Publicidade

Posts com a Tag Recorde

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 Campeonato Brasileiro, Estatísticas | 12:34

Palmeiras: recorde no jejum de vitórias e no número de empates

Compartilhe: Twitter

Com  o empate diante do Vasco, ontem, no Pacaembu, o Palmeiras chegou ao seu 10º jogo sem vitória no Brasileirão. Um recorde negativo na história do clube, igualando a marca de 1985, quando o time também ficou dez partidas sem vencer. Naquele campeonato, o Palmeiras terminou na 30ª colocação, com apenas 5 vitórias, 8 empates e 7 derrotas.

Depois de vencer o Cruzeiro em seu sexto jogo (2 x 0), no dia 13 de fevereiro, o Palmeiras só foi voltar a vencer no dia 31 de março de 1985. Na derrota para o Náutico, o time acabou demitindo o técnico Fedato. Em seu lugar, entrou Mário Travaglini. Confira a sequência do então maior jejum de vitórias do Palmeiras em Brasileiros:
23/2/1985 – Palmeiras 1 x 1 Vasco
28/2/1985 – Internacional 2 x 1 Palmeiras
3/3/1985 – Palmeiras 1 x 2 Santos
6/3/1985 – Náutico 2 x  1Palmeiras
10/3/1985 – Palmeiras 1 x 2 Bahia
13/3/1985 – Goiás 1 x 0 Palmeiras
16/3/1985 – Palmeiras 4 x 4 São Paulo
20/3/1985 – Palmeiras 2 x 2 Flamengo
24/3/1985 – Portuguesa 0 x 0 Palmeiras
27/3/1985 – Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras

.

Em 2011, a última vitória palmeirense foi no distante dia 22 de setembro, na 25ª rodada, há quase dois meses. Desde então, foram cinco empates e cinco derrotas. E a última vitória fora de casa foi na 12ª rodada, 2 x 1 no Figueirense, no dia 27 de julho. Com chances remotas de rebaixamento, o Palmeiras somou apenas 11 pontos no returno, ganhando somente uma partida. Apenas o Ceará, com 10 pontos em 16 jogos, consegue ser pior.

No Campeonato Brasileiro de 2011, o Palmeiras chegou ao seu 16º empate em 35 partidas. O que dá uma porcentagem de 46% de empates no total de jogos. Um recorde na era dos pontos corridos, desde 2003, entre todos os clubes. E com apenas 26% de vitórias em sua campanha de 2011, o Palmeiras tem também um de seus piores índices de vitória em Brasileiros. Apenas em Apenas em 1985 (25%) e em 2002, ano do rebaixamento (24%), o Palmeiras venceu proporcionalmente menos.

Veja abaixo quem mais empatou seus jogos em Brasileiros na era dos pontos corridos:

Ano Posiçao Clube Jogos Empates % de empates
2011 12º Palmeiras 35 16 0,46
2010 Botafogo 38 17 0,45
2010 12º Ceará 38 17 0,45
2010 14º Flamengo 38 17 0,45
2010 11º Vasco 38 16 0,42
2003 21º Ponte Preta 46 18 0,39
2004 20º Botafogo 46 18 0,39
2010 17º Vitória 38 15 0,39
Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 20 de junho de 2011 Campeonato Brasileiro | 12:20

As melhores arrancadas na história do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Líder isolado do Brasileiro com 100% de aproveitamento, o São Paulo chegou a inédita marca de 5 vitórias nos 5 primeiros jogos da competição. Na era dos pontos corridos, esse é o melhor início de um clube até essa 5ª rodada.

Na história do Campeonato Brasileiro, porém, o melhor começo continua sendo o do Atlético-MG, que em 1977 venceu seus 8 primeiros jogos. Vice-campeão invicto naquele ano (perdeu o título para o São Paulo nos pênaltis), o Galo bateu o Remo (4 x 1), Santos (3 x 0), Botafogo-SP (1 x 0), Nacional-AM (4 x 2), Paysandu (3 x 1), Cruzeiro (1 x 0), Fast-AM (6 x 2) e América-MG (3 x 1) nas primeiras rodadas.

Nos últimos anos, quem mais se aproximou de igualar esse recorde atleticano foi o Corinthians, em 1999. A equipe dirigida por Oswaldo de Olivera, venceu seus 7 primeiros jogos, mas acabou perdendo o oitava para o Flamengo, em casa, com um de Romário.

Veja abaixo as melhores arrancadas na história do Brasileiro:


.

.

.

.

.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 1 de março de 2011 Copa Libertadores, Estatísticas, História | 17:12

Pela Libertadores, Santos defende sequência de vitórias

Compartilhe: Twitter

O Santos enfrentará, amanhã, o Cerro Porteño-PAR pela Copa Libertadores. Se depender do histórico do alvinegro na competição, o primeira vitória está bem próximo. Jogando na Vila Belmiro, o Santos defende um sequência de 12 vitórias consecutivas na competição. Desde a derrota para o Atlético-PR, nas quartas-de-final de 2005, o Peixe não perdeu um ponto sequer em seu estádio.

Foram 7 vitórias em 2007 e mais 5 vitórias em 2008. Confira a sequência:

.

.

.

.

.

.

.

.

Na Vila Belmiro, aliás, o desempenho do Santos é muito melhor do que em outros estádios já utilizados pelo clube como mandante na história da Libertadores. Em 32 jogos na Vila, foram 26 vitórias, 4 empates e apenas 2 derrotas (85,4% de aproveitamento). Nos outros estádios (Morumbi, Pacaembu e Maracanã), foram 10 jogos, 4 vitórias, 1 empate e 5 derrotas (apenas 43,3% de aproveitamento). No Morumbi, aliás, o Santos perdeu todos os seus 4 jogos como mandante, incluindo a decisão de 2003 para o Boca.

Contra times paraguaios, o Santos também tem um bom retrospecto. Em 6 jogos, foram 4 vitórias e 2 empates. Em 1962, ano do primeiro título, o Santos enfiou um 9 x 1 no Cerro Porteño, na Vila, registrando a maior goleada de um time brasileiro na história da competição.

Se conseguir sua 13ª vitória em casa, amanhã, o Santos se aproximará ainda do recorde do São Paulo, o brasileiro que mais conquistou vitórias consecutivas pela Libertadores, com 18 triunfos entre 1992 e 2004. O Corinthians, com 14 vitórias, vem na sequência e pode ser superado pelo Santos ainda nessa primeira fase. Veja abaixo as maiores sequências de vitórias seguidas dos brasileiros pela Libertadores:

.

.

.

.

.

.

.

.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Campeonato Brasileiro, História | 22:33

Os gols mais rápidos da história do Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Na última rodada do Brasileirão, o Avaí surpreendeu o Internacional em pleno Beira-Rio ao derrotá-lo por 3 x 2. Na zona do rebaixamento, o clube catarinense conseguiu outra proeza além de bater o atual campeão da América fora de casa. O primeiro gol do jogo, do lateral Patric, foi marcado logo aos 15 segundos de jogo. Esse foi o gol mais rápido desse Brasileirão e também um dos mais rápidos da história da competição, desde 1971.

Confira abaixo os gols mais rápidos do Campeonato Brasileiro desde 1971, de acordo com os dados da revista Placar.

Tempo Jogador Clube Jogo Local e Data
8 s Nivaldo Náutico 3 x 2 Atlético-MG Aflitos, 18/10/1989
8 s Dinei Vitória 2 x 1 Portuguesa Canindé, 6/7/2008
11 s Ceará Coritiba 3 x 2 Criciúma Heriberto Hulse, 27/7/2003
12 s Robinho Santos 2 x 2 São Caetano Anacleto Campanella, 11/10/2003
13 s Galvão Paraná 3 x 2 Santos Pinheirão, 21/4/2004
13 s Marcelo Ramos Cruzeiro 2 x 0 Corinthians Mineirão, 27/8/1995
15 s Claudiomiro Internacional 1 x 1 Santos Beira Rio, 20/11/1971
15 s Uéslei Vitória 4 x 2 Vasco Barradão, 14/8/1997
15 s Guilherme Atlético-MG 3 x 2 Corinthians Mineirão, 12/12/1999
15 s Adriano Magrão Fluminense 1 x 1 Atlético-MG Maracanã, 27/10/2007
15 s Patric Avaí 3 x 2 Internacional Beira-Rio, 14/11/2010
16 s Wallace Juventude 2 x 1 Paraná Durival de Britto, 31/8/1997
16 s Wellington Paulista Cruzeiro 4 x 2 Náutico Mineirão, 22/8/2009

.

Como comparativo, veja também a lista dos gols mais rápidos nos principais campeonatos nacionais do mundo:

País Tempo Jogador Clube Jogo Data
Espanha 7,8 s Llorente Valladolid 2 x 1 Espanyol 21/01/2008
Itália 9,9 s Matteoli Internazionale 1 x 0 Cesena 27/11/1989
Inglaterra 10,2 s Ledley King Tottenham 3 x 3 Bradford 09/12/2000
Alemanha 11 s Kirsten Bayer Leverkusen 4 x 2 Kaiserslautern 30/03/2002
França 13 s Ribery Olympique de Marselha 2 x 1 Nantes 19/11/2006

.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 21 de outubro de 2010 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 09:53

Conca, Ceni e Prass jogaram todas no Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Depois de 30 rodadas, apenas três jogadores conseguiram a proeza de jogar todas as partidas do Brasileirão: o meia Darío Conca (Fluminense) e os goleiros Fernando Prass (Vasco) e Rogério Ceni (São Paulo). O argentino Conca, em seu quarto Brasileirão, vem mantendo a boa média das temporadas anteriores. Em 2007, pelo Vasco, disputou 30 partidas das 38 partidas. Em 2008, já pelo Flu, também fez 30 jogos em 38 rodadas. No ano passado, também pelo tricolor carioca, disputou 36 jogos, ficando de fora de apenas dois.

Já Rogério Ceni, que em 2009 jogou apenas 16 rodadas do Brasileirão devido a uma contusão, participou de todos os jogos do São Paulo no campeonato, repetindo o feito que conseguiu apenas uma vez em 16 edições disputadas. Em 1997, Ceni jogou todas as 25 partidas do tricolor no Brasileirão.Vale lembrar que o São Paulo é o recordista de jogos na história do Campeonato Brasileiro, hoje com 412 partidas.

Já o goleiro Fernando Prass, que chegou ao 100º jogo pelo Vasco recentemente, disputou em 2009 36 das 38 rodadas da Série B pelo clube. Anteriormente, pelo Coritiba, Prass também disputou quase todas as partidas do time paranaense no Brasileirão. Em 2002, disputou todas as 25 partidas do time na Série A. Em 2003, disputou 42 das 46 rodadas. Já em 2004, fez 40 partidas em 46 rodadas pelo Coritiba.

Veja quem mais atuou em cada edição do Brasileiro na era dos pontos corridos:

Brasileiro 2003
Jogador Posição Clube Jogos
Édson Bastos Goleiro Figueirense 46
Wagner Atacante Guarani 46
Sílvio Luiz Goleiro São Caetano 46
Brasileiro 2004
Jogador Posição Clube Jogos
Diego Goleiro Atlético-PR 45
Almir Atacante Botafogo 45
Jean Goleiro Guarani 45
Lauro Goleiro Ponte Preta 45
Brasileiro 2005
Jogador Posição Clube Jogos
Diego Goleiro Flamengo 42
Kleber Goleiro Fluminense 42
Harlei Goleiro Goiás 42
Brasileiro 2006
Jogador Posição Clube Jogos
André Goleiro Juventude 38
Andrey Goleiro Figueirense 37
Marquinhos Paraná Meia Figueirense 37
Brasileiro 2007
Jogador Posição Clube Jogos
Harlei Goleiro Goiás 38
Michel Alves Goleiro Juventude 38
Diego Cavalieri Goleiro Palmeiras 38
Brasileiro 2008
Jogador Posição Clube Jogos
Fábio Goleiro Cruzeiro 38
Harlei Goleiro Goiás 38
Victor Goleiro Grêmio 38
Brasileiro 2009
Jogador Posição Clube Jogos
Harlei Goleiro Goiás 38
Brasileiro 2010
Jogador Posição Clube Jogos
Conca Meia Fluminense 30
Fernando Prass Goleiro Vasco 30
Riogério Ceni Goleiro São Paulo 30

.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 6 de agosto de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, História | 15:59

Os recordes de vitórias consecutivas no Brasileirão

Compartilhe: Twitter

Atualmente, três clubes do Campeonato Brasileiro de 2009 estão com boa uma sequencia de vitórias. O Goiás, que derrotou o Flamengo ontem por 3 x 2, chegou a sua sexta vitória consecutiva. Um recorde na atual edição do Brasileiro. O time de Hélio dos Anjos, Iarley, Léo Lima e companhia igualou o feito da equipe do Goiás de 2003, que também conquistou seis vitórias seguidas.

Outros times que estão com grandes sequencias de vitórias são Palmeiras (que pode chegar a sua quarta vitória seguida hoje à noite) e o São Paulo, que venceu seus últimos quatro jogos.

Sequência de vitórias consecutivas no Brasileirão 2009:

Clube Vitórias
Goiás 6 *
Avaí 5
Internacional 4
Palmeiras 4
São Paulo 4 *
Atlético-MG 3
Barueri 3
Corinthians 3
Palmeiras 3

* Sequências em andamento.

.
Na era pontos corridos, o recorde de vitórias consecutivas pertence ao Cruzeiro, que em 2003, com o técnico Luxemburgo, conseguiu a proeza de vencer 8 jogos seguidos e duas vezes ainda. O Goiás, caso ganhe do São Paulo, no próximo domingo, e do Vitória, na última rodada do primeiro turno, poderá igualar essa marca.

Maiores sequências de vitórias consecutivas na era dos pontos corridos (2003-2009):

Clube Vitórias Ano
Cruzeiro 8 2003 (duas vezes)
Santos 7 2003 e 2004
São Paulo 7 2007
Botafogo 6 2008
Corinthians 6 2005
Criciúma 6 2003
Cruzeiro 6 2007
Goiás 6 2003 e 2009
Internacional 6 2006
Palmeiras 6 2004
Paraná 6 2006
São Paulo 6 2004 e 2006

.
Já na história do Brasileirão, desde 1971, o recorde de vitórias consecutivas pertence ao São Paulo, que em 2002, sob o comando do técnico Osvaldo de Oliveira conseguiu nada menos que 10 vitórias seguidas. Confira abaixo as maiores sequências de vitórias na história do Brasileirão entre os 20 participantes da Série A de 2009.

Recordes de vitórias consecutivas dos 20 clubes da Série A:

Clube Vitórias Ano
São Paulo 10 2002
Atlético-MG 8 1977 e 1986
Cruzeiro 8 2003 (duas vezes)
Internacional 8 1978
Náutico 8 1978
Palmeiras 8 1993
Santos 8 1990
Corinthians 7 1999
Atlético-PR 6 1998
Avaí 6 2009
Botafogo 6 2006
Flamengo 6 1978 e 1982
Fluminense 6 1982 e 1988
Goiás 6 2003 e 2009
Grêmio 6 1978 e 1980
Sport 5 1977 e 1985
Coritiba 4 1976 e 2003
Vitória 4 2003 e 2008
Barueri 3 2009
Santo André 3 1984

.

Autor: Tags: ,

terça-feira, 4 de agosto de 2009 Campeonato Brasileiro, História | 18:34

Com Ceni, São Paulo tem melhor desempenho em 2009

Compartilhe: Twitter

Afastado do São Paulo por lesão há três meses, o goleiro Rogério Ceni já prepara sua volta para o próximo dia 16 de agosto, na partida contra o Sport. O capitão do Tricolor pode até fazer sua estreia no Brasileirão no próximo domingo, no jogo contra o Goiás, no Morumbi.

A volta do principal jogador do elenco são-paulino pode ajudar o clube a crescer ainda mais na competição. Com Rogério Ceni em campo, em 2009, o São Paulo conquistou 66,7% dos pontos. Sem ele e com Denis ou Bosco, o Tricolor teve um aproveitamento de 48,7% dos pontos. Além disso, a média de gols sofridos do time é bem menor com Ceni em campo (0,94 contra 1,19).

Desempenho do São Paulo com Rogério Ceni em campo:
66,7% de aproveitamento
18 jogos
11 vitórias
3 empates
4 derrotas
30 gols
17 gols sofridos (média de 0,94 por partida)

Desempenho do São Paulo sem Rogério Ceni em campo:
48,7% de aproveitamento
26 jogos
10 vitórias
8 empates
8 derrotas
33 gols
31 gols sofridos (média de 1,19 por partida)

.
Em breve, Rogério Ceni poderá atingir uma marca histórica. Com 367 jogos, Ceni poderá vir ser o recordista de jogos na história do Campeonato Brasileiro. O recorde é do ex-meia Zinho com 369 partidas. Com mais três partida, Rogério irá isolar-se na liderança no ranking dos jogadores que mais atuaram em Brasileiros desde 1971. Confira abaixo a lista dos recordistas:

.

Jogador Posição Jogos
Período
Zinho Meia 369
86-04
Clemer Goleiro 368
94-09
Rogério Ceni Goleiro 367
93-08
Cléber Zagueiro 338
90-06
Ramon Meia 332
89-09
Wladimir Lateral-esquerdo 330
73-89
Roberto Dinamite Atacante 326
71-92
Edmundo Atacante 315
92-08
Eduardo Amorim Meia 301
89-93
Velloso Goleiro 301
89-93
11° Tarciso Atacante 300
71-87
12º Danrlei Goleiro 297
93-05
13° Flávio Goleiro 294
97-04
14º Harlei Goleiro 288
00-09
15º Paulo Isidoro Meia 283
75-90
16º Leão Goleiro 279
71-85
17º Mauro Galvão Zagueiro 270
79-01
18º Wilson Gottardo Zagueiro 276
83-99
19º
Paulo Roberto Costa Lateral-esquerdo 273
81-97
20º Mineiro Volante 266
97-06
Autor: Tags: , , ,