mineiro. Luxa, que havia vencido o torneio em 2003, pelo Cruzeiro, ganhou, agora, o primeiro título pelo Galo. Será que ele conseguirá a tríplice coroa, como na época de Cruzeiro?

No Sul, o Grêmio levou um susto, mas ficou com a taça. O técnico Silas, que havia conquistado o catarinense em 2009, conseguiu seu segundo título estadual em dois anos. O Grêmio encerrou, assim, a chance do Colorado se consagrar tricampeão gaúcho. O técnico uruguaio Jorge Fossati, que poupou alguns jogadores no final, só seguirá no comando do Inter se passar pelo Banfield, quinta-feira, pela Libertadores.

No Campeonato Goiano, o Atlético-GO não deu chances ao Santa Helena e ganhou mais um jogo da final. Depois do 4 x 0 no jogo de ida, venceu por 3 x 1 e ficou com o título. Outro que não liquidou bem o adversário foi o Avaí. O time de Florianópolis bateu o Joinville por 2 x 0 e sagrou-se bicampeão. Agora, o Avaí soma 15 títulos e é o maior campeão do estado ao lado do Figueirense, cada um com 15 títulos.

Outros campeões no fim de semana foram o ABC (Rio Grande do Norte), Ceilândia (Distrito Federal), Fortaleza (Ceará) e Vitória (Bahia). O Vitória, com o tetracampeonato, chegou ao seu 26 título, o sétimo nos últimos oito anos.

Confira abaixo um balanço dos estaduais encerrados em 2010 e também a galeria de títulos atualizada desses campeonatos.

Estado Campeão Vice Artilheiro
São Paulo Santos Santo André Ricardo Bueno (Oeste), 16 gols
Rio de Janeiro Botafogo Flamengo Vágner Love (Flamengo), 15 gols
Minas Gerais Atlético-MG Ipatinga Eraldo (Democrata-GV), 11 gols
Rio Grande do Sul Grêmio Internacional Jeferson (São José), 14 gols
Paraná Coritiba Atlético-PR Bruno Mineiro (Atlético-PR) e Ariel (Coritiba), 11 gols
Goiás Atlético-GO Santa Helena Diogo Galvão (Trindade), 15 gols
Bahia Vitória Bahia Sassá (Ipitanga), 13 gols
Ceará Fortaleza Ceará Betinho (Fortaleza) e Júnior Cearense (Horizonte), 11 gols
Santa Catarina Avaí Joinville William (Figueirense), 13 gols
Distrito Federal Ceilândia Brasiliense Vanderlei (Brasiliense), 11 gols
Rio Grande do Norte ABC Coríntians João Paulo (ABC), 17 gols
Mato Grosso União Operário Paulinho Marília (Luverdense), 9 gols
Roraima Baré GAS Robermar (Náutico), 4 gols

XXXXXXXXXX
Campanha dos campeões 2010

Clube PG J V E D GP GC S Aprov. Artilheiro Técnico
Santos (SP) 56 23 18 2 3 72 31 41 81,2% Neymar (14 gols) Dorival Júnior
Botafogo (RJ) 47 19 15 2 2 44 26 18 82,5% Loco Abreu (11 gols) Joel Santana
Atlético (MG) 35 17 9 8 1 41 22 19 68,6% Fabiano (8 gols) Vanderlei Luxemburgo
Grêmio (RS) 50 21 16 2 3 45 20 25 79,4% Jonas (11 gols) Silas
Coritiba (PR) 49 20 15 4 1 42 14 28 81,7% Ariel (11 gols) Ney Franco
Atlético (GO) 41 22 12 5 5 57 25 32 62,1% Elias (12 gols) Geninho
Vitória (BA) 46 22 14 4 4 43 18 25 69,7% Júnior (12 gols) Ricardo Silva
Fortaleza (CE) 44 26 13 5 8 47 35 12 56,4% Betinho (11 gols) Zé Teodoro
Avaí (SC) 52 24 15 6 3 52 35 17 70,8% Leonardo (8 gols) Péricles Chamusca
Ceilândia (DF) 34 22 9 7 6 27 24 3 51,5% Dimba (8 gols) Adelson Almeida
ABC (RN) 41 20 12 5 3 50 24 26 68,3% João Paulo (17 gols) Leandro Campos
União (MT) 30 18 7 9 2 33 26 7 55,6% Valdir Papel (5 gols) Everton Goiano
Baré (RR) 16 6 5 1 0 18 5 13 88,9% Carlos Alberto (3 gols) Fábio Luiz

Maiores campeões estaduais (em azul os campeões de 2010)

São Paulo
Clube Títulos
Corinthians 26
Palmeiras 22
São Paulo 22
Santos 18
Rio de Janeiro
Clube Títulos
Flamengo 31
Fluminense 30
Vasco 22
Botafogo 19
Minas Gerais
Clube Títulos
Atlético-MG 40
Cruzeiro 36
América 15
Rio Grande do Sul
Clube Títulos
Internacional 39
Grêmio 36
Guarany de Bagé 2
Paraná
Clube Títulos
Coritiba 34
Atlético-PR 22
Ferroviário 8
Goiás
Clube Títulos
Goiás 22
Vila Nova 15
Goiânia 14
Atlético-GO 11
Bahia
Clube Títulos
Bahia 43
Vitória 26
Ypiranga 10
Ceará
Clube Títulos
Ceará 39
Fortaleza 39
Ferroviário 9
Santa Catarina
Clube Títulos
Avaí 15
Figueirense 15
Joinville 12
Distrito Federal
Clube Títulos
Gama 10
Brasília 8
Brasiliense 6
Ceilândia 1
Rio Grande do Norte
Clube Títulos
ABC 51
América-RN 32
Alecrim 7
Mato Grosso
Clube Títulos
Mixto 9
Operário 9
Sinop 3
União 1
Roraima
Clube Títulos
Atlético Roraima 19
Baré 9
São Raimundo 4


XXXXXXXXXX

Campanha dos campeões
Clube PG J V E D GP GC S Aprov. Artilheiro Técnico
Santos (SP) 56 23 18 2 3 72 31 41 81,2% Neymar (14 gols) Dorival Júnior
Botafogo (RJ) 47 19 15 2 2 44 26 18 82,5% Loco Abreu (11 gols) Joel Santana
Atlético (MG) 35 17 9 8 1 41 22 19 68,6% Fabiano (8 gols) Vanderlei Luxemburgo
Grêmio (RS) 50 21 16 2 3 45 20 25 79,4% Jonas (11 gols) Silas
Coritiba (PR) 49 20 15 4 1 42 14 28 81,7% Ariel (11 gols) Ney Franco
Atlético (GO) 41 22 12 5 5 57 25 32 62,1% Elias (12 gols) Geninho
Vitória (BA) 46 22 14 4 4 43 18 25 69,7% Júnior (12 gols) Ricardo Silva
Fortaleza (CE) 44 26 13 5 8 47 35 12 56,4% Betinho (11 gols) Zé Teodoro
Avaí (SC) 52 24 15 6 3 52 35 17 70,8% Leonardo (8 gols) Péricles Chamusca
Ceilândia (DF) 34 22 9 7 6 27 24 3 51,5% Dimba (8 gols) Adelson Almeida
ABC (RN) 41 20 12 5 3 50 24 26 68,3% João Paulo (17 gols) Leandro Campos
União (MT) 30 18 7 9 2 33 26 7 55,6% Valdir Papel (5 gols) Everton Goiano
Baré (RR) 16 6 5 1 0 18 5 13 88,9% Carlos Alberto (3 gols) Fábio Luiz
Autor: Tags: , , , , , ,