Publicidade

Posts com a Tag Santos

terça-feira, 20 de outubro de 2009 Campeonato Brasileiro, Transferências | 18:02

Emerson e as decepções do Brasileirão nesse segundo turno

Compartilhe: Twitter

Emerson, SantosComo vem acontecendo nos últimos anos, nessa era dos pontos corridos, os clubes brasileiros começaram o Brasileirão com a base do Estadual, Copa do Brasil ou Libertadores. Pouco depois, após perderem seus principais jogadores para o exterior, vários desses clubes sairam às compras na virada do primeiro para o segundo turno. E muitos desses clubes acabaram buscando veteranos ou jogadores em baixa no exterior. Mas essa receita acabou não funcionando muito bem.

Nos últimos dias, o experiente volante Emerson rescindiu seu contrato com o Santos. Aos 33 anos, ex-jogador do Milan e da Seleção Brasileira fez apenas 6 partidas pelo clube paulista. Contundido, não conseguiu se firmar na equipe. Mas além de Emerson, vários jogadores que chegaram para serem titulares em suas equipes acabaram decepcionando nessa segunda metade do Brasileirão. Entre eles, o lateral-direito Coelho (Atlético-MG), o volante Edu (Corinthians), o atacante Dênis Marques (Flamengo), o volante Urrutia (Fluminense), e os atacantes Fernandão (Goiás) e Derlei (Vitória). Outra que não mostrou a que veio foi o equatoriano Guerrón. Em 9 jogos, foi titular em apenas dois (e ainda acabou substituído em ambos) e não marcou gol.

Listei alguns jogadores que decepcionaram nesse Brasileirão. Confira:

Jogador Clube Posição Idade Jogos Gols
Pedro Benítez Atlético-MG Zagueiro 28 1 0
Coelho Atlético-MG Lateral-direito 26 3 0
Pedro Oldoni Atlético-MG Atacante 24 4 0
Michael Botafogo Lateral-esquerdo 26 6 0
Edu Corinthians Volante 31 4 0
Guerrón Cruzeiro Atacante 24 9 0
David Flamengo Zagueiro 22 8 0
Dênis Marques Flamengo Atacante 28 10 2
Paulo César Fluminense Lateral-direito 31 4 0
Urrutia Fluminense Volante 32 2 0
Roni Fluminense Atacante 32 11 2
Fernandão Goiás Atacante 31 8 1
Bolaños Internacional Atacante 24 10 3
Acosta Náutico Atacante 32 8 0
Jean Santos Atacante 27 0 0
Emerson Santos Volante 6 0 0
Adrian González São Paulo Zagueiro 32 2 0
Derlei Vitória Atacante 34 1 1
Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 2 de outubro de 2009 Campeonato Brasileiro, Confrontos, Estatísticas, História, Técnicos | 16:24

Muricy leva vantagem sobre Luxemburgo no confronto direto

Compartilhe: Twitter

Técnicos que já fizeram história no Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho e Vanderlei Luxemburgo irão protagonizar mais um duelo no próximo domingo. Muricy, único treinador três vezes campeão consecutivo do Brasileirão, defenderá uma invencilididade de quatro jogos sem derrota contra Luxemburgo no clássico Santos e Palmeiras.

Até hoje, em 19 jogos, foram 10 vitórias para os clubes dirigidos por Muricy, 6 dos times de Luxemburgo e mais 3 empates. Nos gols, empate com 27 para cada lado. Em Campeonatos Brasileiros, a vantagem de Muricy é maior ainda. Em 11 jogos, foram 7 vitórias, contra apenas 2 de Luxemburgo e 2 empates. Nos últimos 6 jogos, aliás, Muricy não perdeu para as equipes treinadas por Luxa em Brasileiros. A última vitória do atual treinador do Santos sobre Muricy foi em 2006, quando o Santos venceu o São Paulo por 4 x 0.

Confira abaixo todos os confrontos entre os técnicos Muricy e Luxemburgo:

Data Muricy Placar Luxemburgo Competição
14/02/1996 São Paulo 0 x 2 Palmeiras Camp. Paulista
28/04/1996 São Paulo 2 x 3 Palmeiras Camp. Paulista
18/09/2002 Figueirense 3 x 1 Cruzeiro Camp. Brasileiro
29/06/2003 Internacional 2 x 3 Cruzeiro Camp. Brasileiro
22/08/2003 Internacional 1 x 0 Cruzeiro Camp. Brasileiro
29/09/2004 Internacional 2 x 1 Santos Camp. Brasileiro
02/04/2006 São Paulo 3 x 1 Santos Camp. Paulista
30/07/2006 São Paulo 0 x 4 Santos Camp. Brasileiro
05/11/2006 São Paulo 1 x 0 Santos Camp. Brasileiro
11/03/2007 São Paulo 1 x 1 Santos Camp. Paulista
24/06/2007 São Paulo 2 x 0 Santos Camp. Brasileiro
15/09/2007 São Paulo 2 x 1 Santos Camp. Brasileiro
16/03/2008 São Paulo 1 x 4 Palmeiras Camp. Paulista
13/04/2008 São Paulo 2 x 1 Palmeiras Camp. Paulista
20/04/2008 São Paulo 0 x 2 Palmeiras Camp. Paulista
13/07/2008 São Paulo 2 x 1 Palmeiras Camp. Brasileiro
19/10/2008 São Paulo 2 x 2 Palmeiras Camp. Brasileiro
28/03/2009 São Paulo 1 x 0 Palmeiras Camp. Paulista
24/05/2009 São Paulo 0 x 0 Palmeiras Camp. Brasileiro

.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 1 de setembro de 2009 Artilheiros, Campeonato Brasileiro, História | 16:00

Kleber Pereira pode superar Robinho amanhã

Compartilhe: Twitter

O centroavante Kleber Pereira, artilheiro do Santos nas últimas três temporadas, pode superar a marca de Robinho e se tornar o maior goleador isolado do Peixe na história do Brasileirão. Até hoje, cada jogador marcou 46 gols. Robinho, entre 2002 e 2005, anotou 46 gols em 109 partidas. Campeão Brasileiro em 2002 e 2004, o atacante do Manchester City superou o então recordista Serginho Chulapa.

Já Kleber Pereira alcançou a marca de gols num período menor. Em três campeonatos (2007, 2008 e 2009), fez 46 gols em apenas 79 jogos. Sua média (0,58 gol por jogo) é bem superior ao antigo ídolo santista (0,42).

No geral, Kleber Pereira também está bem próximo de superar Robinho em número de gols pelo Santos. Robinho fez 83 gols em sua passagem brilhante pelo Peixe. Kleber Pereira já está com 81 gols. Caso ultrapasse Robinho, Kleber será o quarto maior artilheiro do clube na era pós-Pelé. Desde 1974, os maiores artilheiros são Serginho Chulapa (104 gols), João Paulo (103) e Juary (101).

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 1 de maio de 2009 Artilheiros, Campeonatos Estaduais, Confrontos, Copa do Brasil, Copa Libertadores, Estatísticas, Fotos, História | 22:45

Dez motivos para santistas e corintianos sonharem na final

Compartilhe: Twitter

Para muitos, a decisão do Campeonato Paulista de 2009 já está praticamente definida. Com a vitória no primeiro jogo por 3 x 1, o Corinthians aumentou sua vantagem e pode até perder por dois gols de diferença para garantir seu 26º título estadual.
Os santistas, porém, não perderam a esperança. Sinceramente, acho difícil. Mas resolvi listar aqui alguns motivos para o torcedor do Santos acreditar no título. Por outro lado, separei também dez razões para o corintiano ter certeza de que será campeão paulista.

Dez motivos para os santistas sonharem:
1 – Muitos santistas dessa geração ainda guardam a incrível virada no Pacaembu em 1995. Naquele ano, o time comandando pelo meia Giovanni venceu o Fluminense por 5 x 2 e garantiu vaga na final do Brasileirão quando precisa vencer por três gols de diferença. No jogo de ida, o Peixe perdeu por 4 x 1 no Rio.
2 – Nos últimos 20 jogos entre as duas equipes, o Santos venceu 12 e o Corinthians apenas 5.Neymar
3 – Das 27 vitórias do Peixe sobre o rival no Pacaembu, seis foram por diferença maior ou igual a três gols. A última delas em 2006, pelo Campeonato Brasileiro (gols de Kleber, Leandro e Zé Roberto).
4 – O Peixe tem vantagem sobre o rival em finais. Em quatro decisões, foram três vitórias. Duas em Campeonatos Paulistas (1935 e 1984) e uma pelo Brasileirão (2002).
5 – Em 2002, Robinho despontou para o futebol após o título Brasileiro conquistado sobre o Corinthians. Enquanto jogou pelo Peixe, o Corinthians não ganhou. A esperança do santista é que Neymar repita a cena de 2002.
6 – Kleber Pereira garantiu o Santos na decisão do Paulistão marcando três gols contra a Ponte Preta. Quando precisou, o artilheiro fez sua parte. Será que ele fará o mesmo agora?
7 – Como no Brasileiro de 2002, o Santos garantiu a vaga nas finais na última hora. E mesmo em desvantagem, foi campeão. Nesse Paulistão, nas semifinais, passou pelo Palmeiras, time de melhor campanha na primeira fase.
8 – O Corinthians levou três gols no último jogo e por pouco não perdeu por 3 x 0 para o Atlético-PR. Arrancou dois gols depois dos 40 minutos do segundo tempo.
9 – O Corinthians não é imbatível. A equipe perdeu a invencibilidade de 25 jogos em 2009. Ou de 45 jogos, como os corintianos gastavam de dizer, ao não contabilizar a derrota para o América-RN na última rodada da Série B, quando o time titular estava de férias.
10 – Ronaldo, autor de dois gols na primeira final, na Vila Belmiro, é dúvida. O Fenômeno tem sido decisivo, principalmente nos clássicos. Sem ele, o Corinthians poderá entrar em campo com Souza ou Otacílio Neto, ou ainda sem um atacante de área.

Dez motivos para os corintianos acreditarem ainda mais no título quase certo:
1 – Desde o rebaixamento na Série A do Brasileiro, em 2007, o Corinthians não perde por três gols de diferença. A última derrota, em casa, por esse placar foi no dia 25 de agosto de 2007, Cruzeiro 3 x 0 no Pacaembu.
2 – Sob o comando de Mano Menezes, o Corinthians nunca perdeu dois jogos seguidos. Vale lembrar que o time vem de derrota para o Atlético-PR.
3 – A última derrota do Corinthians, jogando como mandante, foi há mais de 9 meses, no dia 19 de julho de 2008, quando perdeu para o Bahia por 1 x 0 no Pacaembu. Desde então, foram 25 jogos, 20 vitórias e 5 empates.
4 – Desde essa última derrota no Pacaembu, o Corinthians marcou 59 gols e sofreu apenas 15. Deixou de marcar gol em apenas um jogo (0 x 0 contra o Criciúma). Além disso, não levou 3 gols em nenhum desses 25 jogos.
5 – O Corinthians pode até perder por dois gols de diferença, mas luta para conquistar o título invicto, o quinto em sua história (já ganhou em 1914, 1916, 1929 e 1938). Mais um motivo para crer que o time não perderá.Ronaldo
6 – O Corinthians tem Ronaldo, que não ficou dois jogos sem marcar gols pelo Timão. Como não fez contra o Atlético-PR…
7 – O Corinthians luta para conquistar um título no Pacaembu depois de 54 anos. O último foi em fevereiro de 1955, que valia o título do Paulista de 1954.
8 – No Pacaembu, o Corinthians e Santos jogaram 86 vezes. Foram 32 vitórias do Corinthians, 27 do Santos e mais 27 empates. O Corinthians marcou 133 gols e sofreu 122.
9 – Corinthians e Santos jogaram duas vezes nesse Paulistão. Na primeira, no Pacaembu, deu Corinthians: 1 x 0, gol de Dentinho. O jogo marcou a primeira vitória de Mano Menezes em clássicos paulistas. No segundo jogo entre os dois clubes, deu Corinthians de novo: 3 x 1, no último domingo.
10 – O Corinthians não quer perder a terceira decisão seguida para o Santos. Em 1984, perdeu a chance de ganhar o tricampeonato paulista ao ser derrotado para o rival. Em 2002, perdeu o título Brasileiro para o Santos, que até então nunca havia conquista o campeonato. Naquele jogo, Robinho deitou e rolou. Nenhum corintiano quer que a cena se repita, vendo Neymar acabar com o Timão.

Para quem gosta desse clássico, o livro O Grande Jogo – O Maior Duelo Alvinegro do Futebol Contado por Dois Historiadores Fanáticos, dos jornalistas Celso Unzelte e Odir Cunha, publicado pela Editora Novo Século é um grande pedido. O livro trás histórias fantásticas sobre o clássico mais antigo de São Paulo, além de curiosidades, estatísticas e a lista completa de todos os jogos realizados entre 1913 e 2008. Vale a pena!!!

Livro o Grande Jogo, Celso Unzelte e Odir Cunha

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 24 de abril de 2009 Campeonatos Estaduais, Confrontos, Estatísticas, História, Sem categoria | 23:39

Vantagem histórica para Fla, Santos e Cruzeiro em finais

Compartilhe: Twitter

No próximo domingo, começarão as finais de três dos principais estaduais do Brasil: São Paulo, Rio e Minas. Os campeões, porém, só serão conhecido no outro domingo, dia 3 de maio. As decisões entre Corinthians x Santos, Flamengo x Botafogo e Atlético-MG x Cruzeiro não serão inéditas.

Em São Paulo, os rivais alvinegros já se enfrentam três vezes em decisões estaduais e o Santos leva vantagem com dois títulos (1935 e 1984). O Corinthians venceu apenas em 1930, ainda na era do amadorismo. Além disso, o clube praiano tem um título Brasileiro conquistado sobre o rival, em 2002.

Santos x Corinthians

Finais entre Santos e Corinthians em Campeonatos Paulistas:
1930
– 4/1/1931 – Santos 2 x 5 Corinthians
Campeão: Corinthians

1935 – 17/11/1935 – Corinthians 0 x 2 Santos
Campeão: Santos

1984 – 2/12/1984 – Santos 1 x 0 Corinthians
Campeão: Santos

Já no Rio de Janeiro, Flamengo e Botafogo farão a quinta final carioca da história entre as duas equipes. Cada clube tem dois títulos. O Botafogo em 1962 e 1989, quando quebrou o jejum de 21 anos sem títulos. Já o Flamengo ganhou os últimos dois campeonatos, em 2007 e 2008. Os rubro-negros conquistaram ainda um título Brasileiro em 1992 sobre o Botafogo. No confronto geral, jogo a jogo, o Fla também leva a melhor.

Botafogo x Flamengo

Finais entre Botafogo e Flamengo em Campeonatos Cariocas:
1962
– 15/12/1962 – Botafogo 3 x 0 Flamengo
Campeão: Botafogo

1989 – 21/6/1989 – Botafogo 1 x 0 Flamengo
Campeão: Botafogo

2007 – 29/4/2007 – Botafogo 2 x 2 Flamengo
2007 – 6/5/2007 – Flamengo 2 x 2 Botafogo (Nos pênaltis: Flamengo 4 x 2)
Campeão: Flamengo

2008 – 27/4/2008 – Flamengo 1 x 0 Botafogo
2008 – 4/5/2008 – Botafogo 1 x 3 Flamengo
Campeão: Flamengo

Em Minas Gerais, os dois maiores clubes do estado já fizeram 13 finais diretas. O Cruzeiro venceu oito (1967, 1972, 1977, 1987, 1990, 1998, 2004 e 2008) e o Atlético cinco (1962, 1976, 1985, 2000, 2007). A decisão de 2009 será uma espécie de tira-teima dos últimos dois campeonatos. Em 2007, o Galo ficou com o título e de quebra ganhou de 4 x 0 do rival na primeira final. Em 2008, a Raposa deu o troco. Venceu o primeiro jogo decisivo por 5 x 0 e ganhou o campeonato. E desde o 4 x 0 do Galo em 2007, só deu Cruzeiro. Nos últimos dez jogos, foram 9 vitórias da Raposa e apenas um empate.

Cruzeiro x Atletico

Finais entre Cruzeiro e Atlético-MG em Campeonatos Mineiros:
1962
– 10/2/1963 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
1962 – 13/2/1963 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
1962 – 15/2/1963 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1967 – 14/1/1968 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
1967 – 21/1/1968 – Cruzeiro 3 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1972 – 7/9/1972 – Cruzeiro 2 x 1 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1976 – 27/3/1976 – Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro
1976 – 3/4/1976 – Atlético-MG 2 x 0 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1977 – 25/9/1977 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
1977 – 2/10/1977 – Cruzeiro 3 x 2 Atlético-MG
1977 – 9/10/1977 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1985 – 8/12/1985 – Atlético-MG 0 x 0 Cruzeiro
1985 – 11/12/1985 – Atlético-MG 2 x 2 Cruzeiro
1985 – 15/12/1985 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

1987 – 29/7/1987 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG
1987 – 2/8/1987 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1990 – 3/6/1990 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

1998 – 7/6/1998 – Cruzeiro 3 x 2 Atlético-MG
1998 – 11/6/1998 – Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

2000 – 3/6/2000 – Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro
2000 – 8/6/2000 – Atlético-MG 1 x 1 Cruzeiro
Campeão: Atlético-MG

2004 – 11/4/2004 – Cruzeiro 3 x 1 Atlético-MG
2004 – 18/4/2004 – Atlético-MG 1 x 0 Cruzeiro
Campeão: Cruzeiro

2007 – 29/4/2007 – Atlético-MG 4 x 0 Cruzeiro
2007 – 6/5/2007 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG
Campeão: Atlético-MG

2008 – 27/4/2008 – Cruzeiro 5 x 0 Atlético-MG
2008 – 4/5/2008 – Cruzeiro 1 x 0 Atlético-MG
Campeão: Cruzeiro

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última