Publicidade

Posts com a Tag Tite

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012 Técnicos | 13:51

Tite poderá superar Luxa e Mano no Corinthians em 2012

Compartilhe: Twitter

Técnico que levou ao Corinthians ao penta do Brasileirão, o gaúcho Tite entrou nesse ano de 2012 para a lista dos 10 treinadores que mais vezes dirigiram o alvinegro na história, superando Mário Travaglini (122 jogos) e Silvio Pirillo (124 jogos). Hoje, Tite está com 131 jogos pelo Corinthians em suas duas passagens (2004-2005 e 2010-2012), ocupando a 9ª colocação na lista dos técnicos que comandaram o clube desde 1910.
..

.

Técnicos que mais dirigiram o Corinthians:

Pos. Técnico Jogos
Osvaldo Brandão 439
Rato 257
Amílcar Barbuy 240
Nelsinho Baptista 192
Mano Menezes 185
Armando Del Debbio 177
Jorge Vieira 147
Vanderlei Luxemburgo 137
Tite 131
10º Silvio Pirillo 124

.Fonte: Celso Unzelte

.

Caso permaneça no Corinthians até o final da temporada de 2012 Tite poderá superar outros grandes nomes que já comandaram o alvinegro e saltar até para a quarta colocação. No Paulistão, só nessa primeira fase, ainda restam 12 jogos. Na Libertadores, pela fase de grupos, são mais seis jogos. O suficiente para deixar Luxemburgo para trás em número de partidas. Já no Brasileirão, o Corinthians jogará mais 38 vezes. Só aí serão 56 partidas. O que deixaria Tite com 187 partidas, ultrapassando Mano Menezes, o quinto da lista. Caso o time vá até a final do Estadual, serão mais quatro jogos. Se conseguir levar o time também à decisão da Libertadores, Tite poderá somar mais oito partidas, chegando então a 199 partidas pela clube e superando Nelsinho.

Com 60,3% de aproveitamento, Tite tem um desempenho superior a dois antecessores recentes que figuram na lista dos 10 mais do clube. Nelsinho Batista, em 192 jogos, conquistou 55,2% dos pontos. Luxemburgo, em 137 partidas, teve 54,9% de aproveitamento. Mano Meneses, que deixou o clube em 2010 para assumir a Seleção Brasileira, obteve 64,5% dos pontos em 185 partidas.

Em número de títulos, Tite já igualou Luxemburgo e Nelsinho, que conquistaram os brasileiros de 1998 e 1990, respectivamente. Porém, ainda não tem o Paulistão, conquistado por Luxa (em 2001), Mano (2009) e Nelsinho (1997). Em 2011, Tite foi vice ao perder a final para Santos.

Veja abaixo o retrospecto de Tite pelo Corinthians:

CORINTHIANS J V E D GP GC % Pos.
2004
Brasileiro 39 18 13 8 47 35 57,3%
2005
Paulista 10 5 1 4 11 8 53,3% 2º*
Copa do Brasil 2 1 1 0 4 1 66,7% 11º*
2010
Brasileiro 8 5 3 0 13 3 75%
2011
Paulista 23 12 7 4 37 16 62,3%
Brasileiro 38 21 8 9 53 17 62,3%
Libertadores 2 0 1 1 0 2 16,7% 37º
2012
Paulista 7 5 2 0 9 3 81,0% 2º **
Amistosos 2 0 1 1 2 3 16,7%
Total 131 67 36 27 176 108 60,3%

.* Saiu do clube antes do término da competição

** Em andamento.

Autor: Tags: , , , ,

domingo, 4 de dezembro de 2011 Campeonato Brasileiro, História | 22:54

Números e curiosidades da campanha do campeão Corinthians

Compartilhe: Twitter

Para chegar ao seu quinto título do Brasileirão, o Corinthians teve uma campanha marcada por alguns números relevantes, comprovando sua força na competição e a sua merecida conquista. Time que mais tempo ficou no G4 (37 das 38 rodadas), o alvinegro foi também o que mais tempo liderou a competição (27 rodadas). Com 21 vitórias, o Corinthians foi o time que mais ganhou no Brasileirão de 2011, superando o Fluminense, que teve 20 vitórias. Com apenas 36 gols sofridos, média de 0,95 por partida, a equipe do técnico Tite terminou o campeonato com a defesa menos vazada, superando o rival Palmeiras nesse quesito (levou 39 gols).

Com 71 pontos e 62,3% de aproveitamento, o Corinthians campeão de 2011 não teve uma campanha tão brilhante em relação aos seus títulos anteriores e também aos outros campeões nacionais. Dos cinco títulos brasileiros, a campanha de 2011 supera apenas a do primeiro e suado título de 1990. Confira:

Ano PG J V E D GP GC S MGP MGC
1990 32 25 12 8 5 23 20 3 0,92 0,80
1998 61 32 18 7 7 57 38 19 1,78 1,19
1999 59 29 18 5 6 61 38 23 2,10 1,31
2005 81 42 24 9 9 87 59 28 2,07 1,40
2011 71 38 21 8 9 53 36 17 1,39 0,95

.

Com 29.387 torcedores por jogo, o Corinthians teve a melhor média de público do Brasileirão de 2011. Aliás, pelo segundo ano consecutivo o time paulista atingiu essa marca com a média de 27.446. Além desses dois últimos anos, o Corinthians foi o líder de público nos Brasileiros de 1972, 1976, 1993, 2004 e 2005.

O time campeão de 2011 também alcançou o recorde de vitórias consecutivas, com sete triunfos seguidos no início do Brasileirão, repetindo a marca de 1999. Ao ficar 10 jogos sem perder no começo desse Brasileiro, o Corinthians teve o seu melhor começo em um Brasileiro, porém, não alcançou o recorde de invencibilidade de 15 jogos, da equipe de 1993.

Com os 38 jogos de 2011, mais os 39 do 5º lugar de 2004 e os 8 jogos do 3º lugar de 2010, Tite é o treinador que mais dirigiu o Corinthians em Brasileiros, com 85 partidas, superando Jorge Vieira, que entre 1980 e 1986, comandou o clube em 63 partidas. Nesses três Brasileiros que treinou o Corinthians, foram 44 vitórias, 24 empates e 17 derrotas, aproveitamento de 61,2%.

O atacante Liédson, com 12 gols, foi o artilheiro do time no Brasileirão. O atacante baiano, aliás, já havia alcançado essa marca pelo clube em 2003, quando foi o principal goleador do Timão com 10 gols. Liédson, porém, ficou longe de alcançar o recordista Luisão (autor de 21 gols em 1999). No entanto, o Levezinho entrou para a lista dos jogadores que já foram duas ou mais vezes artilheiro do Corinthians em Brasileiros, como Sócrates (4 vezes), Neto (4) Casagrande (3), Edmar (2), Marcos Roberto (2) e Marcelinho Carioca (2).

Para conquistar seu 5º Brasileiro, o Corinthians do técnico Tite utilizou 27 jogadores, sendo assim o clube com menos atletas usados na competição. Desses, apenas um saiu (o atacante Edno, que foi campeão da Série B pela Lusa). Outro recorde nessa competição, afinal nenhum outro time perdeu tão pouco jogador no torneio.

Com 30 gols sofridos em 33 jogos, o goleiro Júlio César teve a terceira melhor média de gols sofridos na competição (0,91 gol sofrido por partida), perdendo apenas para Vanderlei, do Coritiba (0,85) e Marcos, do Palmeiras (0,89). O goleiro, aliás, é o único remanescente do grupo campeão Brasileiro de 2005 que jogou em 2011 (Bruno Octávio estava no grupo desse ano, mas não entrou em campo).

Além de Júlio César, outros ex-campeões brasileiros, mas por outros clubes são o lateral-esquerdo Fábio Santos e o meia (campeões em 2006, pelo São Paulo), Adriano (campeão em 2009, pelo Flamengo) e Émerson (também campeão em 2009, pelo Flamengo, e campeão em 2010, pelo Fluminense). O Sheik, aliás, tornou-se o primeiro jogador a faturar o tricampeonato nacional por três clubes diferentes na sequência.

Já o meia Danilo, o volante Paulinho e o atacante Willian foram os jogadores mais utilizados na campanha de 2011. Os três participaram de 36 dos 38 jogos do time na temporada. Confira o resumo de jogos, gols e cartões de cada um dos campeões brasileiros de 2011:

Jogador Posição Jogos Gols Amarelos Vermelhos
1 Júlio César G 33 -30 2 0
30 Renan G 3 -5 0 0
22 Danilo G 2 -1 0 0
2 Alessandro LD 22 0 5 1
18 Weldinho LD 26 0 1 0
3 Chicão Z 22 4 9 0
4 L. Castan Z 35 1 5 2
25 Wallace Z 16 0 0 1
13 Paulo André Z 16 0 4 0
6 Fábio Santos LE 27 0 4 0
33 Ramon LE 9 1 3 0
5 Ralf V 34 1 6 0
8 Paulinho V 36 8 9 0
15 Moradei V 8 0 0 0
21 Edenílson V 25 0 2 1
12 Alex M 28 6 2 0
14 Ramírez M 6 1 1 0
17 Morais M 12 0 0 0
20 Danilo M 36 3 6 0
7 Willian A 36 6 2 0
9 Liédson A 28 12 6 1
23 Jorge Henrique A 31 3 8 0
11 Émerson A 28 6 7 1
10 Adriano A 4 1 1 0
29 Taubaté A 1 0 0 0
19 Elias Oliveira A 4 0 0 0
Edno A 1 0 0 0

a

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 14 de junho de 2011 Campeonato Brasileiro, Técnicos | 15:33

Os melhores técnicos na era dos pontos corridos

Compartilhe: Twitter

Desde que assumiu o Corinthians na reta final do Brasileiro de 2010, o técnico Tite segue invicto pelo clube na competição. No final do ano passado, foram oito jogos, com cinco vitórias e três empates. O bom desempenho, porém, não serviu para dar o título ao clube no ano do seu centenário. Agora, após quatro rodadas, Tite conseguiu mais três vitórias e um empate com o alvinegro, chegando a marca de 12 jogos sem derrota pelo Brasileirão e um bom aproveitamento no período de 77,8%.

Em sua história na era dos pontos corridos, porém, Tite tem 51,4% de aproveitamento, em 183 jogos disputados desde 2003. Apesar de estar abaixo do atual rendimento, esses 51,4% o deixam entre os dez melhores nesse período. Até hoje, Muricy Ramalho, tetracampeão, segue imbatível no primeiro posto. Técnico com mais jogos (309) e mais vitórias (156), Muricy tem 59,3% de aproveitamento.

Veja abaixo os 20 técnicos com os melhores aproveitamentos desde 2003. Em vermelho, os treinadores que estão na Série A de 2011.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 5 de outubro de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, Técnicos | 20:04

Apenas quatro técnicos seguem desde 2008 nos clubes da Série A

Compartilhe: Twitter

A queda do técnico Tite foi a 22ª de um técnico na Série A do Brasileirão de 2009. Apenas quatro dos 20 clubes da primeira divisão não trocaram de treinador nessa tempodada: Corinthians, Cruzeiro, Avaí e Goiás. Os técnicos remanescentes, Mano Menezes, Adílson Batista, Silas e Hélio dos Anjos, são os únicos que seguem no comando de um time da Série A desde o ano passado. Mano e Adílson são os que estão há mais tempo em suas equipes (desde janeiro de 2008).

Confira abaixo quando os treinadores assumiram o comando de cada um dos clubes da Série A de 2009 e quem está há mais tempo no cargo:

Técnico Clube Estreia
Mano Menezes Corinthians 17/01/2008
Adílson Batista Cruzeiro 27/01/2008
Silas Avaí 15/03/2008
Hélio dos Anjos Goiás 22/06/2008
Celso Roth Atlético-MG 06/05/2009
Paulo Autuori Grêmio 24/05/2009
Ricardo Gomes São Paulo 27/06/2009
Geninho Náutico 16/07/2009
Vanderlei Luxemburgo Santos 22/07/2009
Andrade Flamengo 26/07/2009
Muricy Ramalho Palmeiras 29/07/2009
Antônio Lopes Atlético-PR 05/08/2009
Péricles Chamusca Sport 10/08/2009
Estevam Soares Botafogo 16/08/2009
Diego Cerri Barueri 16/08/2009
Vágner Mancini Vitória 16/08/2009
Ney Franco Coritiba 16/08/2009
Cuca Fluminense 06/09/2009
Sérgio Soares Santo André 13/09/2009
Mário Sérgio Internacional 07/10/2009
Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 12 de maio de 2009 Campeonato Brasileiro, Estatísticas, Técnicos | 17:42

Os técnicos que estão há mais tempo no comando

Compartilhe: Twitter

Amanhã, o técnico Mano Menezes completará 100 jogos a frente do Corinthians. Contratado após o trágico rebaixamento na Série A, em dezembro de 2007, Mano estreou no dia 17 de janeiro de 2008, na vitória de 3 x 0 sobre o Guarani, pelo Paulistão. No total, foram 99 jogos, 61 vitórias, 26 empates e somente 12 derrotas, um aproveitamento de 70,4% dos pontos. Em jogos oficiais, porém, são 96 jogos e 69% de aproveitamento. – o Corinthians venceu três amistosos ( Cene-MS, Mixto-MT e Estudiantes-ARG). Mano Menezes

Mano Menezes foi vice-campeão da Copa do Brasil pelo Timão em 2008 e foi campeão nos últimos dois campeonatos que disputou pelo clube (Brasileiro da Série B de 2008 e Paulistão de 2009). Há 16 meses no comando do Corinthians, Mano é o primeiro a atingir a marca de 100 jogos consecutivos depois de Eduardo Amorim, que treinou o clube entre 1995 e 1996. O ex-técnico conquistou, na época, um Paulista, uma Copa do Brasil e um aproveitamento de 61,7% de aproveitamento (58 vitórias, 28 empates, 29 derrotas em 109 jogos). Se chegar à final da Copa do Brasil e ficar até o final de 2009, Mano poderá chegar a 142 pelo clube e se tornar o sexto técnico com mais jogos pelo clube, atrás de Rato (255 jogos), Amílcar Barbuy (192), Nelsinho Baptista (181), Armando Del Debbio (175) e Jorge Vieira (147). Até lá, Mano ainda irá superar mais dez técnicos com mais de 100 jogos pelo clube: Luxemburgo (139 jogos), Silvio Pirillo (124), Mário Travaglini (122), Dino Sani (121), Guido Giacomelli (117), Basílio (116), Duque (113), Oswaldo de Oliveira (112), Eduardo Amorim (110) e José Teixeira (108).

Dos treinadores da Série A, Mano Menezes é que tem o melhor aproveitamento de pontos entre aqueles que estão no comando do clube há mais de 10 jogos. Os 69% de aproveitamento de Mano em jogos oficiais, supera os 68,2 de Adílson Batista (Cruzeiro) e os 68,1% de Tite (Inter).

Muricy RamalhoEntre os técnicos que estão há mais tempo no comando dos clubes da Série A, porém, Muricy Ramalho, do São Paulo, é disparado o primeiro. No clube desde janeiro de 2006, o treinador já está há 40 meses a frente do clube. Quem mais se aproxima de Muricy são Nelsinho Batista (Sport), Mano Menezes (Corinthians), Luxemburgo (Palmeiras) e Adílson Batista (Cruzeiro), todos que assumiram suas equipes em janeiro de 2008 (16 meses atrás).

Confira abaixo o histórico dos 20 técnicos dos clubes da Série A de 2009. Os números correspondem ao desempenho em jogos oficiais, sem contar os amistosos.

Técnico Clube
Desde…
J
V
E
D
%
Meses
Muricy Ramalho São Paulo
18/01/2006
245
138
63
44
64,9
40
Nelsinho Baptista Sport
12/01/2008
102
59
22
21
65,0
16
Mano Menezes Corinthians
17/01/2008
96
58
26
12
69,0
16
Vanderlei Luxemburgo Palmeiras
17/01/2008
102
58
20
24
63,4
16
Adílson Batista Cruzeiro
27/01/2008
88
55
15
18
68,2
16
Silas Avaí
15/03/2008
72
38
21
13
62,5
14
Tite Internacional
14/06/2008
71
43
16
12
68,1
11
Hélio dos Anjos Goiás
22/06/2008
59
34
11
14
63,8
11
Ney Franco Botafogo
13/07/2008
59
29
12
18
55,9
10
Geninho Atlético-PR
13/09/2008
43
23
9
11
60,5
8
Sérgio Guedes Santo André
21/01/2009
23
10
5
7
50,7
4
Cuca Flamengo
25/01/2009
26
15
7
3
66,7
4
Vágner Mancini Santos
18/02/2009
20
11
6
3
65,0
3
Estevam Soares Barueri
08/03/2009
13
4
4
5
41,0
2
Carlos Alberto Parreira Fluminense
11/03/2009
13
7
4
2
64,1
2
Marcelo Rospide Grêmio
07/04/2009
5
4
1
0
86,7
1
Waldemar Lemos Náutico
12/04/2009
7
2
3
2
42,9
1
Paulo César Carpegiani Vitória
15/04/2009
8
5
2
1
70,8
1
Renê Simões Coritiba
26/04/2009
5
3
1
1
66,7
0
Celso Roth Atlético-MG
06/05/2009
2
1
1
0
66,7
0
Autor: Tags: , , , , ,