Publicidade

Posts com a Tag Luís Fabiano

quinta-feira, 15 de março de 2012 Artilheiros, Copa do Brasil, Estatísticas, História | 10:30

Luís Fabiano e os maiores artilheiros da Copa do Brasil

Compartilhe: Twitter

Ainda longe de sua melhor forma, o atacante Luís Fabiano relembrou seus bons tempos de goleador ontem, na vitória do São Paulo por 4 x 0 sobre o Independente-PA. O atacante aproveitou a fragilidade do adversário e marcou os 4 gols da vitória tricolor. Desse forma, Luís Fabiano chegou a 18 gols na história da Copa do Brasil, desde 1999, quando jogou pela Ponte Preta. Agora, o atacante figura na lista dos maiores artilheiros da competição desde 1989. O principal artilheiro, Romário, tem o dobro de gols de atacante são-paulino.

Confira a lista dos maiores artilheiro da Copa do Brasil entre 1989 e 2012:

Jogador Gols Jogos Início Final
Romário 36 46 1995 2007
Viola 29 44 1989 2005
Fred 28 30 2004 2010
Oséas 28 53 1996 2004
Paulo Nunes 28 58 1993 2001
Dodô 26 48 1995 2010
Evair 24 36 1992 2003
Deivid 24 34 2000 2011
Gérson 23 26 1989 1992
Marcelinho Carioca 23 56 1989 2004
França 22 36 1994 2002
Zinho 21 71 1989 2005
Agnaldo 20 37 1997 2005
Alecsandro 19 35 2003 2011
Luizão 19 30 1996 2006
Marcelo Ramos 19 46 1992 2008
Marques 19 50 1992 2010
Luís Fabiano 18 22 1999 2012
Euller 18 34 1993 2006
Fábio Júnior 18 29 1998 2012
Guilherme 17 36 1998 2005
Valdir 17 39 1992 2004

.

Autor de 4 gols ontem, Luís Fabiano ficou próximo do seu próprio recorde, de 5 gols, em um único jogo, justamente na Copa do Brasil. Em 2003, o atacante marcou cinco vezes na goleada de 6 x 0 sobre o São Raimundo-AM, também no Morumbi.

Confira abaixo os recordistas de gols em um único jogo na história da Copa do Brasil:

5 gols

Gérson (Atlético-MG)
28/2/1991
Atlético-MG 11 x 0 Caiçara-PI

Viola (Santos)
10/3/1999
Santos 6 x 0 Sinop-MT

Luís Fabiano (São Paulo)
12/3/2003
São Paulo 6 x 0 São Raimundo-AM

Obina (Atlético-MG)
24/2/2010
Juventus-AC 0 x 7 Atlético-MG

Neymar (Santos)
14/4/2010
Santos 8 x 1 Guarani

4 gols

Gilson (Grêmio)
24/3/1993
Grêmio 5 x 2 Sorriso-MT

Rudnei (Internacional)
6/4/1993
Internacional 9 x 1 Ji-Paraná-RO

Paulo Rink (Atlético-PR)
20/2/1997
CSA 2 x 6 Atlético-PR

Viola (Palmeiras)
15/4/1997
Ceará 2 x 5 Palmeiras

Romário (Flamengo)
9/4/1998
Flamengo 5 x 2 Vitória

Flávio (Juventude)
7/4/1999
Juventude 6 x 0 Fluminense

Washington (Ponte Preta)
21/3/2001
Ponte Preta 8 x 1 Castanhal-PA

Zé Carlos (Guarani)
22/3/2001
Guarani 4 x 1 Caxias-RS

Washington (Ponte Preta)
23/5/2001
Ponte Preta 5 x 2 Fortaleza

Gil Baiano (Brasiliense)
6/4/2002
Brasiliense 4 x 1 Confiança-SE

Fred (Cruzeiro)
16/2/2005
Sergipe 0 x 7 Cruzeiro

Perea (Grêmio)
27/2/2008
Grêmio 6 x 0 Grêmio Jaciara-MT

Rafael Moura (Goiás)
31/3/2010
Goiás 7 x 0 São José-AP

Adriano (Palmeiras)
2/3/2011
Palmeiras 5 x 1 Comercial-PI

Luís Fabiano (São Paulo)
14/3/2012
São Paulo 4 x 0 Independente-PA

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 21 de novembro de 2011 Artilheiros, Campeonato Brasileiro | 11:33

Centroavantes brilham na antepenúltima rodada do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

O Campeonato Brasileiro de 2011 segue emocionante e imprevisível. A briga pelo título, por uma vaga na Libertadores e para fugir da degola faz desse um dos melhores campeonatos da história da competição. Nessa antepenúltima rodada, o clima de decisão esteve presente em vários confrontos e em muitos deles os centroavantes acabaram fazendo a diferença.

No sábado, Luís Fabiano anotou dois gols e garantiu a vitória do São Paulo diante do América-MG (assim como já havia feito contra o Avaí). Dessa forma, recolocou o Tricolor paulista na briga por uma das duas vagas restantes na Libertadores de 2012 (Santos, Vasco, Corinthians e Fluminense já estão garantidos).

Também no sábado, foi a vez de Felipe Azevedo, do Ceará, acabar com o Grêmio, marcando os três gols na surpreendente vitória do Vovô por 3 x 1. Aliás, essa foi a primeira vez que um jogador marcou três gols no Grêmio no estádio Olímpico, em 511 jogos disputados lá. De quebra, Felipe Azevedo ainda igualou o recorde de Neném, o único jogador do Ceará a marcar três gols em um único jogo de Brasileiro. Isso foi em 1985, no dia 3 de março, na vitória por 3 x 0 sobre o Sergipe.

Ainda no sábado, Elton deixou sua marca na vitória do Vasco por 2 x 0 sobre o Avaí, chegando ao seu 11º na competição, isolando-se como artilheiro do time no Brasileirão e deixando cada vez mais Alecsandro como reserva.

Ontem, Leonardo deu a vitória ao Coritiba sobre o Santos. Aproveitando a chance como titular, o atacante marcou seu 6º gol no Brasileirão.

No Rio, foi a vez de Leandro Damião marcar após seis jogos e ajudar o Inter a vencer o Botafogo e entrar no G4. A última vez que Damião havia feito gols foi na 23ª rodada, no dia 11 de setembro, quando anotou os três na vitória contra o Palmeiras por 3 x 0.

Já em São Paulo, Liédson e Adriano foram decisivos na sexta virada corintiana na competição. O Levezinho marcou seu 11º gol no Brasileirão, garantindo-se como artilheiro do time no campeonato. Já o Imperador marcou seu primeiro gol pelo clube num momento crucial e quebrando um jejum de 1 ano e cinco meses sem balançar as redes.

Em Florianópolis, Fred brilhou mais uma vez. Autor de três gols na goleada sobre o Figueirense por 4 x 0, o atacante chegou a 20 gols no Brasileirão, entrando na briga pela a artilharia do campeonato com o santista Borges, que está com 23 gols. Fred, que já havia marcado quatro gols no meio de semana, contra o Grêmio, marcou 12 gols nos últimos seis jogos. Com 20 gols, Fred está a um gol de igular a marca de Washington, o recordista de gols pelo Flu em uma única edição de Brasileiro. Em 2008, o Coração Valente anotou 21 gols. Pelo Fluminense, em Brasileiros, Fred também chega a marca de 37 gols e está a apenas 6 de igualar o recordista Magno Alves, o maior artilheiro do clube na história da competição com 43 gols.

Com tantos goleadores brilhando nesse campeonato, veja como estão as tabelas dos maiores artilheiros do Brasileirão desde 1971 e também na era dos pontos corridos. Vale lembrar que oito dos dez maiores artilheiros dos pontos corridos estão jogando o Brasileirão de 2011. Confira:

Maiores artilheiro do Brasileirão na era dos pontos corridos

Jogador Pos. Gols Em 2011
Paulo Baier A 91 5
Washington A 82
Borges A 74 23
Obina A 71
Alecsandro A 67 2
Souza A 63 10
Fred A 61 20
Deivid A 60 15
Marcinho M 58 5
Dagoberto A 57 8
Alex Mineiro A 56
Edmundo A 56
Fernandão A 54
Tuta A 54
Iarley A 53 1
Kleber Pereira A 52
Jonas A 51
Alex Dias A 50
Christian A 50
Diego Tardelli A 48
Dimba A 47
Petkovic M 47
André Lima A 46 9
Felipe A 46 7
Roger A 46 2
Diego Souza M 45 10
Rafael Moura A 44 11
Romário A 43
Nilmar A 42
Rafael Sóbis A 42 10
Marcel A 41
Rogério Ceni G 41 2
Alex M 40 6
Finazzi A 40
Hugo M 40
Renato Abreu M 39 4
Neymar A 39 12
Edílson A 38
Luís Fabiano A 38 4
Wellington Paulista A 38 1
Éder Luís A 37 4
Robinho A 37


.

Maiores artilheiros do Brasileiro desde 1971

Jogador Gols Período Jogos Média
Roberto Dinamite 190 71-92 328 0,58
Romário 154 85-07 252 0,61
Edmundo 153 92-08 316 0,48
Zico 135 71-89 249 0,54
Túlio 129 88-05 240 0,54
Serginho 127 74-90 184 0,69
Washington 126 99-10 201 0,63
Dario 113 71-85 240 0,47
Kleber Pereira 102 99-10 195 0,52
10º Ramon 98 89-10 367 0,27
11° Dodô 96 95-10 196 0,49
12° Paulo Baier 94 97-11 354 0,27
13° Reinaldo 93 73-85 177 0,53
14° Careca 92 78-86 130 0,71
Evair 92 86-02 221 0,42
16° Cláudio Adão 91 73-93 194 0,47
Jorge Mendonça 91 73-86 197 0,46
Viola 91 88-04 249 0,37
Marcelinho Carioca 91 88-09 284 0,32
20° Tuta 90 96-07 231 0,39

.

Autor: Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de junho de 2010 Copa do Mundo, Estatísticas, Seleção Brasileira | 18:29

Faltou pontaria à Seleção Brasileira na estreia da Copa

Compartilhe: Twitter

A expectativa de uma boa estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010, de preferência com goleada, foi por água abaixo hoje à tarde (noite na África do Sul). O futebol apresentado pelo time do técnico Dunga diante da fraca seleção da Coreia do Norte fico muito aquém do esperado. A magra vitória por 2 x 1, acabou decepcionando, principalmente depois das boas exibições do time brasileiro nas Eliminatórias e na Copa das Confederações.

Um dos principais defeitos da Seleção Brasileira foi errar finalizações demais. Diante da Coreia do Norte, a pior seleção posicionada no ranking da Fifa (106° lugar), o time de Dunga chutou 26 vezes, sendo apenas 10 ao gol. Até agora, o Brasil é o país com mais finalizações no Mundial de 2010, superando a então líder Argentina, que deu 20 chutes contra a Nigéria. A Alemanha, equipe que apresentou o melhor futebol até agora e que tem o melhor ataque da Copa, deu 16 chutes, mostrando-se mais eficiente do que os sul-americanos. Veja a lista das seleções que mais chutaram a gol nessa Copa:

Seleção Chutes Certos Errados % de acerto
Brasil 26 10 16 38,5
Argentina 20 7 13 35,0
Inglaterra 18 8 10 44,4
Holanda 18 7 11 38,9
Coreia do Sul 18 7 11 38,9
França 18 3 15 16,7
Alemanha 16 10 6 62,5
Gana 16 3 13 18,8
México 14 5 9 35,7
EUA 13 4 9 30,8
Eslováquia 13 3 10 23,1
Sérvia 13 2 11 15,4
Camarões 11 4 7 36,4
Coreia do Norte 11 3 8 27,3
Argélia 11 2 9 18,2
Nigéria 11 1 10 9,1
Itália 10 5 5 50,0
Dinamarca 10 3 7 30,0
Austrália 10 2 8 20,0
África do Sul 9 5 4 55,6
Nova Zelândia 8 2 6 25,0
Paraguai 8 1 7 12,5
Eslovênia 7 4 3 57,1
Uruguai 7 3 4 42,9
Portugal 7 2 5 28,6
Grécia 6 2 4 33,3
Japão 5 5 0 100,0
Costa do Marfim 5 1 4 20,0

.

O atacante Robinho, com seis finalizações, foi o brasileiro que mais chutou a gol. Somente Messi, com oito finalizações, deu mais chutes do que Robinho nessa Copa. Lampard (da Inglaterra) e Park Chu Young (da Coreia do Sul), também deram seis finalizações. Elano, com 5 finalizações, e Michel Bastos, com 4, foram os outros brasileiros que mais finalizaram contra a Coreia do Norte.

O atacante Luís Fabiano, que completou seu sexto jogo sem marcar gol pela Seleção Brasileira, deu apenas uma finalização. Até Nilmar, que entrou aos 33 minutos do segundo tempo, foi mais eficiente, dando dois chutes à gol. O desempenho de Luís Fabiano, que já passou em branco diante de adversários fracos, como Bolívia e Venezuela nas Eliminatórias, e Tanzânia, no último amistoso pré-Copa, chega a preocupar.

Mas o jogo não foi só tristeza para o Brasil. Os laterais Maicon e Michel Bastos atuaram muito bem. O lateral-direito, inclusive, marcou o primeiro gol da Seleção no jogo, quebrando uma marca que durava desde 1986. Maicon foi o primeiro lateral-direito a marcar pelo Brasil em Copas depois de Josimar. Jorginho (1990 e 1994), Cafu (1994, 1998, 2002 e 2006), Zé Carlos (1998) e Cicinho (2006), passaram em branco nas últimas Copas.

Essa foi também a 15ª vitória da Seleção Brasileira em estreias de Copa do Mundo, sendo a 8ª seguida. Apenas nas duas primeiras Copas (1930 e 1934), o Brasil perdeu na estreia. Depois disso só venceu e empatou (como em 1974 e 1978).

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 17 de novembro de 2009 Copa do Mundo, Estatísticas, Seleção Brasileira | 16:49

Seleção Brasileira fecha 2009 com bons números

Compartilhe: Twitter

A vitória sobre a fraca seleção de Omã fechou a temporada da Seleção Brasileira em 2009. O saldo no ano foi super-positivo. O time comandado por Dunga encerrou o ano com 14 vitórias, 2 empates e apenas 1 derrota (para a Bolívia, na altitude de La Paz). O aproveitamento de 86,3% foi o segundo melhor de uma temporada do técnico desde 2006, ano em que assumiu a Seleção. Porém, naquele ano, o Brasil fez apenas 6 jogos sob o comando de Dunga.

2006 – 6 jogos, 5 vitórias, 1 empate (90,5%); 14 gols (média de 2,14 por jogo)
2007 – 18 jogos, 11 vitórias, 5 empates, 2 derrotas (70,4%); 38 gols (média de 2,57 por jogo)
2008 – 11 jogos, 6 vitórias, 3 empates, 2 derrotas (63,6%); 18 gols (média de 2,11 por jogo)
2009 – 17 jogos, 14 vitórias, 2 empates, 1 derrota (86,3%); 38 gols (média de 2,24 por jogo)

Além do bom aproveitamento, a Seleção conseguiu em 2009 o título da Copa das Confederações, a classificação antecipada para a Copa do Mundo de 2010 e o primeiro lugar nas Eliminatórias. Além disso, o time deverá encerrar o ano como a número 1 do ranking da Fifa.

Para completar, 2009 foi ainda um ano produtivo da Seleção nos confrontos contra as principais equipes do mundo. Contra a Itália, atual campeã mundial, foram duas vitórias no ano: 2 x 0, em fevereiro, e 3 x 0, na Copa das Confederações. Contra a Argentina, o Brasil conseguiu uma grande vitória jogando fora de casa (3 x 1). Também fora de casa o Brasil venceu o Uruguai com sobras (4 x 0). Já no último sábado o time de Dunga bateu a Inglaterra (1 x 0).

Na temporada, Dunga colocou em campo 36 jogadores em 17 partidas. O time formado pelos jogadores que mais atuaram em 2009 foi esse: Júlio César, Daniel Alves, Lúcio, Luisão e André Santos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano e Kaká; Robinho e Luís Fabiano. O atacante Luís Fabiano, com 11 gols, foi o artilheiro da Seleção no ano. Já o goleiro Júlio César foi o que mais jogou, atuando em todas as 17 partidas.

Principais artilheiros:
Luís Fabiano (atacante), 11 gols
Nilmar (atacante), 7 gols
Kaká (meia), 3 gols
Robinho (atacante), 3gols
Elano (meia), 6 gols
Ronaldinho Gaúcho (meia), 5 gols

Quem mais jogou:
Júlio César (goleiro), 17 jogos
Gilberto Silva (volante), 16 jogos
Felipe Melo (volante), 15 jogos
Daniel Alves (lateral-direito), 14 jogos
Lúcio (zagueiro), 14 jogos

Confira a relação dos jogadores que entraram em campo pela Seleção em 2009:

Goleiros
Jogador Clube Jogos Gols
Júlio César Internazionale-ITA 17 -12
Laterais-direitos
Jogador Clube Jogos Gols
Maicon Internazionale-ITA 13 1
Daniel Alves Barcelona-ESP 14 2
Zagueiros
Jogador Clube Jogos Gols
Lúcio Bayern Munique-ALE/Internazionale-ITA 14 1
Luisão Benfica-POR 11 1
Miranda São Paulo 6 0
Juan Roma-ITA 5 2
Thiago Silva Milan-ITA 3 0
Cris Lyon-FRA 1 0
Laterais-esquerdos
Jogador Clube Jogos Gols
André Santos Corinthians/Fenerbahce-TUR 9 0
Kléber Internacional 4 0
Marcelo Real Madrid-ESP 2 0
Michel Bastos Lyon-FRA 2 0
Filipe La Coruña-ESP 1 0
Volantes
Jogador Clube Jogos Gols
Gilberto Silva Panathinaikos-GRE 16 0
Felipe Melo Fiorentina-ITA/Juventus-ITA 15 2
Ramires Cruzeiro/Benfica-POR 10 0
Josué Wolfsburg-ALE 5 0
Kléberson Flamengo 4 0
Fábio Simplício Palermo-ITA 1 0
Lucas Liverpool-ING 1 0
Sandro Internacional 1 0
Meias
Jogador Clube Jogos Gols
Elano Man. City-ING/Galatasaray-TUR 13 1
Kaká Milan-ITA/Real Madrid-ESP 13 3
Júlio Baptista Roma-ITA 8 2
Ronaldinho Gaúcho Milan-ITA 3 0
Alex Spartak Moscou 2 0
Carlos Eduardo Hoffenheim 2 0
Diego Souza Palmeiras 1 0
Atacantes
Jogador Clube Jogos Gols
Luís Fabiano Sevilla-ESP 13 11
Robinho Manchester City-ING 12 3
Nilmar Internacional/Villarreal-ESP 8 7
Alexandre Pato Milan-ITA 4 0
Adriano Internazionale-ITA/Flamengo 4 0
Diego Tardelli Atlético-MG 4 0
Hulk Porto-POR 2 0
Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 13 de outubro de 2009 Artilheiros, Copa do Mundo, Estatísticas, História, Seleção Brasileira | 17:02

Luís Fabiano briga pela artilharia nas Eliminatórias

Compartilhe: Twitter

luis-fabiano

Maior artilheiro da Seleção Brasileira na era Dunga, o atacante Luís Fabiano tem um desafio pela frente. Com 9 gols, o jogador do Sevilla está na briga para ser o artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. O centroavante divide no momento o primeiro lugar da tabela de artilheiros com o chileno Humberto Suazo (o careca que sempre marca gol na Seleção Brasileira…).

Atrás deles, lutam ainda pela artilharia o uruguaio Diego Forlán e o boliviano Marcelo Moreno, ambos com 7 gols. Outro boliviano, Joaquín Botero, também tem 8 gols, mas não foi convocado para essa última rodada das Eliminatórias.

Com 25 gols em apenas 33 jogos, Luís Fabiano é hoje o 15º maior artilheiro da Seleção Brasileira. Com mais um golzinho, ele iguala o craque Rivelino, que marcou 26 em 90 jogos oficiais. Se marcar dois, pode igualar Ronaldinho Gaúcho, que tem 27 gols em 62 partidas. Nome certo da Seleção em 2010, o ex-atacante do São Paulo pode ainda chegar entre os 10 maiores em breve. Veja abaixo os maiores goleadores da Seleção em todos os tempos:

Pos. Jogador Gols Jogos
Pelé 77 91
Ronaldo 64 96
Romário 55 70
Zico 48 71
Bebeto 39 75
Rivaldo 35 74
Jairzinho 33 80
Ademir Menezes 32 39
Tostão 32 53
10º Zizinho 30 53
11º Adriano 29 49
12º Careca 29 60
13º Ronaldinho Gaúcho 27 62
14º Rivelino 26 90
15º Luís Fabiano 25 33

.

Na história das Eliminatórias Sul-Americanas para Copa do Mundo, alguns craques da Seleção Brasileira já conseguiram a artilharia. Zico, em 1978 e 1982, foi o goleador com 5 gols em cada edição. Nas Eliminatórias de 1990, Careca foi o artilheiro, ao lado do uruguaio Rubén Sosa, também com 5 gols. Para a Copa de 2002, Rivaldo e Romário foram os artilheiros com 9 gols ao lado de Crespo, da Argentina, e Agustín Delgado, do Equador. Já nas Eliminatórias para o mundial de 2006, o atacante Ronaldo foi o artilheiro isolado com 9 gols.

Caso marque mais um gol, Luís Fabiano poderá superar essa marca de Ronaldo em uma única edição de Eliminatórias. Com 9 gols, o Fabuloso, porém, dificilmente irá superar o número de gol de Zamorano, que nas Eliminatórias de 1998 anotou 12 gols. Na história geral das Eliminatórias, o maior artilheiro é o argentino Hernán Crespo, com 19 gols (marcou nas Eliminatórias de 1998, 2002 e 2006). Entre os brasileiros, os maiores artilheiros da história são os desafetos Zico e Romário que marcaram 11 gols cada.

 

Autor: Tags: , ,

domingo, 28 de junho de 2009 Artilheiros, Seleção Brasileira | 21:22

A excelente fase de Luís Fabiano na Seleção Brasileira

Compartilhe: Twitter

Desde que Adriano arrebentou na Copas das Confederações de 2005, a Seleção Brasileira não tinha mais um centroavante tão confiável e matador. Luís Fabiano, artilheiro e segundo melhor jogador da Copa das Confederações de 2009, mostrou em 2008 que poderia ser o titular da Seleção e, agora, comprovou sua excelente fase com a camisa 9 da Seleção Brasileira.

O Fabuloso foi artilheiro da competição com 5 gols (dois deles na final) e já é o artilheiro da era Dunga (desde agosto de 2006). Luís Fabiano tem agora 16 gols contra 15 de Robinho, 14 de Kaká e 6 de Elano, os maiores artilheiros e que estão jogando com Dunga desde o início. Artilheiro da Seleção em 2008, Luís Fabiano fez 16 gols desde que retornou à Seleção, no dia 18 de novembro de 2007, no jogo contra o Peru, pelas Eliminatórias. Dos últimos 23 jogos do Brasil, Luís Fabiano participou de 19, anotando 16 gols.

No geral, o atacante do Sevilla já soma 22 gols em 31 jogos com a camisa da Seleção Brasileira e já está na lista dos 25 maiores goleadores da Seleção em todos os tempos. Sua média de gols (0,71 por jogo), é uma das maiores da Seleção ao lado de Romário (0,75) e Pelé (0,83).

Veja a relação de jogos e gols de Luís Fabiano pela Seleção Brasileira.

Data Jogo Gols
11/06/2003 3 x 0 Nigéria 1
16/11/2003 1 x 1 Peru
19/11/2003 3 x 3 Uruguai
28/04/2004 4 x 1 Hungria 2
02/06/2004 3 x 1 Argentina
06/06/2004 1 x 1 Chile 1
08/07/2004 1 x 0 Chile 1
11/07/2004 4 x 1 Costa Rica
14/07/2004 1 x 2 Paraguai 1
18/07/2004 4 x 0 México
21/07/2004 1 x 1 Uruguai
25/07/2004 2 x 2 Argentina
21/11/2007 2 x 1 Uruguai 2
06/02/2008 1 x 0 Irlanda
26/03/2008 1 x 0 Suécia
31/05/2008 3 x 2 Canadá 1
06/06/2008 0 x 2 Venezuela
15/06/2008 0 x 2 Paraguai
18/06/2008 0 x 0 Argentina
07/09/2008 3 x 0 Chile 2
10/09/2008 0 x 0 Bolívia
19/11/2008 6 x 2 Portugal 3
29/03/2009 1 x 1 Equador
01/04/2009 3 x 0 Peru 2
06/06/2009 4 x 0 Uruguai 1
15/06/2009 4 x 3 Egito 1
18/06/2009 3 x 0 Estados Unidos
21/06/2009 3 x 0 Itália 2
25/06/2009 1 x 0 África do Sul
28/06/2009 3 x 2 Estados Unidos 2
Autor: Tags: , ,